20 de dezembro de 2013

Obra pública: Falta gramar parte da ciclovia


Faltam 2 mil metros quadrados de grama para, enfim, a ciclovia da Avenida T-63 ficar pronta. Ou pelo menos parte dela, já que em outubro a Prefeitura resolveu dividir a obra em duas para entregar a primeira - do Parque Anhanguera até a Praça Wilson Sales, no Setor Nova Suíça - ainda neste ano. Ontem, o presidente da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) negociava com o fornecedor do material para a entrega de toda a grama restante até a tarde de hoje. “Se entregaram amanhã (hoje), a gente entrega ainda de tarde. Eles querem entregar dois caminhões, mas queremos que levem os quatro”, comentou Tarso. De acordo com ele, todo o serviço de iluminação, sinalização, pintura e calçamento já está concluído.

Em relação ao trecho da transposição sobre o Córrego Cascavel, o ciclista vai ter de deixar a ciclovia e passar pela pista de rolamento da avenida. A ideia inicial era construir uma ponte metálica para que se continuasse no canteiro central, mas não há recursos para isso no momento. Tarso afirma que a sinalização no local está bem visível, dando segurança para o ciclista.

Por enquanto, os pés de jambolão, que soltam pequenos frutos e podem tornar a pista escorregadia, vão continuar no trecho da Avenida Campos Sales, no Parque Anhanguera. A Prefeitura plantou pés de ipê roxo no local e vai esperar crescerem para ver a viabilidade de substituição das árvores.

A intenção da Prefeitura, segundo a Comurg, é fazer uma inauguração simbólica da primeira parte da ciclovia amanhã de manhã, com a presença do prefeito Paulo Garcia. O serviço foi iniciado pela Secretaria Municipal de Obras (Semob) em abril sem um projeto final e ficou praticamente parado entre maio e outubro.

Em novembro, a Comurg assumiu os trabalhos. A justificativa para a interrupção foi de que os servidores da Semob precisaram ser deslocados para a obra do Túnel Jaime Câmara, na Avenida Araguaia. A entrega estava prevista para 24 de outubro, no aniversário da cidade. Depois foi adiada para hoje, dependendo da chuva. Ainda não há previsão para o início das obras da segunda etapa da ciclovia, que ao todo, terá 11 quilômetros – do Terminal das Bandeiras, no Jardim Europa, até o Jardim Goiás. A primeira parte tem 3,3 quilômetros.

Fonte: Jornal O Hoje