21 de maio de 2013

Passagem sobe para R$ 3,00. Novo valor começa a vigorar amanhã


Uma reunião da Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo deciciu aumentar de R$ 2,70 para R$ 3 o preço da passagem do transporte coletivo em Goiânia e na Região Metropolitana da capital. O novo valor, com acréscimo de 11%, começa a vigorar a partir de quarta-feira (22). O aumento acontece em meio a protestos da população, que chegou a queimar pneus no Centro de Goiânia nesta tarde.

O aumento da tarifa acontece 18 dias após o fim da greve dos motoristas do transporte coletivo, que ocorreu nos dias 2 e 3 deste mês. Na ocasião, cerca de 800 mil passageiros foram prejudicados pela paralisação.

Horas antes da definição do novo valor, cerca de 200 estudantes realizaram uma manifestação na região central de Goiânia. Revoltados com o possível aumento da passagem do transporte coletivo, eles queimaram pneus para bloquear o trânsito em frente ao Palácio das Esmeraldas, sede do governo estadual.

Os estudantes se reuniram na Praça Universitária, no Setor Leste Universitário, e seguiram em passeata até a Praça Cívica, no Centro de Goiânia. De acordo com a Polícia Militar, o tráfego nos anéis interno e externo, ao redor da praça, está bloqueado por fiscais da Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) que estavam no local.

Ainda segundo a PM, alguns estdantes teriam atirado bombas caseiras contra os policiais. O Corpo de Bombeiros foi acionado e o fogo causado pela queima dos pneus já foi controlado.

A noite de segunda-feira (20) também foi de protestos e confusão no Terminal Padre Pelágio, na capital. Passageiros se revoltaram com a demora dos ônibus e quebraram quatro veículos. No tumulto, uma passageira ficou ferida.

Fonte: G1 GO