Avenida Araguaia: Túnel sofre com terra, água e lixo

12:01 1 Comments A+ a-



Uma das pistas, que ficou alagada, foi interditada ontem de manhã para limpeza.

O Túnel Jaime Câmara, localizado na Avenida Araguaia, no Centro, inaugurado no dia 23 de outubro, voltou a apresentar problemas que comprometeram o tráfego de veículos. No início da manhã de ontem, metade da pista no sentido Setor Nova Vila-Centro foi interditada por cerca de uma hora devido à terra e ao lixo que caíram sobre o asfalto, obstruindo uma boca de lobo instalada na entrada do túnel.

O problema foi impulsionado pela chuva fina e intermitente que caiu durante a madrugada e a manhã de ontem. A terra proveniente das escavações na encosta do túnel, pedaços modulares de grama afixados no barranco e o lixo lançado inadvertidamente pela população no Córrego Botafogo avançaram sobre o asfalto e causaram o entupimento da boca de lobo. Como consequência, houve o acúmulo de água sobre a pista. O excesso de água teve aspecto semelhante a alagamento.

O diretor de operações da Secretaria Municipal de Obras (Semob), Willion Carlos Reis de Barros, informou que a desobstrução da boca de lobo foi executada por equipes da própria Prefeitura de Goiânia. Os trabalhadores, conforme disse, colocaram placas que indicavam a interdição parcial da pista e realizaram os trabalhos. A via foi liberada para ô tráfego por volta das 8h30. “Como o fluxo de veículos naquele horário era reduzido, não houve necessidade de recorrermos ao pessoal da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade”, sublinhou.

Este foi o terceiro dano apresentado no Túnel Jaime Câmara desde a inauguração da obra, na noite de 23 de outubro. Um dia após a inauguração, foram constatadas pichações no muro de contenção e na parede interna do túnel. As equipes da Semob fizeram reparos na pintura tão logo foram informadas do problema.
O fato que mais chamou a atenção da população ocorreu na tarde do dia 29 de outubro, seis dias depois de o túnel ser aberto ao tráfego de veículos. A chuva forte que caiu naquele dia em Goiânia causou o gotejamento em toda a extensão do túnel. É como se os veículos tivessem passado fora da proteção. Indignados, vários moradores postaram fotos da chuva no interior da obra nas redes sociais e fizeram críticas acirradas à questão. A obra chegou a ser chamada de “túnel lavajato”.

MAIS PICHAÇÃO

Na tarde de ontem, o túnel voltou a ser pichado por vândalos. As equipes que faziam os reparos na obra flagraram o rapaz no momento em que ele fazia inscrições em uma das paredes, o repreenderam e conversaram com o pai dele. A limpeza da pichação, conforme disse Willion Barros, será feita por trabalhadores da Semob.

Quando foi entregue à população, o túnel na Avenida Araguaia estava coberto apenas por uma camada de concreto. O diretor de Infraestrutura da Semob, Rodolfo Leon Salinas, informou ontem que na época a obra ainda necessitava de acabamento. O concreto sobre o túnel, relata, está sendo coberto por uma camada de lama asfáltica. Até ontem, este revestimento havia sido afixado em aproximadamente 270 metros. Restam ainda cerca de 30 metros de concreto para serem protegidos.

Willion Barros informou que a colocação da lama asfáltica deve ser concluída hoje. “Estávamos tendo problemas com a entrega de material pela Petrobrás, mas esta questão já foi resolvida”, acentuou. Ele diz que a lama asfáltica consegue conter a passagem da chuva e possibilita uma segurança numa proporcionalidade de aproximadamente 70%. Por isso, explica, torna-se necessário a colocação de outra camada de material impermeável. Sobre esta, será colocada terra e pedaços modulares de grama.

RESPIRADOR NATURAL

Os 300 metros de piso sobre o túnel serão utilizados exclusivamente para passagem de pedestres, como meio de interligação do Parque Mutirama ao Parque Botafogo. Rodolfo Leon Salinas assinala que em toda a extensão dessa via estão sendo instaladas sete claraboias, uma espécie de proteção às aberturas no teto que possibilitam claridade e ventilação ao longo da via.

Salinas diz que inicialmente pensou-se em instalar motores nas aberturas do teto do túnel para o resgate do dióxido de carbono exalado pelos veículos. Posteriormente, optou-se pela claraboia. Ele adianta que técnicos da Companhia Municipal de Urbanização de Goiânia estão definindo os equipamentos a serem colocados para a urbanização dessa interligação. Além da grama, o local deve ter floreiras e vasos, entre outros itens.

Fonte: Jornal O Popular

1 comentários:

Write comentários
Anônimo
AUTHOR
8 de novembro de 2013 01:09 delete

Trabalho porco.....nunca vi igual..e já consumiu milhões. ..kkkkkkkk vergonhoso. ...feio demais e desnecessário. ..

Reply
avatar