10 de junho de 2013

Governador promete Estádio Olímpico para 2014 e responde críticas de investimento na Serrinha


O Governador do Estado de Goiás, Marconi Perillo, visitou na manhã desta segunda-feira (10), as obras que estão sendo realizadas para concluir o Centro de Excelência do Esporte, localizado na Avenida Paranaíba, região Central de Goiânia. A obra parada desde 2006, quando o Estádio Olímpico foi demolido, passou por diversos problemas, descaso público, mas ao que parece, agora vai decolar, ao menos pela garantia dada pelo governador.

“Nós esperamos que em um ano essa obra possa ser inaugurada e entregue, definitivamente, à população. A primeira fase é a conclusão do Laboratório, com as quadras de Vôlei e Basquete, e para essa obra, nós já asseguramos os recursos, são R$7,5 milhões para a conclusão do Laboratório. Depois nós temos as reformas das piscinas, e por fim, vamos até o dia 15 de julho abrir a licitação para a construção do Estádio Olímpico”

Outra obra muito questionada e que nunca parece sair do papel é quanto ao Autódromo de Goiânia, que nesse último final de semana, recebeu a etapa da Fórmula Truck. O vencedor, Geraldo Piquet, reclamou das condições e dos investimentos feitos no Autódromo e em outras praças esportivas, para diversas modalidades. O Governador Marconi Perillo deu razão ao piloto e prometeu que a obra do Autódromo sai ainda nesse ano.

 “A decisão da Agetop é dividida em duas etapas. Nós queremos construir lá um parque, ali não vai ser apenas o Autódromo, mas será um parque para o povo da cidade, para quem gosta de bicicleta, quem gosta de fazer caminhada. Vamos dividir isso em duas etapas: uma é melhorar o Autódromo para receber mais competições nacionais e estrangeiras, isso será feito esse ano. A outra é completar essa obra de transformação do Autódromo em um grande parque multiuso”

Críticas rebatidas

Nas duas últimas semanas, muito se questionou também sobre o investimento feito pelo governo estadual na reforma do Estádio Hailé Pinheiro, a Serrinha, sede do Goiás Esporte Clube. A reforma foi orçada em R$4 milhões, sendo de R$2,5 milhões vieram de recursos estaduais. O governador Marconi Perillo respondeu essas críticas, destacou que o Estado ficou em evidência e que quem questiona esse investimento tem “pensamento pequeno”.

“O Governo do Estado vai fazer um investimento pequeno diante do montante de recursos que outros governos estaduais estão investindo para ter parte da Copa do Mundo em seus estados. Não há nada que dê mais visibilidade que ter a Seleção Brasileira treinando aqui, é uma visibilidade gratuita para o Estado. Muitas pessoas tem uma visão tacanha, pequeno das coisas. Esse investimento precisa ser feito, os governos precisam ser ousados”

Fonte: Portal 730