25 de junho de 2013

Marconi é o primeiro governador a se manifestar sobre "PEC da Impunidade"


Chefe do Executivo Estadual utiliza mídias sociais para fazer apelo a deputados e senadores.

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), se manifestou por meio de suas páginas no Twitter e no Facebook, na tarde desta terça-feira (25), fazendo um apelo para que os deputados e senadores da base e de outros partidos votem contra a Proposta de Emenda Constitucional 37/2011 (PEC 37).

Segundo ele, que foi o primeiro governador a declarar-se contra a PEC 37, o projeto representa um retrocesso para as investigações e destacou, também, que sempre buscou fortalecer a autonomia do Ministério Público (MP) e defendeu as suas prerrogativas.

Argumentando contra a proposta, Marconi enalteceu a colaboração do MP para as investigações policiais, com destaque para aquelas realizadas contra agentes públicos, e disse que os órgãos que verdadeiramente cuidam da investigação criminal devem ser fortalecidos.

O governador prometeu conversar com alguns membros da bancada do PSDB sobre o assunto para essa sensibilização.

Abaixo, leia na íntegra o texto divulgado no Facebook:

Faço um apelo aos deputados e senadores da minha base e de outros partidos para que votem contra a PEC 37.

Fui o primeiro governador a se posicionar contra a PEC. Recebi, no Palácio das Esmeraldas, no início de abril, representantes da Comissão Especial contra a PEC 37 no âmbito da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp); e o subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Institucionais do MP-GO, Benedito Torres Neto, representando o procurador-geral de Justiça, Lauro Machado Nogueira, entre outros.

Minha posição sempre foi contra a PEC. E farei o que estiver ao meu alcance para que ela seja seja derrubada na Câmara dos Deputados.

Fonte: Jornal Opção