9 de janeiro de 2014

Consumidores fazem manifestação em frente ao shopping


Indignados, cerca de 30 consumidores realizaram uma manifestação em frente ao shopping Flamboyant, em Goiânia, na tarde desta quinta-feira (9). Empunhando cartazes, eles protestaram contra o novo reajuste e forma de cobrança do valor do estacionamento do shopping.

Os consumidores gritavam que o preço é abusivo e pediam apoio às pessoas que passavam na rua. A jornalista Luana Santana, que participou do movimento, acredita que essa prática do aumento do valor contribui para uma desigualdade social. “O shopping quer selecionar seu público, temos que acabar com isso”, relatou a jovem.

A manifestação durou cerca de 40 minutos e foi completamente pacífica. Os ativistas tentaram convencer as pessoas que entravam de carros a não estacionar dentro do shopping, alguns mudavam de ideia, outros ignoravam e passavam direto.

Frequentadora assídua do Flamboyant, Luana disse que não está mais deixando o carro dentro do shopping, pois considera um absurdo o valor cobrado. “Estou estacionando na rua, outros shoppings já estão aumentando o preço também, está virando um cartel ,” desabafou.

A iniciativa do movimento veio dos vereadores, Djalma Araujo e Wellington Peixoto, integrantes do Bloco Moderado, formado por 5 parlamentares que se diz independente. A jornalista ainda garante que essa é a primeira manifestação de muitas. “Se não conseguirmos abaixar o valor do estacionamento vamos fazer outros protestos, inclusive, em outros shoppings,” afirmou Luana.

O novo valor do estacionamento no Flamboyant, que agora considera o tempo de permanência em minutos, provocou repercussão negativa nas redes sociais no começo da semana. A mudança no preço do estacionamento e o modo do cálculo vale desde o dia 1º. Com os novos preços praticados, usar o estacionamento por 3 horas teve acréscimo de 86%.

Fonte: Jornal O Popular