22 de fevereiro de 2014

Criada a Zona Aeroportuária em Aparecida de Goiânia


O  prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), assinou na tarde desta quarta-feira, 19, o Decreto de Utilidade Pública para a área onde será implantado o Aeroporto Executivo de Aparecida de Goiânia, que terá o nome de Aeroporto Rosa dos Ventos. Assinatura aconteceu no Salão 2 do Centro de Cultura e Lazer José Barroso. A frota goiana, de cerca 1500 aeronaves, já é considerada uma das quatro maiores do país.

O urbanista e engenheiro Luiz Fernando Teixeira, responsável pela obra – também conhecido como Xibiu – fez a apresentação do projeto, que terá um investimento total de cerca de U$ 40 milhões. O decreto assinado transforma em Área de Utilidade Pública todo o terreno que será destinado à implantação do sítio aeroportuário, ou seja, pista, hangares e parte logística que garantirão o pleno funcionamento do aeroporto. Cerimônia contou com a presença do presidente da OAB/Goiás, Henrique Tibúrcio, do deputado estadual Daniel Vilela (PMDB), secretários, vereadores e proprietários de terrenos localizados na região.

 “A cidade está se preparando para uma nova dinâmica. A vinda do aeroporto é mais do que necessária para acompanhar esta maravilhosa revolução tecnológica e científica que está acontecendo aqui. Já temos um diversificado parque industrial. O IFG já está em pleno funcionamento e o campus da UFG já está sendo licitado. Estamos em uma localização estratégica e privilegiada. O Aeroporto Rosa dos Ventos marca definitivamente esta nova fase de desenvolvimento de nossa cidade” – conta Maguito.

O projeto do aeroporto executivo de Aparecida de Goiânia abrange um sítio portuário de 185 hectares. Trata-se de um empreendimento realizado com capital privado, sob orientação da administração municipal. Será construída uma garagem que abrigará toda a frota e o parque de manutenção das aeronaves. Segundo Marcos Alberto Luiz de Campos – secretário de Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia – o empreendimento acaba incluindo também pequenos e médios empresários locais.

O Aeroporto Rosa dos Ventos, de Aparecida de Goiânia, terá como objetivo atender o empresariado local e do estado. Além de desafogar a demanda do Aeroporto Santa Genoveva, de Goiânia, também será destinado totalmente à aviação comercial. O projeto agregará tecnologia nos setores de mecânica e mecatrônica e promoverá intercâmbio não apenas com outros estados, mas inclusive internacionalmente. Isto desde a fase de implantação até seu pleno funcionamento.

AEROPORTO – A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) autorizou a construção do aeroporto executivo de Aparecida de Goiânia em março de 2013. O documento assinado pelo superintendente da ANAC determina que ao final da obra o município encaminhe um termo de Notificação do Término da Obra, conforme critérios da Agência Nacional de Aviação Civil, e realize o pedido de inscrição no cadastro de aeródromos para a abertura ao tráfego aéreo do novo aeroporto.

Todo o processo de implantação do Aeroporto Rosa Dos Ventos, desde a concepção do projeto executivo – realizado em parceria com a Aciag – será inspecionado pela ANAC e outros órgãos competentes, no sentido de evitar irregularidades.            “O setor exige grande investimento. Isso é muito bom para a cidade de Aparecida porque demandará alto nível de qualificação. Isto vai inserir o município no contexto nacional e até internacional” – pontua Marcos Alberto.

PRESENÇAS – O vice-prefeito Ozair José (PT) esteve presente juntamente com os secretários Euler de Morais (Governo e Integração Institucional), Fábio Camargo (Meio Ambiente), Mário Vilela (Infraestrutura), Domingos Pereira (Educação), Rodrigo Caldas (Desenvolvimento Urbano), Eliezer Guimarães (Cultura e Turismo), Carlos Eduardo de Paula (Fazenda), Afonso Boaventura (Planejamento), Ozéias Laurentino Júnior (Comunicação), Valéria Pettersen (Projetos e Captação de Recursos) e Ronnie Barbosa (Habitação e Regularização Fundiária).

Os secretários André Luiz (Controle Interno), Valdemir Souto (Trânsito), Sargento Cachoeira (Defesa Civil e Guarda Municipal), Jório Rios (Regularização Urbana), José Ribamar (Esporte, Lazer e Juventude), Paulo Rassi (Saúde); Léo Mendanha (Agência de Saneamento de Aparecida - ASA), Eli de Faria (AparecidaPrev), Marinho Resende (Procon) e o procurador Geral do município, Tarcísio Francisco; e os empresários Romeu Neiva e Paulo Roberto da Costa – empreendedores do aeroporto – e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia (Aciag), Osvaldo Zilli.

Além do presidente da Câmara Municipal, Gustavo Mendanha (PMDB), também presenciaram a solenidade os vereadores Arnaldo Leite (PMDB), Helvecino Moura (PT), Francisco Gaguinho (PSC), Rosildo (PMDB), Vencerlino Amendoim (PSL), João Antônio (PSB), Ezízio Barbosa (PMDB), Almedinha (PSD), Antônio Ribeiro (PRTB), Marconi Marinho (PTB); e Joso Batista (Fazenda Batista), Fábio Cunha Bastos (Fazendinha), Rosele Batista (Sítio Oliveira), Floriano Batista (Sítio Aritana) e Henrique Guay de Goyáz (Fazenda Santo Antônio).

Fonte: Aparecida de Goiânia