18 de janeiro de 2014

Governo amplia passe livre para 25 mil alunos


Ao ampliar benefício, que chegava a 8 mil estudantes, gastos passam de 500 mil para R$ 1,5 milhão por mês.

Durante café da manhã com líderes de movimentos jovens, estudantes e pais no Palácio das Esmeraldas, o governador em exercício José Eliton autorizou a ampliação do programa Passe Livre, que passa a beneficiar 25 mil estudantes. O programa havia sido implantado ano passado para 8 mil vagas. A ampliação representa um custo a mais de R$ 1 milhão para ao cofres do Estado, que passa a gastar R$ 1,5 milhão por mês com o Passe Livre.

No mesmo encontro, assinou também ordem de serviço que será encaminhada para Casa Civil para instituir o Programa Escola de Líderes e criar o Conselho de Jovens Estudantes.

Depois de afirmar que o futuro só pode ser construído se forem das aos jovens condições para consolidar sua formação intelectual, o governador pediu uma reflexão sobre o papel da juventude “como agente transformador, que questiona, debate ideias e contribui com o Estado na concepção de políticas públicas em prol de uma sociedade mais democrática. Não é dando ‘rolezinho’ que se constrói um futuro melhor, é na mesa, no debate, com preparo e qualificação,” pontuou.

Em seu discurso, o superintendente da Juventude, Leonardo Felipe, destacou os programas sociais do governo que são voltados para os jovens, como Bolsa Futuro, Poupança Aluno, Bolsa Universitária e Portas Abertas e Escola de Lideres, na área de educação e qualificação profissional; Meninas de Luz da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), no auxilio e orientação de adolescentes grávidas; e os festivais de Teatro de Porangatu, Canto da Primavera e Fica, na área de cultura. “Dar conhecimento é emancipar o jovem”, disse. (Com Ass. de Imprensa)

Fonte: Jornal O Hoje