17 de fevereiro de 2014

Congelamento de tarifa ameaça renovação de frota de ônibus


Em meio ao congelamento das tarifas de ônibus após os protestos em 2013, a renovação da frota ficou prejudicada nas grandes cidades do país. Os consórcios argumentam que as receitas estão abaixo do previsto e que não tem condição de comprar veículos novos. Falam em "populismo tarifário" e "sucateamento" do sistema.

Em Goiânia, a aquisição de 230 ônibus em setembro passado foi adiada. O consórcio tinha a previsão de renovar os 1.130 veículos da capital ao longo de 2014, mas afirmaram que vão rever os planos. A tarifa hoje é de R$ 2,70 - caiu R$ 0,30 centavos após os protestos.

Fonte: Folha de S. Paulo