13 de maio de 2013

Exposição agropecuária tem abertura oficial, mas continua impasse sobre transferência de local



A sexagésima oitava exposição agropecuária de Goiás foi aberta oficialmente com a expectativa de movimentar mais de 70 milhões de reais nesta edição. Para isso, os interessados em comprar produtos como máquinas e animais, terão a possibilidade de crédito da Caixa Econômica Federal, na própria exposição.

Cerca de 140 stands apresentam produtos, além da presença de bares e boates.

Toda a estrutura da pecuária, porém, já deveria estar montada em outra área desde o ano de 2011. O plano diretor de Goiânia de 2007 deu prazo de três anos para a regularização. Transtornos no trânsito, sonoros, e referentes à criação dos animais motivaram a determinação.

O governador de Goiás, Marconi Perillo, afirma que o estado pode dar apoio a troca. “Como Governador do estado eu posso colaborar e ajudar, agora a decisão tem que ser tomada pela própria diretoria da SGPA,” afirma.

O presidente da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA), Ricardo Yano, explica que a área atual não pode ser vendida e afirma que não pode estabelecer uma data para a possível transferência. “Quando foi feito esse compromisso com o Plano Diretor foi feito todo esforço, mas que infelizmente não conseguimos. O que dependente da SGPA, nós conseguimos que foi a área. Essa área tem limitação de venda. Nós já temos o terreno e precisamos de recursos. Agora não queremos divulgar quando será mudada,” define.

A pecuária deste ano acontece até o dia 26 de maio, no Parque de Exposições do Setor Nova Vila.

Fonte: Portal 730