6 de junho de 2013

Rejeitado projeto que obrigava vereadores a bater ponto eletrônico


Foi rejeitado por 17 a 14 o projeto de lei do vereador Paulo Magalhães, do PV, que obrigava os vereadores de Goiânia a baterem o ponto eletrônico. O resultado foi divulgado no início da tarde desta quarta-feira (5/6).

Pelo projeto, o vereador teria que registrar presença em plenário em três horários: 9 horas, na abertura dos trabalhos legislativos; às 10h30 e no final da sessão, ao meio dia. A ausência sem justificativa imporia desconto nos subsídios dos faltosos.

Na sessão de hoje, dois vereadores estiveram ausentes, o tucano Anselmo Pereira (hospitalizado) e Tatiana Lemos, do PC do B, em viagem. Portanto, dos 35 vereadores que compõem a atual legislatura (além dos ausentes), não participaram da votação, o presidente da Casa, Clécio Alves, do PMDB, que só em caso de desempata, e Fábio Lima (PRTB), que se ausentou do plenário.

Antes de o projeto ser colocado em votação, foram apresentadas duas emendas, rejeitadas pela maioria do plenário. A emenda de Richard Nixon, por exemplo, exigia que o vereador comparecesse à Câmara, de segunda a sexta-feira, sendo obrigado a bater ponto às 8 horas, meio dia e depois às 14 horas e finalmente às 18 horas. Seria obrigado a bater ponto no sábado das 8 ao meio dia.

Muitos vereadores consideraram tais propostas "simples provocação". Paulo Magalhães disse que elas "são simplesmente ridículas, visam apenas prejudicar a tramitação do meu projeto, que recebeu o apoio de 23 vereadores".

Vereadores que votaram contra:

Antonio Uchôa, do PSL,
Carlos Soares, do PT,
Célia Valadão, do PMDB
Deivison Costa, do PT do B
Divino Rodrigues, do PSDC
Prof. Domingos Sávio, do PMN
Dr. Bernardo dos Cais, PSC
Edson Automóveis, do PMN
Eudes Vigor, do PMDB
Felisberto Tavares, do PT
Izidio Alves, do PMDB
Joãozinho Guimarães, do PRB
Mizair Lemes Jr, do PMDB
Paulinho Graus, do PDT
Paulo Borges, do PMDB
Paulo da Farmácia, do PSDC
Zander, do PSL

Vereadores que votaram a favor:

Cida Garcez, do PV
Thiago Albernaz, do PSDB
Geovani Antonio, do PSDB
Drª Cristina Lopes, do PSDB
Dr Gian, do PSDB
Jorge do Hugo, do PSL
Pedro Azulão Jr, PSB
Richard Nixon, PRTB
Tayrone di Martino, do PT
Virmondes Cruvinel Filho, PSD
Welington Peixoto, do PSD
Djalma Araújo, do PT
Paulo Magalhães, do PV
Elias Vaz, do PSol

Fonte: Mais Goiás