29 de janeiro de 2014

Maguito consegue R$ 63 mi para construir novo hospital em Aparecida


Aparecida de Goiânia, 29 de janeiro de 2014 – ​O prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), e o secretário municipal da Saúde, Paulo Rassi, assinaram no final da tarde desta terça-feira, 28, o contrato com a Caixa Econômica Federal de liberação dos recursos para a construção do hospital municipal com 220 leitos, sendo 30 Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs). O projeto está orçado em R$ 63 milhões. Deste valor, R$ 60 milhões serão repassados pelo Ministério da Saúde e o restante serão recursos do próprio município. “Com os recursos assegurados poderemos iniciar o processo licitatório da obra”, sublinhou o peemedebista.

O novo hospital será edificado em uma área total de 17 mil metros quadrados no Bairro Cidade Vera Cruz 1, próximo ao Anel Viário, e terá capacidade para 220 leitos e 30 UTIs, o dobro da capacidade do Hospital de Urgências de Aparecida (Huapa). “Aparecida possui mais de 500 mil habitantes, 95% deles dependem do SUS e não podem ficar sem uma saúde pública de qualidade. O hospital vem para sanar essa demanda”, ressaltou o prefeito.

O projeto de construção do hospital municipal foi apresentado pelo prefeito durante a última campanha eleitoral. “Apresentamos o projeto ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha, durante uma visita dele a cidade, e imediatamente a proposta foi aceita”, lembrou Maguito Vilela.

A ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvati, veio em Aparecida em agosto do ano passado para assinar o convênio da construção do Hospital Municipal. “Este convênio para a construção do hospital é o exemplo da luta da presidenta Dilma e do prefeito Maguito para levar saúde com atendimento digno, rápido e eficiente para a população, pois ninguém merece ficar sofrendo por falta de atendimento”, afirmou a ministra.

Com a assinatura do contrato, o projeto segue para abertura de licitação, o que deve levar cerca de 180 dias. Segundo o secretário de saúde, o projeto tem prioridade da administração e por isso o que depender da prefeitura as obras iniciam logo. Os secretários Euler de Morais (Governo e Integração Institucional) e Ozéias Laurentino Júnior (Comunicação) também acompanharam o ato de assinatura do contrato.

Fonte: Prefeitura de Aparecida