7 de dezembro de 2013

Estado engaveta leilão de rodovias


O governador Marconi Perillo (PSDB) determinou que a Agetop cancele o processo para a realização de leilão, programado para o próximo semestre, para transferir a concessão das rodovias estaduais ao setor privado.

Como destacamos hoje no Giro, a Agetop previa até incluir um novo trecho nas rodovias a serem privatizadas: os 54 quilômetros da GO-213, que liga Morrinhos a Caldas Novas, que serão duplicados no próximo ano pelo Estado ao custo de R$ 145 milhões. Os outros trechos que estavam definidos partem de Goiânia  para Cristianópolis (GO-020), São Luis de Montes Belos (060), cidade de Goiás (070) e São Francisco de Goiás (080), no total de 433 quilômetros.

O projeto da Agetop prevê a criação de nove praças de pedágios a cada 50 quilômetros, com o valor máximo do pedágio de R$ 4,30. Nesta semana o governo federal leilou trechos das BR´s 060 e 153 em Goiás, onde será cobrado pedágio de R$ 2,85 (depois de deságio de 52% no leilão) a cada 100 quiômetros a partir de 2015.

Fonte: Jornal O Popular