27 de março de 2014

Ponte de Cocalinho fica pronta em Maio após 9 anos


Trabalhos seguem em ritmo acelerado para conclusão de 10,5 metros do vão central, de 130 metros; iniciada em 2005, a obra ficou paralisada durante cinco anos, mas foi retomada no governo Perillo; a ponte liga a rodovia GO-454 à rodovia estadual MT-326, tem 577 metros de extensão, 10,4 metros de largura e passarela com 1,25 metros de largura; quando entregue ao tráfego, obra vai permitir ligação do Nordeste de Mato Grosso com o Noroeste de Goiás, possibilitando escoamento da produção agropecuária dos dois estados

Deverá ser concluída no início de maio a construção da chamada ponte de Cocalinho.  Obra monumental sobre o Rio Araguaia, a ponte, localizada no município de Aruanã, ligará Goiás ao Mato Grosso, na altura da cidade de Cocalinho (MT). Neste momento, faltam apenas 10,5 metros para conclusão do vão central, de 130 metros, e concluir a ligação do vão 14 ao vão 13. A obra segue em ritmo acelerado. Embora tenha sido iniciada em 2005, ficou paralisada durante quase cinco anos, mas depois de retomada pelo atual governo, a construção da ponte não parou mais.

A ponte do Cocalinho liga a rodovia GO 454 à rodovia estadual MT 326. Tem 577 metros de extensão, 10,40 metros de largura e uma passarela com 1,25 metros de largura. Construída em concreto armado e em concreto propendido, apoia-se em pilastras distribuídas por 14 pontos de apoio, formando dez vãos variáveis de 31,7 a 32,3 metros; dois vãos adjacentes de 65 metros e um vão central com 130 metros, cujo ponto culminante eleva-se a 117 metros da linha d’água, o que vai permitir a navegação fluvial.

A obra está sendo construída em regime de parceria público-privada pelo Consórcio Caminhos do Sol, sob a liderança da empresa Conter – Construções e Comércio Ltda. e sob a supervisão da ONA AS, Engenharia, Comércio e Indústria. O valor do investimento é de R$32,2 milhões, sendo de R$18,4 milhões o aporte do Estado de Goiás e, o restante,  o aporte da concessionária. É de 300 meses o prazo de concessão.

Ao permitir a ligação entre o Nordeste de Mato Grosso e o Noroeste de Goiás, a ponte de Cocalinho será um importante fator de integração regional, pois será a principal via de escoamento da produção do Mato Grosso Goiano. O Vale do Araguaia é o principal produtor de gado bovino de corte do Estado de Goiás e o Norte do Mato Grosso é conhecido pela intensa produção de soja.

Fonte: Goiás 247