7 de setembro de 2013

Radicais Livres: Abertura de evento reúne 60 mil fiéis em estádio






Conferência Radicais Livres está na 12ª edição e tem participação de juventude evangélica de todo o País. Encerramento será hoje.

A primeira noite da Conferência Radicais Livres, no Estádio Serra Dourada, reuniu cerca de 60 mil pessoas. O evento, que está em sua 12ª edição, é organizado pela Igreja Videira e tem como objetivo, segundo os organizadores, reunir a juventude cristã de todo o Brasil, para adoração, louvor e aprendizado da palavra de Deus. O encerramento será hoje.

Ontem, os portões foram abertos às 17 horas. O cantor Davi Sacer fez a abertura da noite, seguido pelo Ministério Radicais Livres e Thalles Roberto. O jornalista Heitor Freitas frequenta a Igreja Fonte da Vida e participa da conferência pela primeira vez. Além dos shows de artistas gospel de renome internacional, o que atraiu o jovem para o evento foi a confiança em um clima de segurança. “É um evento voltado para o bem, para a adoração a Deus e não há violência”, afirma. Para ele, a conferência também desmistifica a imagem de que o “jovem evangélico não se diverte”.

HOJE

Das 8 às 13 horas, no Ginásio Goiânia Arena, acontece a reunião com as lideranças da Igreja Videira de todo o País. É esperado um público de 15 mil pessoas. Os ingressos custam R$ 5 e podem ser adquiridos com os pastores ou na entrada do ginásio.

No Serra Dourada, os portões serão abertos às 15 horas. O início do evento está previsto para as 17 horas, com show do Ministério de Louvor Diante do Trono, que tem mais de 14 anos de existência. A noite ainda reserva as apresentações do cantor Fernandinho e do Ministério Nova Geração, alternadas com oração e ministração dos pastores Aluízio Silva, fundador da Igreja Videira; Naor Pedrosa, fundador do Ministério Radicais Livres, e Marcelo Almeida, presidente da Vinha Internacional.

Outra novidade deste ano é a campanha Amor ao Próximo. O evento está incentivando os participantes a contribuírem com um quilo de alimento não perecível, que será doado para instituições de caridade.

Fonte: Jornal O Popular