23 de abril de 2013

Governador entrega R$ 6,3 mi à Rotam durante troca de comando da tropa


Também foi inaugurada a nova sede do batalhão das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas
Rodrigo Cabral
Ketllyn Fernandes

O comando das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) passa a ser do tenente coronel Renato Brum dos Santos, empossado na manhã desta segunda-feira (22/4) no lugar do tenente coronel Cláudio Jorge Taufick. Em seu discurso o novo comandante ressaltou a quantidade de policiais que passa a fazer parte da Rotam, que atuará a partir de hoje 24 horas. Os nomes não foram divulgados por questões de segurança, mas sabe-se que os mesmos já fizeram parte da tropa. 
Renato Brum pontuou que sob seu comando a Rotam vai endurecer no combate à criminalidade. Segundo ele a corporação não pode se dar ao "luxo" de ter vários policiais dentro do quartel. Estaremos nas ruas, com grande visibilidade, para contribuir com a segurança pública no Estado de Goiás.  Iremos atuar principalmente nas regiões comerciais e bancárias", disse.
Na ocasião da solenidade de posse o governador Marconi Perillo (PSDB) também inaugurou a nova sede do Batalhão da Rotam, que fica no antigo estande de tiros do Autódromo Internacional de Goiânia. O tucano entregou à tropa R$ 6,3 milhões oriundos do Tesouro do Estado. Foram homenageados com um braçal da Rotam  governador, o vice José Eliton (DEM), e o secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita.

“A Polícia Militar do Estado de Goiás é uma das mais importantes e valorosas instituições de nosso País. Sua missão pode ser sintetizada em proteger as pessoas, fazer cumprir as leis, combater o crime e preservar a ordem pública”, disse o governador em seu discurso, frisando que sua gestão prioriza a segurança pública.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Silvio Benedito, dedicou seu discurso à eficiência da tropa e agradeceu a Marconi pelos investimentos na segurança pública do Estado. "A Rotam é resposta da Polícia Militar", sintetizou.
Fonte: Jornal Opção