14 de agosto de 2013

Agetop acelera obras em todo o Estado


A Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), comandada por Jayme Rincón, é hoje responsável por um volume de obras de infraestrutura nunca antes visto na História de Goiás em um espaço tão curto de tempo. As ações somam investimentos superiores a R$ 4 bilhões, contemplando principalmente a Região Metropolitana de Goiânia, Anápolis e Entorno do Distrito Federal.

Se o governador Marconi Perillo enfrentou tempos turbulentos no ano passado, a partir deste ano, a Agetop mantém um cronograma de ações, obras e inaugurações capaz de dar inveja ao mais ferrenho opositor. Não resta dúvida de que a ordem é investir pesado em obras de infraestrutura capazes de restaurar a imagem que Marconi cultivou em seus dois mandatos anteriores. A receita é conhecida e funciona: investindo em obras prioritárias e importantes para a população, naturalmente todos saem ganhando e o governante faz sua parte.

Em obras que afetam diretamente toda a população da Grande Goiânia e mesmo parte significativa de toda a população do Estado, a Agetop está construindo dois viadutos, nas GOs 060 e 070 (saídas de Trindade e Inhumas, região noroeste de Goiânia), e vai começar a construir outro na GO-080, saída para Nerópolis, com investimento total de R$ 22 milhões. Também na mesma região da Grande Goiânia, está em andamento a duplicação da GO-020 (Goiânia/Bela Vista), orçada em R$ 111,8 milhões, e da GO-403 (Goiânia/Senador Canedo), R$ 37,39 milhões, totalizando R$ 150 milhões.

Visibilidade

Ações como estas dão ampla visibilidade ao governo estadual, pois têm impacto direto na vida do cidadão e garantem dividendos para uma acirrada campanha eleitoral que irá ocorrer no próximo ano na disputa pelo Palácio das Esmeraldas.

Em Goiânia, foi retomada a construção do Centro de Excelência do Esporte, projeto grandioso que custará ao final cerca de R$ 74 milhões. E na região noroeste da Capital, está sendo erguido o segundo Hospital de Urgências de Goiânia, Hugo 2, ao custo de R$ 57,5 milhões, assegurados pelo Tesouro Estadual, com conclusão prevista para o primeiro semestre de 2014.

No município de Anápolis, os investimentos em obras estruturantes chegam a R$ 224 milhões, destinados principalmente para a construção do Aeroporto de Cargas e o Centro de Convenções de Anápolis.

Aparecida terá viaduto, escolas padrão e Credeq

Em Aparecida de Goiânia, a Agetop trabalha na reconstrução da GO-040 (saída para Aragoiânia), com viaduto, e nas obras de iluminação de toda a pista. No município, estão em andamento as obras do primeiro Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq), em um terreno de 99 mil m2, no valor de R$ 19,8 milhões, com previsão de inauguração até junho de 2014. O município foi contemplado ainda com o Restaurante Cidadão, inaugurado em fevereiro, e o Vapt Vupt do Setor Garavelo.

Por meio do Programa Rodovida Construção, a Agetop realiza a duplicação do trecho Goiânia/Madre Germana (7,6 km), na GO-040, e a pavimentação do trecho Hidrolândia/Entrada GO-040 (13,7 km), na GO-219.

E, por meio do Rodovida Reconstrução, as reformas dos trechos: Perímetro Urbano de Goiânia (ida e volta, 13,8 km), na GO-040; entrada da GO-040/Guapó (13,7 km), na GO-219, e Aparecida/Nova Fátima (10,8 km), na GO-319.

Ainda no município de Aparecida, a Agetop realizou e está realizando várias obras importantes, como a reforma emergencial de quatro escolas estaduais e construção de Escolas Padrão Século XXI .

Fonte: Diário de Aparecida