30 de julho de 2013

Marconi pede curso de Medicina para cidade de Goiás


Consolidar a cidade de Goiás como importante centro de produção e disseminação do conhecimento foi o propósito expresso pelo governador Marconi Perillo em seu encontro nesta terça-feira, dia 30, com o ministro da Educação, Aloízio Mercadante, no último dia da transferência da capital do Estado para a antiga Vila Boa. Com o apoio e o empenho expressos pela prefeita Selma Bastos, o governador aproveitou a solenidade em que entregou ao ministro da Educação a Comenda da Ordem do Mérito Anhanguera, no grau Grã Cruz, para lhe solicitar formalmente a instalação de um curso de Medicina no campus local da Universidade Federal de Goiás (UFG). Na ocasião, o governador e a prefeita comprometeram-se a atender todas as exigências expressas pelo MEC para que, efetivamente, se concretize o que, segundo ambos, seria  “um sonho dos vilaboenses”.

“Temos avançado consideravelmente na Educação, graças a uma proveitosa parceria firmada com o Governo Federal. Somos hoje o Estado que mais recebe volume de recursos advindos da União para serem investidos na Educação. Ao todo, somam-se R$ 245 milhões em recursos federais destinados à construção de novas escolas, como as 39 unidades no padrão Século 21; edificação de 107 quadras esportivas e a cobertura de 58 outras; aquisição de 52 ônibus escolares, entre outros benefícios que, quando somados aos investimentos estaduais, têm garantido o crescimento e a melhoria dos índices de qualidade do ensino em Goiás”, disse Marconi Perillo.

Na presença de Mercadante, o governador fez a entrega simbólica de 10,3 mil tablets a professores do ensino médio da rede estadual. Adquiridos com recursos federais, estes equipamentos permitirão ao professor programar e realizar melhor suas aulas interligando-o à rede mundial de computadores. Durante a solenidade, Marconi Perillo enalteceu a figura do ministro ao pontuar sua trajetória política de coerência com as causas a que se dedica. Marconi pediu também a Mercadante que dividisse os créditos da honraria com a presidente Dilma Rousseff, a qual, segundo afirmou, tem demonstrado sensibilidade aos anseios goianos e colocado em prática seu espírito republicano na condução das solicitações de seu governo.

O ministro Aloízio Mercadante marcou em sua agenda uma reunião com representantes dos governos estadual e municipal para a próxima semana, no MEC, onde serão iniciadas as discussões visando a instalação do curso de Medicina em Goiás. “A exemplo da cidade mineira de Ouro Preto, Goiás tem perfil para se transformar numa bela cidade universitária. No que depender do MEC, vamos contribuir para essa realização”, garantiu.

Em seu discurso, Aloízio Mercadante celebrou os bons índices apresentados pela recente pesquisa que mediu o Índice de Desenvolvimento Humano dos municípios brasileiros. “Ficamos honrados ao constatar que, nos últimos 20 anos, a Educação deu um salto qualitativo de 128%, um dos maiores índices constatados. Isso é fruto de governos como o de Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso e Luís Inácio Lula da Silva. Temos muito ainda a crescer, mas estamos no rumo certo. Hoje presencio um cenário de maturidade política  em Goiás, onde não se sobrepõem questões partidárias, mas sim o bem comum, o de servir à população”, declarou o Ministro.

Transferência da capital
No fim do período de transferência da capital para a cidade de Goiás, desta vez expandido de 3 para 5 dias, o governador Marconi Perillo reuniu-se de manhã, no escritório da Agência Estadual de Transporte e Obras Públicas (Agetop)  com líderes locais, representantes da sociedade e políticos para ouvir  reivindicações e agradecimentos pelos investimentos feitos no município de Goiás.

O governador assinou uma ordem de serviço no valor de R$ 1,742 milhão para custear obras de pavimentação, galerias pluviais e uma praça para o distrito de Buenolândia. “Quando somamos todos os investimentos  para esta região, eles passam de R$ 400 milhões. Estamos fazendo o maior volume de investimentos da história de Goiás, para resgatar um compromisso histórico com esta cidade, berço do povo goiano”, enalteceu Marconi.

Prestigiaram as solenidades, entre outras autoridades, os secretários Giuseppe Vecci, de Gestão e Planejamento; Vilmar Rocha, da Casa Civil; Thiago Peixoto, de Educação; Sérgio Cardoso, de Articulação Política; Joaquim de Castro, de Articulação Institucional; a presidente da AGDR, Leda Borges; o senador Cyro Miranda e o diretor de Gestão e Finanças da AGDR, Itamar Leão.

Fonte: Goiás Agora