11 de julho de 2013

Sudoeste de Goiás recebe R$ 13,5 milhões em benefícios habitacionais


O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação, leva nesta sexta-feira, dia 12, diversos benefícios da área de habitação a quatro cidades da Região Sudoeste do Estado. O governador Marconi Perillo assina ordem de serviço para construção de casas e entrega de Cheque Mais Moradia – modalidades Reforma e Melhoria – para 1.351 famílias nos municípios de Quirinópolis, Paranaiguara, Caçu e Inaciolândia, totalizando investimentos da ordem de R$13,5 milhões.

As ações fazem parte do roteiro de visitas que o governador fará amanhã na Região Sudoeste. A comitiva vai passar ainda por São Simão e Gouvelândia. O presidente da Agehab, Marcos Abrão Roriz, acompanhará o governador em todo o trajeto que está previsto para se iniciar a partir das 8h30, pelo município de Inaciolândia.

Em Quirinópolis 588 famílias receberão Cheque Mais Moradia, modalidade Reforma, no valor total de R$ 1,1 milhão. Os recursos fazem parte da primeira etapa de um convênio que vai beneficiar ao final 1.255 famílias da cidade, ultrapassando o valor de R$ 1,8 milhão. O convênio foi firmado por meio de parceria da Agehab com o Centro de Recuperação Casa do Oleiro, instituição sem fins lucrativos que faz atendimento a dependentes químicos.

No município de Caçu, Marconi assinará ordem de serviço para construção de 600 unidades habitacionais, com investimento de R$ 12 milhões em Cheque Mais Moradia, em parceria com a Prefeitura. Em outra parceria, com o município e o programa Oferta Pública Sub-50/1 (Governo Federal), o governador entregará R$ 72 mil em Cheque Mais Moradia, modalidade Melhoria, para 24 famílias, no valor individual de R$ 3 mil.

Já em Paranaiguara serão outras 77 famílias beneficiadas, também com a modalidade Reforma do Cheque Mais Moradia. O investimento no município será de R$ 102,4 mil. Em Inaciolândia 62 famílias serão contempladas com Cheque Mais Moradia, modalidade Melhoria, totalizando R$ 266 mil de investimento do Governo de Goiás para c

Fonte: Goiás Agora