5 de abril de 2013

A cada 3h06min uma pessoa foi assassinada em Goiás no primeiro trimestre



Relatório da Secretaria Estadual de Segurança Pública aponta que número de latrocínios cresceu 60% e homicídios 25% no primeiro semestre deste ano.

No primeiro trimestre deste ano foram registrados 664 homicídios dolosos em Goiás. O número é 25,2% maior que o constatado no mesmo período em 2012, quando foram cometidos 530 crimes deste tipo. Os dados são do relatório de ocorrências divulgado pela Secretaria Estadual de Segurança Pública e Justiça (SSPJ) na quinta-feira (4). Nos três primeiros meses de 2013, a média é de sete assassinatos por dia no Estado. A cada 3h06min uma pessoa foi assassinada.

Os dados do primeiro trimestre de 2013, referentes a latrocínios, também são altamente negativos. Este tipo de crime aumentou 60%. O relatório aponta que 32 pessoas foram roubadas e ainda perderam suas vidas. Em 2012, foram 20 ocorrências deste tipo somando os meses de janeiro, fevereiro e março.

Enquanto os números de homicídios e latrocínios subiram no Estado, outras três modalidades de crimes contra a pessoa caíram. Os homicídios culposos de trânsitos e a tentativas de homicídio caíram 14% e as ocorrências de estupros diminuíram 10,2%.

Crimes contra o patrimônio
A comparação dos relatórios referentes aos primeiros trimestres de 2013 e 2012 aponta aumento de 24,27% no número de roubo de veículos. Os índices também cresceram em outros tipos de crime: roubo a estabelecimentos comerciais (22,8%); furtos a estabelecimentos comerciais (4,2%) e roubo a residência (19,2%).

Por outro lado, furtos de veículos tiveram pequena redução, de 1,3%. Os furtos a residência caíram 3% no primeiro trimestre de 2013.

Fonte: Portal 730