20 de fevereiro de 2014

Governo federal garante recursos para implantação do BRT em Goiânia


Obra terá investimento de R$ 545 milhões

Goiânia - O prefeito Paulo Garcia deve assinar um convênio com o Governo Federal que vai liberar recursos para a implantação do corredor exclusivo para o transporte coletivo na chamada Goiás Norte/Sul BRT (Bus Rapid Transit).

A obra, que terá 21,7 km de extensão, vai ligar as regiões Noroeste (Recanto do Bosque) e Sudoeste (na divisa com Aparecida de Goiânia) da capital goiana. A administração municipal vai aplicar R$ 545,3 milhões nas obras, financiamento oriundo do PAC-2 Grandes Cidades/Programa Pró-Transportes e do PAC-50.

De acordo com o prefeito Paulo Garcia, o projeto visa agilizar a mobilidade urbana. “Um dos mais graves problemas que impedem as pessoas de optar pelo transporte coletivo é o tempo gasto entre a origem e o destino. A nossa política tem como propósito reduzir o tempo da viagem, organizar o trânsito e integrar modais de transporte”, explica.

O projeto já está pronto e está em fase de licitação. O corredor exclusivo da Goiás Norte/Sul vai atender mais de 120 mil passageiros por dia. O projeto visa implantar seis terminais de integração e 40 estações de embarque e desembarque.

Serão 28 ônibus articulados no trecho, que devem rodar com velocidade média de 30km/h, mais que o dobro da registrada atualmente.

Fonte: A Redação