24 de janeiro de 2014

Golden Shopping: Região Leste de Goiânia terá 1º shopping


Os moradores da Região Leste de Goiânia, única que ainda não abrigava um shopping center, ganharão um grande centro de compras. O Golden Shopping, que começa a ser construído no próximo mês de junho na Avenida Anápolis, entre a Vila Pedroso e o Sonho Dourado, num investimento de R$ 140 milhões, terá 250 lojas satélites, 7 âncoras e 5 salas de cinema.

O empreendimento será construído através de uma parceria entre a Queiroz Silveira Incorporadora e a Partner Corporate, empresa que atua no desenvolvimento, planejamento, implantação e gestão de shoppings centers no País. O novo shopping terá, ao todo, 95 mil metros quadrados de área construída, sendo cerca de 40 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL).

A primeira etapa, que deve ser entregue em outubro de 2016, terá 40 mil metros de área construída e 22 mil metros quadrados de ABL, que abrigarão 140 lojas satélites e 4 âncoras, além das salas de cinema. O investimento inicial será de R$ 80 milhões. O projeto foi desenvolvido com base no conceito life style, com amplos espaços de convivência e lazer, distribuídos em dois pisos de lojas, ligados por escadas rolantes e elevadores.

DEMANDA

Os diretores da Queiroz Silveira, Rogério Queiroz Silveira e Rodrigo Queiroz Silveira, informam que a demanda por um shopping na região foi identificada através de pesquisas, que mostraram a carência de um empreendimento deste porte na região. Segundo eles, o principal público do Golden Shopping deve ser a classe C, que predomina na região, atendendo uma área de influência de 500 mil habitantes, inclusive de municípios vizinhos como Senador Canedo, Caldazinha, Bonfinópolis e Leopoldo de Bulhões.

Mesmo assim, os empreendedores garantem que o centro de compras será um espaço muito democrático, com estrutura para atender todas as classes sociais, inclusive moradores de condomínios fechados, como o Aldeia do Vale. “O Golden já nascerá do tamanho de alguns shoppings já consolidados em Goiânia, mas que já chegará mais completo”, afirma Rogério. Uma prova disso é que a praça de alimentação já será climatizada. Além disso, o shopping terá desde lojas mais populares, como a Riachuelo, Avenida e Americanas, até lojas de tecnologia, como a Primetek.

O Golden já nascerá com duas expansões programadas, devendo ficar completamente pronto até 2023. O estacionamento do shopping contará com mais de duas mil vagas de garagem, sendo 1,3 mil já na primeira etapa. “Será um estacionamento maior que o de muitos shoppings já em operação”, destaca o consultor de varejo e diretor da Partner Corporate, Geraldo Rocha.

O shopping deve gerar 1,2 mil empregos diretos somente nas operações da primeira etapa, chegando a 4 mil empregos diretos e cerca de 8 mil indiretos quando estiver concluído. Durante as obras, serão gerados 300 empregos diretos e 500 indiretos.

ROTA DE COMÉRCIO

Os empreendedores também já estão em negociação para que o shopping abrigue uma unidade do Vapt Vupt, serviços que costumam atrair mais público visitante. Para Geraldo Rocha, o novo shopping deve ajudar a região a se tornar uma nova rota de comércio na cidade. Segundo ele, a estimativa é que entre 10 mil e 15 mil pessoas visitem o local diariamente.

A Queiroz Silveira passou a investir no segmento de shopping centers visando diversificar sua atuação e ampliar seu portfólio. Na verdade, o Golden é o segundo shopping da incorporadora em Goiânia. O primeiro é o Shopping Lozandes, que integra o Lozandes Corporate Design, complexo de torres comerciais e residencial, localizado ao lado do novo Fórum Civil e próximo ao Paço Municipal, e que ficará pronto em outubro de 2015. Justamente pela localização, ao lado de condomínios horizontais, o Lozandes é um empreendimento mais voltado para a classe A.

Fonte: O Popular