26 de maio de 2013

Eixo urbano ligará Goiânia a Aparecida


As prefeituras anunciam a construção de três eixos Norte-Sul e um corredor exclusivo para ônibus (BRT), que ligará de forma direta as regiões sul de Goiânia à norte de Aparecida. A conclusão das obras está prevista para os próximos três anos. O investimento, da ordem de R$ 300 milhões, virá de recursos do Banco Andino, Caixa Econômica Federal, Orçamento Geral da União e prefeituras municipais de Goiânia e Aparecida.

De acordo com o secretário de Fazenda da Prefeitura de Aparecida de Goiânia, Carlos Eduardo de Paula Rodrigues, as obras pretendem melhorar a mobilidade da região e facilitar o acesso entre o município e a Capital.

O primeiro dos eixos, que será responsabilidade do município de Aparecida, o NS-01, terá 13,05 quilômetros de extensão, abrangendo a região leste da cidade. A obra ligará a região do Bairro Santa Luzia, partindo da Avenida Bela Vista, até a região industrial da cidade, onde estão localizados o Polo Logístico, Distrito Industrial de Aparecida de Goiânia (Dimag) e Distrito Agroindustrial de Aparecida de Goiânia (Daiag).

O NS-03, à margem esquerda da BR-053, interligará o centro de Aparecida à Avenida São Paulo, consequentemente a Goiânia.

“Quando uma cidade recebe obras que melhoram sua mobilidade, tudo progride. Os benefícios são imensuráveis, tanto para os moradores quanto para os empresários”, ressalta Carlos Eduardo Rodrigues.
Já o NS-05 será o responsável por conectar cinco grandes avenidas da região oeste de Aparecida e interligar bairros como Hilda, Cidade Vera Cruz, Jardim Helvécia e Cardoso I e II por uma rotatória elíptica sobre o Córrego Tamanduá. Toda essa nova malha viária estará ligada à porção oeste do anel viário.
Segundo o secretário de Fazenda, as obras do eixo estruturante NS já estão em andamento e a entrega está prevista para 2014. Os investimentos serão de R$ 70 milhões, divididos em partes iguais entre a Prefeitura de Aparecida e o Banco Andino.

Corredor trará maior conforto ao usuário do transporte coletivo

O corredor Goiás BRT Norte-Sul será exclusivo de transporte coletivo, com tráfego de ônibus no eixo central da via, semelhante ao Eixo Anhanguera, com o dobro de extensão para atender aos moradores da região limítrofe entre Aparecida e Goiânia. O corredor terá, em sua primeira etapa, 21,7 quilômetros de extensão, ligando o Terminal de Extensão Cruzeiro do Sul, na Avenida Rio Verde, com a São João, em Aparecida, ao Terminal de Integração Recanto do Bosque, na região noroeste de Goiânia. A segunda etapa terá 5,1 quilômetros de extensão e ligará o Terminal Veiga Jardim ao Terminal Cruzeiro do Sul.

Para estas obras, estão previstos R$ 279,5 milhões em investimentos, dos quais R$ 140 milhões financiados pela CEF, R$ 70 milhões pelo OGU e o restante como contrapartida do município de Goiânia.

Depois de prontas, 28 ônibus articulados e 65 ônibus Padron circularão pelo corredor Goiás BRT Norte-Sul.

As obras devem começar pela Avenida Rio Verde, no segundo semestre de 2013, e a previsão é de que as operações comecem no segundo semestre de 2014.

Fonte: Diário de Aparecida