24 de fevereiro de 2014

Maguito pede novo financiamento ao Banco Andino para obras de mobilidade urbana


O prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), se reuniu na tarde desta quinta-feira, 06, com o novo representante da Corporação Andina de Fomento (CAF) no Brasil, Vitor Rico. Em pauta a solicitação de mais um empréstimo junto à CAF para a construção de mais eixos viários. O município já conseguiu 35 milhões de dólares para a construção de três avenidas, pavimentação asfáltica e a implantação do Parque Tecnológico de Aparecida. O novo financiamento será do mesmo valor. “Nosso interesse é buscar mais recursos para obras importantes que vão melhorar a infraestrutura e a mobilidade urbana do município”, explicou Maguito.

Com o novo financiamento, a expectativa da prefeitura é a de construir dois eixos viários leste-oeste. As obras serão realizadas na região do Setor Garavelo. Uma avenida ligará o Bairro Itapuã à Avenida Rio Verde passando pelo Anel Viário. Investimento de 35 milhões de dólares. “No local hoje existe uma rotatória que já não suporta o tráfego de veículos locais e de caminhões que cortam o Anel Viário. Por isso, a necessidade desta trincheira para completar o Eixo Norte-Sul 5, que será construído com os recursos do primeiro empréstimo feito junto à CAF”, explicou o secretário de Controle Interno, André Luis Rosa.

De acordo com o secretário de Controle Interno a reunião com o diretor da CAF foi positiva e o próximo passo será enviar expectativa a carta consulta para autorização da Comissão de Financiamento Externo ainda neste ano de 2014 e a prefeitura possa contratar o financiamento em 2015. “Tivemos uma boa recepção junto à Corporação, por isso nossas expectativas são bastante positivas e esperamos que até 2015 consigamos o financiamento para dar mais mobilidade ao trânsito de Aparecida”, afirmou ainda o secretário.

Financiamento - O primeiro empréstimo conquistado junto a Corporação Andina pela prefeitura de Aparecida de Goiânia foi assinado em 2012, no valor de R$ 70 milhões. Os recursos foram usados para as obras de construção do Eixo Viário NS03, que liga o Centro do município à Avenida São Paulo, passando pela Vila Maria e parte das obras de pavimentação da Vila Maria e Jardim Bonança. O restante dos recursos estão sendo aplicados nas obras de implantação dos Eixos NS01 e NS05.

O Eixo Viário NS03 foi entregue à população em dezembro de 2013, com a presença da então representante da Corporação Andina no Brasil, Moira Paz Estenssoro. As obras do NS01 foram iniciadas em 2013, com a implantação das galerias pluviais. Com o início das chuvas as obras tiveram de ser paralisadas, sendo retomadas logo após o período chuvoso. As obras do ENS05, que será uma elipse ligando alguns bairros terão início ainda neste primeiro semestre.

A reunião foi realizada na sede do Banco de Desenvolvimento da America Latina, em Brasília e contou também com a presença do secretário da Fazenda, Carlos Eduardo de Paula e do deputado estadual Daniel Vilela (PMDB).

Prefeito garante recursos de R$ 96 milhões para obras de pavimentação

Dando continuidade à agenda em Brasília o prefeito Maguito Viela se reuniu na tarde desta quinta-feira, 06, com o Secretário Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana, Júlio Eduardo dos Santos. Na pauta o pedido de prorrogação do prazo para contratação de recursos junto a Secretaria do Tesouro Nacional. Com o prazo estendido o prefeito garantiu o recursos no valor de R$ 96 milhões para obras de pavimentação asfaltica e mobilidade urbana junto ao Governo Federal.

“Em cinco anos asfaltamos 90 bairros em Aparecida e nosso projeto é asfaltar todas as ruas habitadas e com rede de água no município até 2016. Por isso a liberação desses recursos junto ao Governo Federal são importantes, pois o asfalto é o benefício mais pedido pelos moradores”, enfatizou o prefeito.

De acordo com a secretária de Projetos e Captação de Recursos Valéria Pettersen, a prorrogação do prazo para a contratação de recursos foi necessária, pois a prefeitura só conseguirá entregar em março os balancetes referente a 2013. “Esses balancetes serão repassados pelo Tribunal de Contas do Município (TCM) apenas em março e não conseguiríamos encaminhar os projetos para o Ministério antes dessa data, já que esse ano temos eleições e o prazo para a liberação de recursos será menor”, informou a secretária.

Fonte: Prefeitura de Aparecida de Goiânia