6 de fevereiro de 2014

Professores de Aparecida de Goiânia serão os primeiros a terem reajuste do piso nacional


A Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia começou a analisar o projeto de Lei, enviado pelo prefeito Maguito Vilela (PMDB), que adequa o salário dos professores do município ao piso determinado pelo Ministério da Educação. O reajuste é de 8,32% e o valor base será de R$ 1.697,00. A proposta já define o pagamento retroativo a primeiro de janeiro deste ano.

O projeto da prefeitura determina ainda a adequação de toda a tabela salarial dos professores de Aparecida, com base na Lei federal. O presidente da Câmara, vereador Gustavo Mendanha (PMDB), explica como será a tramitação da matéria. “O projeto vai para a procuradoria da casa e a procuradoria dará o parecer quanto a constitucionalidade. Logo após, segue para a Comissão de Constituição e Justiça, que verificará se o parecer está certo e dará um novo parecer. E aí já passa para a Comissão de Finanças, aprovando, já irá para o plenário,” detalha.

O vereador prevê que logo o projeto será votado na Câmara de Aparecida. Ele garante que não é intenção dos parlamentares retardar o processo.

A cidade de Aparecida já teve o retorno das atividades legislativas e, por isso, deve ser a primeira a fazer a adequação ao piso nacional dos professores.

Em Goiânia, projeto semelhante só deve começar a tramitar daqui duas semanas, a partir do dia 18.

Fonte: Portal 730