27 de março de 2014

Empresários propõem soluções para manter tarifa a R$ 2,70


O governador Marconi Perillo (PSDB) recebeu ontem representantes do Fórum Industrial, que elaborou um documento com sete propostas emergenciais que buscam evitar o colapso do sistema de transporte coletivo na Região Metropolitana de Goiânia. O tucano assinou o termo, assim como o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), que também recebeu o Fórum. Entre as ações acordadas, está a desoneração da tarifa, em que se pretende excluir, até 10 de abril, as despesas com gratuidade e taxa de gerenciamento e fiscalização.

A intenção é livrar os usuários do custo, que deve ser suportado pela prefeitura e o governo, por meio dos impostos. De acordo com o documento, com a desoneração da tarifa, será possível manter a passagem no valor atual, de R$ 2,70. por mais um ano, inclusive “permitindo os investimentos inadiáveis em qualidade e quantidade dos serviços, ou seja, mais ônibus”. Ainda foi acordada a retomada, a partir de julho, do sistema de integração temporal (Ganha Tempo), que seria monitorado para facilitar o uso e descongestionar os terminais da RMTC.

Fonte: O Hoje