25 de outubro de 2013

Prefeitura: Paulo reclama da falta de recursos


Prefeito refuta ausência de planejamento em obras importantes na capital e diz que verbas são “limitadas”.

Ao comentar problemas do transporte coletivo de Goiânia, o prefeito Paulo Garcia (PT) disse ontem que não há falta de planejamento, mas sim de recursos. Em entrevista ao Papo Político, na CBN Goiânia, o petista afirmou que a limitação de dinheiro é a dificuldade para a implantação “da solução mais adequada e viável”, que são os corredores exclusivos ou preferenciais.

“Estamos por implantar os corredores preferenciais, com dificuldades, com limitações financeiras, com resistência de segmentos sociais importantes, que não compreendem a importância. À medida que existem recursos, vamos fazendo”, disse, referindo-se também às ciclovias.

Sobre o BRT (Bus Rapid Transit), a ser implantado no eixo norte-sul da capital, o prefeito afirmou que o projeto dará “outra vida ao transporte de massa da capital”. Ele disse que a burocracia torna lenta a execução da obra. “É um trabalho moroso. A legislação e a burocracia fazem com que tudo ande um pouco menos rápido do que desejaríamos”.

O prefeito afirmou ter apenas 10% do orçamento para obras e projetos. “Os nossos recursos são muito limitados. A grande verdade é essa. As pessoas às vezes se esquecem”, disse, ressaltando que a metade da receita vai para a folha e outros 40% são destinados, constitucionalmente, a educação (25%) e saúde (15%).

Questionado sobre problemas da Comurg e as críticas de que a cidade está suja, o prefeito disse que “o trabalho de conservação urbana continua admirado” na capital. “Todos que vêm de fora ressaltam a limpeza de Goiânia, a iluminação pública, a arborização. Parece que os que vêm de fora têm olhares mais independentes sobre a conjuntura atual”, afirmou, para completar: “Posso garantir que o trabalho é o mesmo. Goiânia está mais florida. Tem mais áreas de reflorestamento”.

Sobre a investida do governo estadual em ações voltadas para Goiânia, o prefeito alfinetou: “Tudo que for feito para a cidade é saudável para a coletividade. Eu não venho disputando com ninguém, até porque não estou em processo eleitoral, estou administrando uma cidade. Quando convido a população, é para obras prontas e acabadas. Essa é a nossa conduta”.

Ontem pela manhã o prefeito esteve no desfile cívico em comemoração aos 80 anos de Goiânia, na Avenida 24 de Outubro, em Campinas, ao lado do vice-governador José Eliton.

Fonte: Jornal O Popular