Caldas deve ganhar conselho geral para grandes eventos; Caldas Country é motivo de preocupação

16:31 1 Comments A+ a-




O rastro de destruição deixado pelo Festival de Música Sertaneja Caldas Country, em Caldas Novas, ainda é motivo de preocupação. Além dos desmandos que aconteceram como carros queimados, sexo explícito nas ruas e pessoas mortas, situações que ganharam repercussão nacional, o setor comercial de Caldas também ficou prejudicado. A empresa que realiza o festival é de Minas Gerais e de acordo com presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Vanderlei Ferreira, Caldas só perde com esse tipo de evento que denigre a imagem da cidade.

“As lojas todas fechadas, o povo fazendo aquela bagunça exageradamente, não tinha o que fazer, não tinha como parar. Tive em Belo Horizonte e lá foram destaque nos melhores jornais daquela região, as notas daquele pessoal fazendo sexo na rua. E tinha muita gente lá falando que não vem para Caldas Novas nesta data, ou seja, nós tivemos uma imagem totalmente negativa. A cidade na realidade não levou lucro algum em nenhuma das edições. No final de semana normal, as lojas venderam quatro vezes mais do que durante todo o evento, para você ter noção do prejuízo”, explicou o presidente da CDL.

De acordo com Vanderlei, a organização do evento, que é uma empresa de Minas Gerais, mente sobre o número de pessoas participantes e a quantidade de policiais não é suficiente. “O Caldas Country teve lá dentro do evento 100 mil pessoas e é por isso que dá o problema em Caldas Novas. Não querem pagar a estimativa pelo tanto de pessoas que vai, não querem colocar roleta para identificar. Eles mentem fala que vem 50 mil pessoas e leva esse projeto para o comando. Com essa mentira deles vêm 100 mil, mais 50 de fora que não vai para o show e a polícia fica incompetente”, salientou.

Nesta quinta-feira (29), representantes do comando da Secretaria de Estado da Segurança Pública estiveram na cidade para uma reunião com vários segmentos, como lojistas, maçonaria, clube e até a igreja. A ideia apresentada é criar um Conselho Geral para Grandes Eventos que possa garantir segurança para moradores e turistas de Caldas Novas, como explica o presidente da CDL, Vanderlei Ferreira.

“A ideia seria montar um conselho estadual de grandes eventos, começou a partir por ai. Referente ao que aconteceu com o Caldas Country, o que é para se prevenir contra outros eventos durante o ano inteiro e não só voltado para Caldas Country. Este comando de Goiânia já chegou a conversar com o prefeito que vai empossar agora, Evandro Magal. A preocupação agora é quanto tempo vai demorar a desconstruir essa imagem negativa, então isso deixou bem claro que nós temos que ser muito mais responsáveis com os pontos negativos e trabalhar em cima dos positivos”, finalizou. (Com informações da Repórter Lyra Rúbia)

Fonte: Portal 730

Vale transporte não tem natureza salarial e pode ser pago em dinheiro

22:24 0 Comments A+ a-



O TST (Tribunal Superior do Trabalho) reconheceu válida cláusula convencional na qual foi estipulado o pagamento do vale transporte em dinheiro. Com a decisão o auto de infração foi anulado e, consequentemente, cancelada a multa administrativa imposta à empresa Contax por uma auditora fiscal do Ministério do Trabalho, em razão do não fornecimento do vale transporte aos seus empregados.

A SDI-2 (Subseção II de Dissídios Individuais) desconstituiu decisão do TRT-6 (Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região), (PE).

O benefício foi instituído pela Lei 7.418/85, com o objetivo de auxiliar o empregado na recomposição das despesas de deslocamento para o trabalho, com utilização de transporte público urbano, intermunicipal e interestadual.

A norma determina a aquisição dos vales pelo empregador e o repasse ao empregado. Em relação ao custeio, o Decreto 95.247/87, que regulamentou a Lei, define que o beneficiário contribuirá na proporção equivalente a 6% (seis por cento) de seu salário básico ou vencimento, excluídos quaisquer adicionais ou vantagens. Já ao empregador caberá o excedente da parcela referida.

A decisão do Regional Pernambucano foi pela impossibilidade da conversão em dinheiro, ainda que por consenso das partes em norma coletiva. Isso por força do Decreto 95.247/87 que regulamentou a lei criadora do benefício, o qual expressamente proíbe em seu artigo 5º a substituição da entrega dos vales por antecipação em dinheiro ou qualquer outra forma de pagamento.

Mas o relator dos autos na SDI-2, ministro Caputo Bastos, destacou que na lei que regula o benefício, mesmo após alteração introduzida pela Lei 7.619/87, não existe qualquer vedação à substituição do benefício por espécie.

A conclusão unânime da Subseção, amparada em precedentes da própria Seção Especializada em Dissídios Coletivos e nas Turmas desta Corte, foi pela inexistência de óbice legal para que seja, ainda que de comum acordo, negociado em norma coletiva o fornecimento do vale transporte em dinheiro.

"A liberdade de negociação coletiva no âmbito das relações trabalhistas encontra-se assegurada no artigo 7º, XXVI, da Constituição Federal, ao prever o reconhecimento das convenções e acordos coletivos de trabalho", destacou o ministro Caputo Bastos

Natureza jurídica do benefício

No julgamento de outro processo versando sobre a mesma matéria, a 3ª Turma do TST analisou um recurso de revista no qual a empresa Engemetal Montagens Ltda, que também efetuava o pagamento do benefício em dinheiro, contestou a natureza salarial da parcela atribuída pelo TRT-2 (Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo da 2ª Região).

Os fundamentos dos magistrados paulistas foram os mesmos utilizados pelo Tribunal Pernambucano no processo analisado pela SBDI-2, ou seja, pela impossibilidade da conversão em dinheiro.

Dessa forma, o TRT-2 entendeu que o pagamento da parcela para auxílio do deslocamento do empregado feito diretamente no contracheque mensal do beneficiado "distanciou-se do programa legalmente fixado" e, com isso, alterou a natureza jurídica do benefício de indenizatória para salarial.

Mas para o relator dos autos, ministro Maurício Godinho Delgado, a própria Lei 7.418/85 previu no artigo 2º, que o benefício não tem natureza salarial; não se incorpora à remuneração para nenhum efeito além de não constituir base de incidência de contribuição previdenciária ou de Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. O magistrado também destacou que a CLT, no artigo 458, 2º, III excluiu do salário essa utilidade.

O magistrado ainda afirmou que mesmo nos casos em que o pagamento é feito em espécie, é mantido o caráter de antecipação das despesas feitas pelo empregado com seu transporte, sendo essencial para a realização dos serviços prestados ao empregador.

"Por essa razão é que reconhece a jurisprudência que a mera concessão do benefício em dinheiro não tem o condão de transmudar a natureza jurídica do vale-transporte, que, por disposição legal, é indenizatória e não constitui base de incidência para a contribuição previdenciária e para o FGTS", destacou o relator.

Na decisão, o ministro Godinho ainda enfatizou o aspecto não remuneratório da parcela, conforme destaca o Decreto 4.840/2003. No texto legal, que dispõe sobre a autorização para desconto de prestações em folha de pagamento há, no artigo 2º, 1º, inc. IX, expressa desconsideração da natureza salarial do vale transporte, ainda que pago em espécie, razão pela qual tal parcela não pode ser computada no percentual de 30% para o desconto e adimplemento junto à instituição financeira.

Fonte: Mais Goiás

Iluminação de Natal será inaugurada amanhã na Praça Cívica

22:16 0 Comments A+ a-



(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A decoração de Natal na Praça Cívica será inaugurada às 19h30 de amanhã pela presidente da OVG, Valéria Perillo, e pelo governador Marconi Perillo.
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Neste ano, a Aldeia do Papai Noel está de cara nova, com projeto diferenciado, formado por tendas instaladas em torno do monumento às três raças, voltadas para o Palácio das Esmeraldas, e com o dobro da área do projeto utilizado no ano passado, passando a ter 2.200 metros quadrados.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A casinha do Papai Noel foi redesenhada e virou diversão, com dois pisos, de onde as crianças poderão descer pelo escorregador, após a visita e fotos com o bom velhinho, caindo num banco de areia branca. Um presépio de autoria do artista gráfico Marcos Naves, de Goiânia, reforça o clima natalino no Coreto da Praça, com os personagens bíblicos do nascimento de Jesus Cristo.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A iluminação, com milhares de microlâmpadas, foi colocada nos prédios públicos e árvores. Três pinheiros de natal com 8,5 metros de altura compõem o visual, que traz novamente luminárias em led e strobos, um tipo de lâmpada que pisca continuamente e produz um colorido especial em pontos estratégicos. A decoração foi montada nas áreas interna e externa da Praça.



A programação vai acontecer sempre das 19 às 23 horas até o dia 25 de dezembro. O local estará aberto ao público também nos dias em que não houver apresentações artísticas. O parquinho de diversões e as casinhas na Aldeia do Papai Noel, que estarão comercializando alimentos, vão funcionar todos os dias.

Fonte: Mais Goiás

Concurso Polícia Civil de Goiás

22:06 0 Comments A+ a-




Concurso da Polícia Civil de Goiás vai oferecer vagas para Delegado Substituto, Escrivão e Agente de Polícia. Inscrições a partir de 27 de novembro.

A Polícia Civil de Goiás já disponibilizou os editais para realização de concurso público para provimento de vagas nos cargos de Delegado Substituto, Escrivão e Agente de Polícia de 3ª Classe. Serão preenchidas 753 vagas, sendo 109 para Delegado Substituto, 300 para Escrivão e 344 para Agentes, devendo os aprovados ser distribuídos de acordo com a conveniência e necessidade da Policia Civil  do Estado de Goiás.

O subsídio oferecido para o posto de Delegado será de  R$ 9.586,93, enquanto que Agentes e Escrivães percebem iniciais de R$ 2.971,95. Para concorrer ao cargo de Delegado será necessário ter Bacharelado em Direito. Já para os cargos de Agente e Escrivão os candidatos devem ter nível superior em qualquer área de formação, além de carteira nacional de habilitação - CNH - categoria B.

Inscrição e Provas

As inscrições ocorrerão entre 27 de novembro a 18 de dezembro de 2012 pelo site www.nucleodeselecao.ueg.br, mediante o pagamento de valores entre R$ 80,00, R$ 168,00 e R$ 128,00, com vencimento até 19 de dezembro de 2012.

A seleção dos candidatos será realizada por meio das seguintes etapas:

Avaliação da equipe multiprofissional para candidatos portadores de deficiência;

Provas de Conhecimentos, para os cargos de Escrivão e Agente;

Provas Objetivas, Discursiva e Avaliação de Títulos, para o cargo de Delegado;

Avaliação médica;

Exame psicotécnico;

Avaliação de aptidão física;

Prova Objetiva;

Prova de digitação, somente para o cargo de Escrivão;

Avaliação da vida pregressa e investigação social;

Curso de formação profissional.

A Avaliação dos candidatos portadores de deficiência pela equipe multiprofissional será realizada no dia 06 de janeiro de 2013, com resultado previsto para o dia 08. Já as provas de conhecimentos para todos os cargos acontecerão no dia 24 de fevereiro de 2013 em Goiania, devendo os gabaritos serem liberados no dia seguinte (08/01). Os candidatos poderão conferir as demais datas importantes nas primeiras páginas de cada edital.

Para o cargo de Delegado, as datas serão diferenciadas: no dia 17 de fevereiro de 2013 será aplicada a Prova Objetiva, emn Goiania, com gabarito preliminar sendo liberado no dia seguinte.  Nos dias 25, 26 e 27 de março de 2013 será a vez da realização das Provas Discursivas, devendo o respectivo resultado ser liberado no dia 17 de abril de 2013. Demais etapas do cronograma podem ser conferidas no edital.

O resultado final está previsto para ser publicado a partir de 04 de dezembro de 2013, lembrando que este certame terá validade de 1 (um) ano, contado a partir dessa data.

Editais

Edital Delegado de Polícia Civil

Edital Escrivão de Polícia Civil

Edital Agente de Polícia Civil

Fonte: Concursos no Brasil

Concurso Polícia Militar GO 2012: Edital e Inscrição

22:01 0 Comments A+ a-




Concurso aberto pela Polícia Militar de Goiás visa o preenchimento de 1.180 vagas com subsídio de até R$ 6.503,07.

A Polícia Militar de Goiás abriu concurso público para o preenchimento de 1.180 vagas para os Cursos de Formação de Oficiais e de Praças. As oportunidades estão distribuídas entre os postos de Soldado - Combatente (1.050), Soldado - Músico (50), Cadete (60), Oficial da Saúde - Médico (10), Oficial da Saúde - Odontólogo (8) e Oficial da Saúde - Psicólogo (2).

A remuneração oferecida poderá variar de R$ 2.971,95 a R$ 6.503,07. Para concorrer às vagas de Soldado - Combatente e Soldado Músico o candidato deverá ter curso superior em qualquer área do conhecimento. Já para as outras vagas será necessário ter formação específica nas respectivas áreas de Saúde ou em Direito. A idade máxima permitida para ingressar nos quadros da PM está entre 29 a 35 anos, dependendo do posto pretendido, e a altura mínima é de 1,65m (sexo masculino) e 1,60m (sexo feminino).

Inscrição e Seleção

As inscrições foram reabertas e serão realizadas no período de 18 a 26 de dezembro de 2012, exclusivamente pela Internet, no sítio www.nucleodeselecao.ueg.br, mediante o pagamento de R$ 80,00 ou R$ 120,00.

Os inscritos serão avaliados por meio das seguintes etapas:

Provas de Conhecimentos (objetiva e de Redação), a serem aplicadas nos dias 27 de janeiro de 2013 (Soldado) e 03 de fevereiro de 2013 (Oficiais de Saúde e Cadete), nas cidades de Aparecida de Goiânia, Formosa, Goiânia, Itumbiara, Jataí, Luziânia e Porangatu (Soldado) e também em Goiânia (Oficiais de Saúde e Cadete);

Avaliação da aptidão física, agendado para os dias 22 a 26 de abril de 2013;

Teste de capacidade técnica, somente para Soldado - Músico, a ser realizado de 01 a 05 de abril de 2013, em Goiânia - GO;

Avaliação médica e Avaliação psicológica, está programada para os dias 20 de maio a 04 de junho de 2013, para todos os cargos, a ser realizada em Goiânia;

Avaliação da vida pregressa e investigação social, lembrando que os documentos para essa etapa deverão ser entregues na data da avaliação médica e psicológica.

O concurso público tem validade inicial de até 1 (um) ano, a contar da data da publicação da homologação de seu resultado final, mas existe a possibilidade de prorrogação.

Editais

Edital Soldado da Polícia Militar

Edital Oficial da Polícia Militar

Fonte: Concursos no Brasil

Concurso DNIT 2012-2013: Edital e Inscrição

21:57 1 Comments A+ a-




Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes abriu concurso para cargos de nível médio e superior. Inscrições até 04 de dezembro de 2012.

O Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT), órgão ligado ao Ministério dos Transportes, liberou o aguardado edital para concurso público (nº 66/2012), organizado pela Escola de Administração Fazendária - ESAF. As oportunidades são para os cargos de Analista em Infraestrutura de Transportes (com 179 vagas para graduados em qualquer área, sendo alguns postos somente para Engenheiros Civis), Analista Administrativo (110 vagas para superior em qualquer área, mas algumas para formados em Ciências Contábeis e Informática), Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes e Técnico Administrativo (911 vagas para o nível médio completo, sendo algumas específicas para técnicos de laboratório e em topografia).

As 1.200 vagas (incluídas as de ampla concorrência e reserva para candidatos com deficiência) estão distribuídas entre a Sede, em Brasília-DF, o Instituto de Pesquisas Rodoviárias - IPR/RJ e as Superintendências Regionais, localizadas nos estados da federação.

A inscrição será efetuada exclusivamente pelo site da ESAF (www.esaf.fazenda.gov.br) até o dia 04 de dezembro de 2012, considerado o horário de Brasília-DF, mediante o pagamento de taxa no valor de R$ 50,00, R$ 60,00, R$ 80,00 ou R$ 100,00, dependendo do cargo escolhido.

Remuneração

- Analista em Infraestrutura de Transportes: até R$ 7.815,81

- Analista Administrativo: até R$ 5.408,21

- Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes: até R$ 3.545,88

- Técnico Administrativo: até R$ 2.507,30

Seleção

Os candidatos aos cargos de nível superior e médio farão Provas Objetivas (1 e 2) e Prova Discursiva (3), todas de caráter seletivo, eliminatório e classificatório. As provas objetivas, para todos os cargos, serão aplicadas nas cidades constantes do Anexo III do edital, na data provável de 20 de janeiro de 2013, em locais que serão dados a conhecer somente na página da ESAF em data oportuna.

Os candidatos aprovados, após nomeados, serão lotados no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT e  terão exercício na Sede, em Brasília-DF, no Instituto de Pesquisas Rodoviárias - IPR/RJ ou nas Superintendências Regionais.
O prazo de validade do concurso será de um ano, contado a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado.

Edital / Publicações

Edital DNIT

Fonte: Concursos no Brasil

Arena Cross - Goiânia recebe final do Arena Cross em etapa inédita

21:41 0 Comments A+ a-




Capital sedia pela primeira vez a competição e revela os campeões das cinco categorias dia 08 de dezembro.

SÃO PAULO (SP) - Depois de realizar quatro etapas repletas de disputas emocionantes, passando por duas Capitais - Curitiba (PR) e Brasília (DF) -, Indaiatuba, no interior do Estado de São Paulo, e a badala Balneário Camboriú, no litoral catarinense, o Arena Cross permanece na região centro-oeste, encerrando sua 14ª temporada no dia 08 de dezembro, em Goiânia (GO), para mais uma prova inédita no ano.

O evento, que abriu o calendário em Curitiba (PR) no mês de agosto, fecha 2012 da mesma forma, em mais uma grande e importante Capital do Brasil. Importante polo econômico do Estado de Goiás, centro estratégico para as áreas de indústria, medicina, moda e agricultura. É também conhecida popularmente como a capital do sertanejo, onde na próxima semana dividirá espaço com o ronco dos motores das motocicletas.

Desembarcando pela primeira vez em Goiás para a mais decisiva das competições, a adrenalina do campeonato mais tradicional do motociclismo nacional chega a mil, revelando os campeões em todas as suas categorias. "A expectativa é sempre muito grande quando realizamos um evento pela primeira vez na cidade, ainda mais nesta ocasião de final de campeonato. A cidade nos oferece uma estrutura e localização excepcionais e é também um território neutro para a decisão dos títulos. Encerraremos a temporada com grandes surpresas e chave de ouro", comenta Carlos Romagnolli, presidente da Romagnolli Promoções e Eventos, organizadora da competição.

Bem localizado próximo ao Centro e de fácil acesso, o local escolhido para as últimas corridas é a área externa de eventos do shopping Flamboyant. Desde o início da semana a preparação para grande final segue a todo o vapor. Arquibancadas gerais, Torcida e HC Vip serão erguidos em torno da arena até a próxima semana.

Mais de 80 pilotos chegam a Goiânia para correr nas categorias MX Pró, MX2, Júnior, 65cc e 50cc, vindos de diversas partes do País e dividindo o gate com mais 11 estrangeiros - três deles disputando o título nas duas categorias principais - MX Pró e MX2.

Durante todas as etapas os ingressos para assistir as corridas foram beneficentes, trocados por dois quilos de arroz ou feijão, o que não será diferente em Goiânia. Os fãs do Motocross devem procurar os pontos credenciados mais próximos - disponíveis no site oficial - e garantir seu passaporte para prova mais esperada do ano. Lembrando que a capacidade de público é limitada, a organização aconselha que as entradas sejam trocadas antecipadamente. Os alimentos arrecadados serão doados à Secretaria de Estado de Indústria e Comércio, que os distribuirão entre entidades assistenciais do Estado.


O Arena Cross é apresentado pela Honda, tem patrocínio Mobil, co-patrocínio Pirelli, Yamaha, Mormaii e Revista da Moto!. A etapa é co-realizada pela Secretaria de Estado de Indústria e Comércio e Governo do Estado de Goiás. Apoio da rádio Interativa FM, BWA, IMS Racing e Shopping Flamboyant.

Serviço:
Arena Cross - 5ª etapa
Quando: 08 de dezembro
Onde: Área de eventos do Shopping Flamboyant - Goiânia (GO)

RPress Assessoria
Jornalista responsável: Rafaela Abrantes
Tel.: (14) 3815-5090 / 9705-6632 / 7834-1429
E-mail: imprensa@romagnollieventos.com.br

Fonte: Scuderia Brasil Racing

Implantação do VLT Anhanguera é aprovada por deputados

21:38 0 Comments A+ a-



O projeto de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) foi aprovado em segunda e definitiva votação no Plenário da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (27).

O processo nº 3.353/2012, encaminhado pela Governadoria, institui o grupo executivo de implantação do VLT no município de Goiânia e o Fundo Especial de Implantação do Programa Veículo Leve sobre Trilhos (FVLT), vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana. Este último trata-se de unidade orçamentária específica, que visa garantir o custeio das despesas com a implantação do sistema de transporte urbano.

A matéria cria também os cargos de provimento em comissão correspondentes às unidades administrativas integrantes das aludidas estruturas. A proposta também solicita da Assembleia autorização para a abertura de créditos especiais até o limite de R$ 200 milhões para custeio.

Nas razões do projeto de lei, a Governadoria argumenta que a instituição do grupo executivo e respectivo fundo especial é medida necessária para o desenvolvimento do programa. "É sabido que o sistema de transporte de veículo leve sobre trilhos representa, como acontece a outras metrópoles do País, a solução mais viável, sob todos os pontos de vista, para o transporte coletivo urbano", indica a justificativa da proposta.

No dia 20 de novembro, o secretário Sílvio Sousa participou de uma audiência pública realizada no Auditório Sólon Amaral, na Assembleia Legislativa, para dar transparência em todo o processo de implantação do projeto VLT. A iniciativa foi do presidente da Comissão de Constituição e Justiça, deputado Daniel Messac.

“Não vamos fazer nada que a sociedade não queira. Buscamos os melhores profissionais para o desenvolvimento desse projeto e acreditamos que seja a solução ideal”, expôs Sílvio aos deputados, na ocasião.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Secretaria da Região Metropolitana de Goiânia, com informações do Portal Assembleia Legislativa do Estado de Goiás.

Governador e secretário discutem VLT com Fórum Empresarial de Goiás

21:35 0 Comments A+ a-



O governador Marconi Perillo, acompanhado do secretário de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Goiânia, Sílvio Sousa, recebeu representantes do Fórum Empresarial de Goiás na tarde desta quarta-feira (28), no Palácio das Esmeraldas, para discutir pontos do projeto Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

“Foi uma discussão muito pertinente para todos os envolvidos. Buscamos sempre a transparência absoluta do projeto a fim de esclarecer todas as dúvidas e nesta reunião não foi diferente”, analisou o secretário.

A principal questão debatida tratou-se da situação dos comerciantes da Avenida Anhanguera no período de obras. O governo pretende debater as medidas que poderão ser tomadas para amenizar os prejuízos que os comerciantes poderão ter durante a implantação do VLT.

Sobre isso, Sílvio Sousa adiantou que haverá um plano para minimizar os danos. “Haverá projetos para mitigar os possíveis prejuízos decorrentes da implantação da obra. Em cidades como Reims, na França, houve um aumento da atividade comercial, em função do VLT", esclareceu.

Os representantes do Fórum Empresarial de Goiás pediram o detalhamento estratégico da obra. Desta forma, uma nova reunião está marcada para o dia 14 de dezembro a fim de atender a solicitação e assim os dirigentes tomarem conhecimento de todos os detalhes da construção e seus impactos.

Fonte: Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Goiânia

O projeto VLT está extremamente no caminho certo, diz secretário após visita a obras em São Paulo

21:33 0 Comments A+ a-



O secretário de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Goiânia, Sílvio Sousa, esteve em São Paulo na última sexta-feira (23) para conhecer as obras já iniciadas da Linha 4 do metrô de São Paulo e do monotrilho. Ele foi recebido pelo vice-governador do Estado, Guilherme Afif Domingos, no Palácio dos Bandeirantes. O governador do Estado de Goiás, Marconi Perillo, também acompanhou a equipe técnica para ver o andamento das obras.

De acordo com Sílvio Sousa, as visitas serviram para conhecer o planejamento e o gerenciamento dos projetos e agregar pontos favoráveis ao VLT Anhanguera. “Após as visitas, concluímos que o projeto VLT está extremamente no caminho certo, especialmente tratando-se da parte jurídico-administrativa”.

Também estiveram presentes: o procurador do Estado de Goiás Bruno Belém; o secretário-chefe da Casa Civil, Vilmar Rocha; o presidente da Metrobus, Adriano Oliveira; o presidente da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU-SP), Joaquim Lopes; e o secretário de Estado de São Paulo, Edson Aparecido dos Santos.

Fonte: Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Goiânia

Em reforma, prefeito quer criar quatro secretarias e fundir duas

21:31 0 Comments A+ a-



Projeto deve ser encaminhado à Câmara na segunda; pastas são 30 e devem chegar a 31

O prefeito Paulo Garcia (PT) se reuniu nesta quinta-feira (29) com vereadores da base aliada para anunciar as mudanças que pretende promover com o projeto de reforma administrativa, que deve ser encaminhado à Câmara nos próximos dias, possivelmente na segunda-feira (3). A nova estrutura será utilizada a partir do ano que vem, quando ele assume novo mandato.
O prefeito vai criar duas novas pastas: a Secretaria Municipal de Fiscalização e a Secretaria Municipal de Políticas para as Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida. Esta última já tem titular definida, segundo informações de bastidores. A vereadora Cidinha Siqueira (PT), que não disputou a reeleição na Câmara.

Outras duas pastas vão ganhar status de secretaria: A Assessoria de Políticas para a Juventude e Assessoria da Igualdade Racial.

A Secretaria de Planejamento (Seplam) ganha força e vai centrar também as ações de desenvolvimento urbano e passa a se chamar Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano Sustentável.

Já a pasta da Infraestrutura e a Agência Municipal de Obras (AMOB) serão fundidas para a criação da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos.

Outras três pastas terão apenas a nomenclatura alterada. A Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos passa a ser chamada de Secretaria de Gestão de Pessoas. Já a Secretaria de Compras e Licitações se torna a Secretaria de Administração. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico se transforma em Secretaria de Indústria e Comércio.

A estrtura da administração, que tem 30 pastas, deve chegar a 31. Os cargos de secretarias extraordinárias serão mantidos.

Fonte: Portal 730

Prefeitura pretende economizar R$ 1 milhão

21:29 0 Comments A+ a-



As gastos com a decoração natalina de Goiânia serão reduzidos e muitos locais não vão ser iluminados.

Após afirmar, no início do dia, que nem o tradicional túnel da Praça Tamandaré seria montado este ano por contenção de despesas, o prefeito Paulo Garcia voltou atrás e, ainda no início da noite de ontem, ordenou a montagem da decoração natalina no local. E, ao contrário do que ocorrerá com os demais pontos da cidade, o material utilizado na iluminação e na decoração da praça, que todo ano recebe milhares de visitantes, será novo, e não reulitizado de anos passados.

A menos de um mês para o Natal, os goianienses esperavam que a capital do Estado já estivesse toda iluminada, como de costume. Mas a população, que está ansiosa pelas praças e ruas cheias de luzes, recebeu ontem a má notícia: os gastos com a decoração natalina da cidade serão reduzidos e muitos locais não vão ser iluminados. A Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) informou que pretende economizar cerca de R$1 milhão com a medida.

Presidente da Comurg, Luciano de Castro afirmou que até ontem não possuía um planejamento para executar o serviço. Isso porque o plano era que nenhum local fosse iluminado, mas, devido à repercussão negativa da notícia, Paulo Garcia mudou de ideia e autorizou a decoração natalina, desde que fosse reaproveitado o material utilizado no ano passado. Ele ressaltou que uma equipe já está trabalhando para separar o que poderá ser reutilizado e o que deve ir para o lixo.

Luciano de Castro não soube especificar quando a decoração deve ficar pronta. Ele explicou que em cada região vai ser colocado o mesmo material utilizado naqueles locais em anos anteriores.

Assim, se todos os adereços daquele local não puderem ser reaproveitados, ali não haverá iluminação. O presidente da Comurg preferiu não entrar em detalhes sobre os motivos da falta de dinheiro e de planejamento. A assessoria da Prefeitura informou que o ano de 2012 foi repleto de outras prioridades, com a inauguração de muitas obras – como a Avenida Universitária e o Parque Mutirama – e que este ano se encerra o primeiro mandato do prefeito. Por isso, Paulo Garcia preferiu não contrair dívidas, já que o Tribunal de Contas deve cobrar as finanças em dia.

CDL lamenta decisão
A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Goiânia informou por e-mail que lamenta profundamente a decisão. Segundo o texto, a iluminação e instalação de luzes natalinas fazem parte da tradição de Goiânia. “O Natal de Goiânia, literalmente, não terá brilho em 2012. Perde muito toda a comunidade e os lojistas em geral”, afirmou o presidente da CDL Goiânia, Romão Tavares da Rocha. Segundo ele, a medida não atende os anseios da classe lojista.

Fonte: Jornal O Hoje

Goiás fica sem R$ 5 mi por não cumprir prazo

21:26 0 Comments A+ a-



Dinheiro seria destinado à construção de uma ala no antigo Cepaigo em 2011.

Entre 2011 e 2012, 29 presídios deixaram de ser construídos em Alagoas, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Sergipe, Tocantins, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Esses Estados não cumpriram o prazo de execução das obras previstos nos contratos e, por esse motivo, elas foram canceladas pelo Ministério da Justiça. Aproximadamente R$ 103,4 milhões foram recolhidos pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen). Só em Goiás, foram R$ 5 milhões. De acordo com o presidente da Agência Goiana do Sistema de Execução Penal (Agsep), Edemundo Dias, o dinheiro seria destinado à construção de uma ala com 300 vagas no antigo Cepaigo.

O presidente da Agsep explica que o projeto que não foi feito é da gestão anterior e que não foi possível cumprir os prazos por causa da burocracia que a tramitação de recursos da União exige. No entanto, ele acredita que a não construção dessa ala não é um grande prejuízo para o Estado. “Seria como colocar um remendo de tecido novo num pano velho”, opina. Edemundo afirma que o prédio do antigo Cepaigo precisa ser praticamente todo implodido, já que é uma obra dos anos 60. Segundo ele, já existe um projeto em parceria com a iniciativa privada de construção de um novo presídio no local, com 1.600 vagas. Ele afirma que as obras devem começar em janeiro e ficam prontas em 18 meses.

Recursos redirecionados
Edemundo Dias ressalta que os recursos recolhidos retornaram ao Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) e devem novamente ser aplicados em construções de estabelecimentos penais. Segundo ele, os secretários de Justiça de todo o País já se reuniram com o ministro da Justiça para discutir o redirecionamento dessa verba. Edemundo garante que apresentou outros projetos, alguns inclusive já em andamento, e que Goiás não vai ficar no prejuízo. “Perdemos só tempo, já que eu peguei o bonde andando”, comenta.

Segundo orientação do Conselho Nacional de Justiça, a prioridade é dar mais destaque a penas alternativas, como previsto na Lei das Cautelares – Lei 12.403, de 4 de maio de 2011 –, que considera a prisão como medida de exceção. Edemundo explica que, por isso, a Agsep vai investir em construção de presídios provisórios e para mulheres. “Há uma filosofia de que a prisão privativa de liberdade só deve acontecer em última instância. Eu acho que a lei deve ser cumprida, senão causamos sentimento de impunidade muito grande e isso acaba sendo causa de violência. O problema hoje é que não vemos as pessoas de fato cumprirem as penas”, opina.

Edemundo lembra que ontem a Agsep emitiu uma ordem de serviço para a construção de quatro presídios no Estado – dois no Entorno do Distrito Federal, um em Formosa e um em Anápolis, que, juntos, vão abrir 1.200 vagas. A construção de novas unidades penitenciárias e de um novo presídio feminino em Aparecida de Goiânia também está sendo estudada. De acordo com Edemundo, pelo menos R$ 46 milhões já estão garantidos para essas obras.

Fonte: Jornal O Hoje

Obra na pista do aeroporto vai suspender 40% dos voos

21:23 0 Comments A+ a-



Restauração prevista para 2013 entre os meses de março e junho deixará pista interditada das 21h10 às 7h10, diariamente.

Mais uma polêmica paira sobre as obras do Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia. Desta vez, a discussão travada entre empresas aéreas, Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) e Infraero é sobre a manutenção da pista, que está prevista, até então, para acontecer entre o início de março e junho do ano que vem. A obra implicará em interdição do aeroporto, durante parte do dia, inviabilizando decolagens e aterrissagens. O horário anunciado previamente para isso foi das 21h10 às 7h10, o que vai acarretar cancelamento de pelo menos 40% dos voos e consequente aumento do preço da passagem nos demais.

Tanto empresas aéreas, como Associação Brasileira de Agências de Viagens de Goiás (Abav) e Goiânia Convention e Visitors Bureau expressaram discordância em relação ao horário sugerido e, ao mesmo tempo, preocupação com o impacto que pode ser gerado. A sugestão foi para tentar minimizar as consequências ao máximo, realizando a interdição da pista entre meia-noite e 6 horas, assim como já foi feito em situações semelhantes em outros aeroportos do Brasil. Porém, a alegação dada foi de que, se diminuir o período de interdição diária, a obra pode demorar o dobro do tempo previsto.

Um relatório oficial foi solicitado à Infraero para servir de base às decisões a serem tomadas pelas empresas, mas até o momento nada foi encaminhado. Em nota, a assessoria de comunicação da Infraero argumenta que a pista vai sim passar por obra de recuperação asfáltica, mas que o serviço está em fase de planejamento, sem nada decidido e que não foi licitado. No entanto, a presidente da ABAV, Tereza Melo, diz já ter sido procurada pela empresa TAM, que está há mais de dois meses tentando argumentar a importância da troca do horário de interdição. Com maiores detalhes obtidos na negociação com ANAC e Infraero, a TAM lhe passou que a obra deve começar no dia 3 de março e terminar no dia 30 de junho.

Ao todo, serão praticamente 120 dias de obra, mas, segundo Tereza, que teve acesso ao contrato a ser fechado com a empreiteira que ganhar a licitação, esse período pode chegar a 180 dias. Em conversa com o superintendente da Infraero em Goiás, Ricardo Signorini, a presidente da Abav conta que ele contrapôs que o tempo de intervenção na pista pode ser de apenas 40 dias, mas Tereza o questionou do porquê da previsão no contrato ser de 180 dias. “Estou preocupada com a situação. O preço das passagens vai aumentar significativamente, e Goiânia pode perder alguns voos, mesmo após o término da obra”, afirma.

Entidades temem impacto de ação na capital
Assim como Tereza, o presidente do Goiânia Convention e Visitors Bureau, Nilton Emerson Pereira, expressa o temor da consequência definitiva que essa situação pode gerar para a capital. Calcula-se que das três maiores empresas que operam no Aeroporto Santa Genoveva, a TAM e a GOl terão que cancelar pelo menos oito voos diários e, a Azul, outros quatro. Isso gera um impasse para as companhias, pois elas vão precisar realocar tais voos para outras cidades, evitando o prejuízo. Essa mudança, dependendo do local para onde forem transferidos e da renda gerada, no período, pode acarretar em perda definitiva dos voos.

“Se as empresas encontrarem um destino melhor e mais rentável, elas não vão retornar para Goiânia”, afirma Nilton Emerson. A situação é vista com preocupação, pois a economia da capital já sofre as consequências de um aeroporto em péssimas condições e cuja obra vem sendo retardada nos últimos anos. A redução dos voos “vai encarecer absurdamente as passagens” – afirma, Tereza –, “e isso vai inviabilizar ainda mais a nossa cidade”, complementa Nilton. Segundo ele, isso vai interferir sensivelmente na economia local. Hoje, aeroporto não é local cativo de turistas, somente, mas principalmente de executivos, trabalhadores, funcionários de empresas que vivem na ponte aérea.

O horário de interdição da pista vai acarretar o cancelamento, justamente, dos voos mais baratos, que são os da madrugada e daqueles de horário confortável para quem precisa chegar ou decolar cedo, que são os de 5 e 6 horas. “Vamos ficar sem o voo das 5h20, por exemplo, muito utilizado por aqueles que precisavam, apenas, passar o dia em São Paulo. Eles chegavam de manhã e voltavam à noite. Com a interdição, perde-se essa opção”, cita Tereza.

Nilton conta que a ideia da Infraero e Anac, exposta em primeiro momento, era fazer a obra ainda este ano, sob pena de o aeroporto não poder operar no ano que vem, pois a situação da pista é crítica. No relatório solicitado à Infraero, pediu-se para esclarecer junto ao setor de engenharia sobre a necessidade da obra. “Pedimos para, se possível, retardá-la um pouco mais até resolvermos essa questão e acordar o horário de interdição que atenda a todos os interesses”, conta.  

Empresas
Aquele que precisa sair ou vir para Goiânia de avião sofre com as poucas opções de empresas aéreas que operam na capital. Fica refém do preço cobrado. A situação ficou pior, nas últimas semanas, com o anúncio da Gol de fechamento da WebJet. A realidade da capital, portanto, é desconfortável em dois pontos: redução de voos e empresas. E, hoje, o que define o valor das passagens é o mercado, a concorrência. Não existe nenhuma regulação.

Fonte: Jornal O Hoje

Show de Humor: 'Comício Gargalhada' com Rodrigo Santanna em Goiânia

14:55 1 Comments A+ a-



Data: 02/12/2012
Local: Teatro do Oliveira's Place
Preço: R$ 80 inteira R$ 40 meia / Cartão do assinante de O popular

O ator de maior popularidade hoje no Brasil, com a personagem Valéria Vasquez do metrô da Zorra Total com jargão “Ai como eu tô bandida!”, Rodrigo Santanna traz a BH seu mais novo espetáculo de sucesso, “Comício Gargalhada!”.

Em “Comício Gargalhada!” o voto não é obrigatório, mas o riso é garantido! Ou seja... Você esta diante do puro bom humor... Com boa energia... E muita gargalhada

Horário: 21h
Classificação: 14 anos

Ponto de Venda:

- Beefbistrô - 3095-3337
- Trupe do Açai

O Melhor Melhor Show do Mundo - Melhor do mundo em Goiânia

14:42 0 Comments A+ a-



Data: 15/12/2012
Local: Teatro Rio Vermelho
Preço: R$ 75,00 (Inteira) R$ 35,00 (Meia)

Como o nome do espetáculo sugere, é a estreia do Melhor do Melhor do Mundo no teatro. Como é de praxe, o personagem criado por Eduardo Sterblitch para o programa Pânico quer agora provar que pode apresentar o melhor melhor show do mundo.

E, para tanto, oferecerá à sua plateia uma série de números irreverentes e imprevisíveis que darão o que falar. Será a oportunidade para um grande número de fãs de Eduardo Sterblitch de todo país conferir de perto uma de suas criações de maior sucesso. Também dividirão o palco com Eduardo o ator Rodrigo de Arruda (Pânico) e o músico Marcinho Eiras. A direção do espetáculo é de Rafael Queiroga.


Horário: Sábado 21h

[Pontos de venda]

- Quiosque OqueRola.Com (Goiânia Shopping 2º piso) - (62) 3921 5010

Classificação: 12 anos

Contato Assessoria de Imprensa: Felipe (Brasília) - (61) 30346560

Turma da Mônica em a Fábrica de Brinquedos do Papai Noel em Goiânia

14:40 0 Comments A+ a-



Data: 15/12/2012
Local: Goiânia Arena
Fone: (62) 9311-9322

A Turminha mais amada dos gibis fará um mega show para os moradores de Goiânia. O espetáculo “Turma da Mônica em a Fábrica de Brinquedos do Papai Noel”, que será realizado no Goiânia Arena, em Goiânia – GO, fará com que, a partir da animada trama, a plateia reflita sobre o verdadeiro sentido desta data tão especial.

A partir das 17hrs

End: Av. Fued José Sebba, Via Acesso Serra Dourada. Jardim Goiás - Goiânia -

[Ingressos]

Arquibancada - R$ 50 (inteira) e R$25 (meia);
Cadeiras Verdes Numeradas - R$100 (inteira) e R$50 (meia);
Cadeiras Azuis Numeradas - R$100 (inteira) e R$50 (meia);
Cadeiras Vermelhas Numeradas - R$160 (inteira) e R$80 (meia);
Área Premium Pista B - R$200 (inteira) e R$100 (meia);
Áreas Premium Pista A - R$240 (inteira) e R$120 (meia)


Classificação Indicativa: Livre

Principais Réveillons 2013 em Goiânia

13:27 0 Comments A+ a-



Réveillon 2013 Villa Mix

Réveillon 2013 Villa Mix Goiânia com Matheus & Kauan e convidados! Dia 31 de Dezembro, a partir das 22h com Open Bar Exclusivo e Buffet Premium.

Atrações: MATHEUS & KAUAN e convidados

Ingressos: Valores referentes ao 1º lote

Entrada: Feminino R$ 140,00 / Masculino R$ 200,00.
- Open Bar: Whisky Ballantine’s, Vodka Absolut, Cerveja Devassa, água, refrigerante e suco.
- Buffet Premium by Cozinha Criativa.

*Valores dos ingressos sujeitos à alterações sem aviso prévio.

Telefone: (62) 3954-6633. Classificação: 18 anos.




Reveillon Volta ao Mundo 2013

Considerado um dos melhores e mais seletos, o Reveillon Volta ao Mundo promete inovar ainda mais em sua 12ª edição. Com mega estrutura temática diferente, cozinha internacional e serviços exclusivos. Dia 31 de Dezembro, a partir das 22h no CEL da OAB.

Atrações: Leilah Moreno e DJ Rodrigo Melo.

Ingressos: Valores referentes ao 1º lote e meia entrada

Feminino R$ 170,00 / Masculino R$ 210,00
- Buffet Completo: Entrada, frios, ceia, caldas. salgados finos
- Open Bar Premium: Whisky importado Red Label, Vodka, Champagne, Vinho, refrigerante Coca Cola e água.

Reserva de mesas: R$ 100,00 (na compra mínima de 6 convites)

*Valores dos ingressos sujeitos à alterações sem aviso prévio.

Pontos de Venda:

Apparut – Rua 87 nº224, Setor Sul: (62) 3922-4946
Ingressos Delivery: (62) 8100-2387.
OqueRola Ingressos – Goiânia Shopping 2º Piso
Tribo Restaurante (Reserva de mesas)
Vendas Online: www.ticplus.com (verifique taxas adicionais)
Telefone: (62) 3941-9270





Réveillon dos Esquecidos 2013

Réveillon dos Esquecidos 2013 em sua 3ª Edição trazendo sofisticação, diversão e tradição! Dia 31 de Dezembro no Maison Bueno. Em uma cidade sem tradição de festas de Réveillon (Goiânia-GO), pois a grande maioria do público viaja ou passa em celebrações particulares, o público jovem que acabava passando por aqui ficou conhecido por suas lamentações.

Foi quando, em 2010/2011, percebemos a necessidade de criar algo para os “esquecidos”. Resolvemos fazer uma festa na mansão de um amigo, apenas por diversão, mas nos surpreendemos com tamanha procura esgotando todos os convites, abrangendo inclusive público de visitantes de outras cidades do Brasil.

Atrações: GRUPO ELAS, DJ Renato Borges (House e Tech-House), DJ Múcio Guimarães (Soul E Break Beat), DJ Ayrton Bagni (House e Hip Hop.

Ingressos: Valores referentes ao lote web (site Ticpass)

Feminino R$ 170,00 / Masculino R$ 200,00
- Bebidas: Champagne, Whisky Chivas 12 anos, Vodka Absolut, Drinks exóticos, refrigerante, sucos e água
- Buffet: Comida Japonesa e ocidental

*Valores dos ingressos sujeitos à alterações sem aviso prévio.

Pontos de vendas:

Scambbo – Flamboyant e Goiânia Shopping
Tribos
Brigaderia das Meninas
Vendas Online: www.ticpass.com (Taxa conveniência 10%)






Réveillon Café de La Musique 2013

Alta gastronomia e cardápio exclusivo. Dia 31 de Dezembro a partir das 22h com o DJ Rodrigo Melo.

Atrações: DJ RODRIGO MEL

Ingressos:
Feminino R$ 240,00 / Masculino R$ 340,00
- Open Bar: Mumm Rosé, Chivas 12 anos, Vodka Absolut, água e refrigerante.

*Valores dos ingressos sujeitos à alterações sem aviso prévio.
Telefone / Reservas: (62) 3922-2353.





Réveillon Absoluto 2013: Sol Music Hall

Vem aí o Réveillon Absoluto 2013 em Goiânia. A melhor virada de ano de Goiânia com Cristiano Araújo, Zé Ricardo & Thiago e Guilherme Talma! Sol Music Hall (Clube Jaó), 21h (Previsão encerramento às 06h).

Atrações 23h30: CRISTIANO ARAÚJO; 01h30: GUILHERME TALMA; 02h30: ZÉ RICARDO & THIAGO;
04h: Aircraft

Ingressos: Valores referentes ao 1º Lote e meia entrada

Área Vip: Masculino R$ 140,00 / Feminino R$ 120,00
- Open Bar: Cerveja, água e refrigerante, suco e vodka.

Camarote: Masculino: R$ 210,00 / Feminino: R$ 170,00
- Limitado a 400 pessoas
- Open Bar: água, cerveja, refrigerante, suco, vodka, whisky, champagne e buffet.

Mesa: R$ 1.000,00 (4 pessoas)
- Open Bar: água, cerveja, refrigerante, suco, vodka, whisky, champagne e buffet.

*Valores dos ingressos sujeitos à alterações sem aviso prévio.

Pontos de Venda:

Sol Music Hall: (62) 3087-7680
Goiânia Shopping – Stand 1º piso: (62) 8327-0009
Casa do Rodeio: (62) 3233-1820
Cateretê: (62) 3214-2025
Lojas Rival Calçados: (62) 3546-2140
Quiznos: (62) 3434-7044
Tele-Entregas – CISAGÁS: (62) 3261-0333





Réveillon Clube Jaó 2013

Réveillon do Jubileu de Ouro do Clube Jaó! Dia 31 de Dezembro, a partir das 21h no Salão Social.

Atrações e Serviços: BANDA REPUBLIC (SP); Welcome Drink; Buffet All Inclusive; Mesas 4, 6 e 10 lugares; Estacionamento Seguro; Show pirotécnico e laser; Berçário e Fraldário; Espaço Kids.

Ingressos
Salão (a partir de 16 anos): Sócio R$ 190,00 / Não sócio R$ 220,00
Juvenil (entre 13 e 15 anos): Sócio R$ 130,00 / Não sócio R$ 150,00
Varanda: Sócio R$ 170,00 / Não sócio R$ 200,00
Infantil sócio e não sócio (de 3 a 12 anos): R$ 70,00

*Crianças com até 2 anos não pagam
*Valores dos ingressos sujeitos à alterações sem aviso prévio

Pontos de Venda
Central de Atendimento do Clube Jaó: (62) 3269-8026 / 3269-8027






Réveillon 2013 Castelli

Réveillon 2013 Castelli: Prepare-se para uma virada de ano inesquecível! Dia 31 de Dezembro a partir das 22h.

Atrações:

Shows: DIOGO & MENEGATTI; DOUGLAS & EDU; OS MIOZIM DE GOIÁS

DJs: Thiago Amaral; Guilherme Ramalho; Brunno Campos; Ricardo Venditi; Wilson Cardoso

22h às 05h: Salão principal
05h às 10h: After Castelli (área das piscinas)

Ingressos

Feminino R$ 50,00 / Masculino R$ 100,00
- Open Bar
Lounges (10 pessoas): R$ 1.500,00
- 5 Masculinos e 5 Femininos + Combo de Old Parr + tábua de frios

*Valores dos ingressos sujeitos à alterações sem aviso prévio.
Telefone: (62) 8598-0606

Dezembro no Villa Mix tem Gusttavo Lima no dia (18/12) e Israel Novaes no dia (25/12)

14:41 0 Comments A+ a-



Vem aí show com Gusttavo Lima pela primeira vez na Villa Mix Goiania! Dia 18 de Dezembro de 2012, a partir das 22h e Merry Christmas com Israel Novaes! Um grande show com o melhor do arrocha, dia 25 de Dezembro de 2012 na Villa Mix Goiânia!

Atrações:

-  Gusttavo Lima (18/12)
-  Israel Novaes (25/12)

Ingressos:

Entrada: Valores em breve

Ingressos Limitados.

Mais Informações:

Telefone: (62) 3954-6633
Classificação: 18 anos

Educa Mais Brasil abre inscrições para bolsas de nível superior em Aparecida de Goiânia

13:20 0 Comments A+ a-



O processo de inscrição é gratuito e feito exclusivamente pela internet, na página oficial do programa

As inscrições para as bolsas de estudos parciais do Educa Mais Brasil, destinadas ao primeiro semestre letivo de 2013, já estão disponíveis no site www.educamaisbrasil.com.br Em Goiás, estão sendo oferecidas 2,5 mil vagas para graduação e pós-graduação contemplando as diversas áreas do conhecimento.

“Em Aparecida de Goiânia as vagas são para graduação e, assim como em todas as cidades que atuamos, as bolsas de estudo de até 50% são destinadas às pessoas que não tiveram a oportunidade de ingressar no ensino superior e que dependem desse benefício para conseguir assumir este compromisso” afirma Andréia Torres Marques, Diretora de Expansão e Relacionamento do programa. O processo de inscrição é gratuito e feito exclusivamente pela internet, na página oficial do programa.

Vale ressaltar que as vagas são limitadas e que a seleção é realizada enquanto houver processo seletivo nas instituições parceiras.  O Educa Mais Brasil, conhecido por ser o maior programa de inclusão educacional do país, também oferece bolsas de estudo para o ensino básico, que são válidas por todo o ciclo escolar. Mais informações podem ser encontradas no portal www.educamaisbrasil.com.br ou através da central de atendimento 0800 724 7202

Fonte: Aparecida Net

Maguito Vilela sanciona aumento de salário para vereadores, prefeito, vice e secretários

13:11 1 Comments A+ a-



A partir de 2013, o salário do prefeito será fixado em 19.800 e o vice irá receber R$ 13.280.

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), sancionou na segunda-feira, 26, a lei que estabelece aumento de 65% ao seu salário. A partir do próximo ano, o salário que era fixado em R$ 12 mil irá subir para R$ 19.800. O salário do vice-prefeito subirá de R$ 8 mil para R$ 13.280; já os dos secretários passam de R$ 6.200 para R$ 10.540 e os vereadores, que recebiam R$ 7.400, vão ganhar R$ 12.060.

No início do mês, a Câmara de Aparecida aprovou a mudança de salários que valerá a partir do dia 1º de janeiro de 2013. Entre os 18 vereadores que aprovaram a proposta, dez conseguiram a reeleição. Maguito não comentou o caso.

Quando o reajuste foi aprovado na Câmara, os vereadores alegaram o aumento está de acordo com a lei. O presidente da Câmara de Vereadores, João Antônio, disse que quem olha o contexto salarial do país e está de fora pode entender que os valores são altos, porém estão apenas seguindo os parâmetros que estabelecem os critérios da Constituição Federal.

Fonte: Jornal Opção

Vândalos destroem 30 ônibus do transporte coletivo no fim de semana

13:09 0 Comments A+ a-



Trinta ônibus do transporte coletivo foram alvos de vândalos no último fim de semana, em Goiânia. Segundo a empresa responsável pelos veículos, as ações de vandalismo foram praticadas por pessoas que vestiam a camisa da torcida do Goiás Esporte Clube. O time conquistou, no sábado (24), o bicampeonato da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo aconteceu no Estádio Serra Dourada.

Além de janelas quebradas, os ônibus também tiveram peças arrancadas. A quantidade de veículos destruídos representa 10% de todos os ônibus coletivos que circulavam no dia do jogo. A equipe que faz a manutenção encontrou uma faca em um dos veículos. O objeto teria sido usado para ameaçar passageiros e motorista. Três casos de assaltos e arrastões foram registrados no fim de semana na capital. Um antes e dois depois do jogo.

O motorista Jeremias Gomes presenciou alguns dos ataques no fim de semana. Quando sai para trabalhar, ele conta que evita levar objetos de valor e dinheiro. “Eu deixo tudo em casa e levo somente a minha CNH, porque é necessário. Mas dinheiro e outras coisas ficam em casa”, diz.

Por mês, a empresa responsável pelos veículos do transporte coletivo tem um prejuízo de aproximadamente R$ 100 mil por causa do vandalismo.

O comandante do policiamento da capital, coronel Márcio Queiroz, considerou tranquilo o movimento de torcedores nos terminais de ônibus e no Estádio Serra Dourada, tanto antes, quanto depois do jogo. O número ocorrências, avalia, ficou dentro do esperado. Também de acordo com a Polícia Militar (PM), seis pessoas foram presas no estádio suspeitas de furtos e de porte de drogas.

Todas foram levadas ao distrito policial montado no estádio. A polícia informou ainda que 800 PMs atuaram na segurança da capital na tarde na noite de sábado.

Fonte: G1 Goiás

Iluminação natalina de Goiânia sofrerá cortes

13:06 3 Comments A+ a-



A Comurg deve anunciar na tarde desta terça-feira qual o plano de decoração para o Natal.

Faltando menos de um mês para o Natal, a Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) não possui um planejamento para a decoração natalina da cidade, como planejado todos os anos, em razão de cortes nas despesas.

A divulgação de que a decoração não seria feita causou repercussão negativa. O prefeito Paulo Garcia (PT), em reunião com o presidente da Comurg, Luciano de Castro, decidiu autorizar a iluminação de Natal como informado pela assessoria de imprensa do órgão.

Está marcado para as 15h o anúncio das medidas a serem tomadas nos próximos dias, levando-se em conta o pouco tempo para a instalação dos enfeites luminosos.

A assessoria da Comurg não adiantou o que constará no pacote de ações. “O presidente não nos adiantou nada, até porque não tem nada planejado ainda.”

Fonte: Jornal O Hoje

Corredor Universitário passa a multar

13:05 0 Comments A+ a-



Desde domingo, trecho que liga Praça Cívica à Praça da Bíblia pune motoristas que transitam nas faixas preferenciais de ônibus.

Um trecho de apenas 2,5 quilômetros tem causado polêmica no trânsito de Goiânia. Inaugurado a pouco mais de cinco meses, o Corredor Universitário – com faixa preferencial para o transporte coletivo – registrou 20 mil multas em menos de 60 dias. Diante das dúvidas dos condutores, a Agência Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (AMT) admitiu que a própria equipe técnica cometeu erros. As multas foram canceladas e até o último dia 24 foram registradas apenas em caráter educativo. No entanto, desde a manhã de domingo (25), seis tipos de infrações estão sendo registradas pelos 26 radares espalhados ao longo do trecho.

Os equipamentos conseguem captar seis tipos de multa, em uma via que liga Praça Cívica à Praça da Bíblia. Parar sobre a faixa de pedestre, transitar pelas calçadas, realizar conversão à esquerda, avançar o sinal vermelho, transitar além da velocidade permitida e, por último, a novidade que tem confundido os condutores goianineses: transitar pela faixa preferencial. O chefe de gabinete da AMT, Arildo Rafael Ramos, disse que, no início, houve confusão até mesmo entre as equipes do órgão.

Ele contou que, ao longo do processo de educação, começaram a surgir dúvidas. A AMT percebeu confusão na área técnica com relação à faixa dos ônibus. O nome do corredor chegou a ser conhecido de forma equivocada. “Falou-se em Corredor Exclusivo, enquanto o certo é Corredor Preferencial. A faixa foi feita para o transporte coletivo, porém, com duas exceções. A primeira é para os condutores que têm garagem ou comércio na faixa, e a segunda é para aquele que vai virar à direita.”

Arildo destacou que os veículos particulares estão proibidos de transitar pela faixa preferencial por dois quarteirões consecutivos, pois serão multados. “Além do transporte coletivo, apenas os carros caracterizados como ambulância e polícia terão trânsito livre.”

Ele não considera que os motoristas estão desinformados. “O condutor devido a sua agenda intensa está sempre apressado. Já orientamos com todas as palavras, agora é pra valer.” Acredita que todo processo novo – este é o primeiro Corredor Preferencial da cidade – acaba gerando dúvidas. “Mas agora está muito claro.” Ressaltou ainda que onde existe linhas tracejadas, o carro ou motocicleta pode entrar na faixa, desde que realize conversão à direita no mesmo quarteirão.

Multas não serão canceladas automaticamente

Todos os condutores que foram multados no período de 24 de setembro até 12 de novembro terão as multas canceladas. Porém, para que isso aconteça, devem recorrer junto ao órgão de trânsito municipal. As infrações não podem ser excluídas automaticamente por questões legais, segundo informou o chefe de gabinete da AMT, Arildo Rafael Ramos. “É necessário recorrer, pois nós não podemos cancelar multa apenas por oficio.” O condutor tem o prazo de 60 dias, a partir do dia da emissão, para recorrer.

A doutora em Transporte Erika Cristine Kneib avalia como absurdo as multas aplicadas no corredor serem canceladas. “Sempre que você reconhece uma infração de trânsito, assume-se o risco de um acidente. O risco de matar uma pessoa. Furar um sinal vermelho, transitar além da velocidade permitida, isso em hipótese alguma pode acontecer na cidade. Tecnicamente é um absurdo o cancelamento dessas multas. Goiânia é uma cidade que mata muito no trânsito e perdoar 20 mil multas é, no mínimo, irresponsabilidade do poder público.”

A especialista, que também é coordenadora técnica do Fórum de Mobilidade Urbana de Goiânia, avalia que a construção de corredores preferenciais para o transporte coletivo é imprescindível. “Atribui ganho de velocidade do ônibus. O ônibus precisa ter prioridade e isso está diretamente ao que o plano diretor do município estabelece”, disse.

Erika afirmou que há previsão para serem criados corredores preferenciais em pelo menos 100 quilômetros da capital. A AMT confirmou que o próximo a ser estabelecido será o corredor da Avenida T-7. “As pessoas criticam muito o transporte coletivo, mas enquanto não houver todos os corredores não é possível melhorar o serviço prestado.” Ela explica que o ônibus fica preso no congestionamento junto com os carros. “O aumento da frota de ônibus com essa realidade não é a solução”, acredita.

Ainda lembrou que esse modelo de Corredor Preferencial existe no mundo inteiro. “Goiânia ainda está muito atrasada. O bom seria 100 quilômetros preferenciais. Mas se fossem 250 quilômetros seria ótimo. Pelo menos demos o primeiro passo.” A especialista destacou que a implementação do corredor nos moldes do Corredor Universitário foi positiva para todos. “O trânsito ficou mais organizado, o pedestre tem calçadas com nível e sem obstáculos e os ciclistas também ganharam espaço”, disse fazendo referência à primeira ciclovia de Goiânia.

Fonte: Jornal O Hoje

Governador visita TCU para tentar “destravar” obra do Aeroporto; Expectativa é retomá-la em março

13:40 0 Comments A+ a-



O governador Marconi Perillo esteve no Tribunal de Contas da União (TCU) para uma audiência com o ministro Raimundo Carrero, onde tratou de como objetivar as formalidades para o adequado encaminhamento dos projetos executivos das obras do novo aeroporto de Goiânia. Os projetos da nova pista e do novo terminal de passageiros estão sendo elaborados pelo Exército e deverão ser encaminhados à Infraero no próximo mês de dezembro, quando será encaminhado ao TCU para receber parecer que autoriza a continuidade da obra que foi iniciada em 2005 e paralisada em 2007.

Marconi disse que a visita faz parte da mobilização em prol da agilização da obra do novo aeroporto Santa Genoveva, que é prioritária dentro da nova perspectiva de desenvolvimento que o Estado de Goiás experimenta e que tem sido motivo de elogio por todo o país. O governador disse ainda que saiu satisfeito da audiência, porque observou nas palavras do ministro Carrero um alto comprometimento com a adequação dos projetos e o seu correto encaminhamento na execução da obra.

Dia 13 passado, o governador Marconi esteve na Infraero para cobrar informações novas sobre se já havia alguma definição a respeito do projeto executivo e recebeu a informação do presidente Gustavo Vale de que no dia seguinte teria reunião com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e o alto comando do Exército para discussão a respeito do projeto. No dia seguinte, ficou acertado que o Exército se comprometeria a enviar os projetos até dezembro, para que fossem analisados e enviados ao TCU reunião, segundo Gustavo Vale, será definido se o Exército dará continuidade à elaboração do projeto técnico executivo ou se a incumbência voltará ao comando da Infraero.

O governo estadual trabalha com a perspectiva de que as obras do novo aeroporto tenham início em março do próximo ano.

Fonte: Portal 730

Onda de assaltos no transporte coletivo

13:36 0 Comments A+ a-



Tarde de sexta-feira (23), centenas de pessoas disputam espaço no Terminal Padre Pelágio, em Goiânia. Todos em busca de um único objetivo: chegar ao destino da melhor maneira possível. Mas nem sempre isso acontece. Na correria do dia a dia, os usuários se esbarram nas plataformas lotadas de vendedores ambulantes e se espremem para conseguir entrar na condução desejada. No vai e vem de homens e mulheres, no excesso de sons emitidos pelos veículos e pela cidade, os ladrões encontram espaço suficiente para praticar pequenos furtos.

Mas nos últimos meses os usuários do transporte coletivo e os motoristas de ônibus viram crescer significativamente a onda de violência nas linhas que cortam Goiânia. Os furtos, que antes aconteciam de forma esporádica, por um ou outro bandido, agora ganharam características de organização criminosa. Amedrontados, os passageiros relatam episódios de assaltos dentro dos veículos. A maioria conhece alguém ou já foi vítima dos bandidos.

O estudante E.S, 16 anos, foi assaltado dentro do ônibus duas vezes em menos de um mês. Além dos documentos, o jovem perdeu passagens de ônibus e dinheiro. “Levaram minha carteira. Agora que já passei por isso duas vezes, sinto que toda atenção é pouca. Ando com as mãos no bolso e o olhar atento”, contou. A reportagem conversou com inúmeros passageiros no terminal e constatou que eles estão apreensivos, alguns até com medo de utilizar o transporte.

Grupos masculinos compostos por adultos e menores de idade, todos eles armados, embarcam nos terminais e copiosamente dão voz de assalto, principalmente no final da noite, quando os ônibus fazem a última viagem do dia. Pelo menos cinco motoristas confirmaram ao O HOJE suas experiências com os bandidos. Receosos, nenhum deles quis se identificar.

“São mais ou menos cinco garotos. Um deles vai pra catraca e dá voz de assalto. Geralmente, estão armados com revólver mais potentes que calibre 38. Há dez dias meu ônibus foi assaltado no Setor Maysa. Antigamente, eles roubavam o tacógrafo; agora, as vítimas são os passageiros”, disse um dos motoristas.

Eles ainda relataram que, finalizado o assalto, eles mandam o motorista parar e abrir as portas. “Eles fogem com dinheiro, relógios, celulares e até tênis.” Normalmente, escolhem as conduções que não estão lotadas. “Por isso, o perigo é tarde da noite, quando tem no máximo 15 pessoas dentro do ônibus”, disse outro condutor. Quando os bandidos julgam que a quantia recolhida dos usuários não é o suficiente eles partem para os motoristas.

Na terça-feira (20), um grupo invadiu um ônibus, da linha 015 Terminal Praça A – Isidória, que circulava pelo Setor Bueno. Segundo relato das testemunhas à polícia, o crime foi executado por três homens, sendo dois deles menores de idade. A PM foi acionada e conseguiu evitar a fuga do trio. Dois eram adolescentes e foram encaminhados para o 20º Distrito Policial.

Maioria das ações envolve menores

Segundo o coronel Márcio Gonçalves de Queiroz, a PM já entrou em contato com a Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC) para detectar que tipo de problema especificamente eles estão enfrentando. “Esses problemas são localizados. Estamos com o trabalho de detectar para coibir esse tipo de crime”, disse.
Ele ainda afirmou que a maioria dos assaltos é praticada por menores de idade. “É um ciclo que não tem fim. Não há legislação para coibir. Se não houver a certeza de punição, não é possível diminuir”, reclamou. Coronel Queiroz disse que normalmente eles agem armados. “A maioria das vezes com armas de brinquedo ou facas utilizadas para intimidação.”

Queiroz confirmou que houve aumento na incidência desse tipo de crime nos últimos meses. Mas disse que a modalidade não pode ser considerada como arrastão. “A ação de arrastão é orquestrada com certa perenidade. Como já ocorreu em algumas praias do Brasil. Aqui eles roubam os ônibus e somem, não permanecem mais ali.”

Fonte: O Hoje

Governo repassa mais de R$ 6 milhões ao Hospital Araújo Jorge

13:35 0 Comments A+ a-



O governador Marconi Perillo esteve na manhã desta segunda-feira (26) no Hospital Araújo Jorge, em Goiânia, para fazer o repasse de recursos na ordem de R$ 6.224.715 à Associação de Combate ao Câncer (ACCG), mantenedora da unidade. O repasse será em parcelas mensais de R$ 518 mil, sendo que hoje já foram pagas quatro parcelas. A verba será para a compra de medicamentos quimioterápicos.

Mensalmente são realizadas em média 5.893 quimioterapias, cerca de 34 mil atendimentos e 80 mil procedimentos. 80% de todo o atendimento é feito via Sistema Único de Saúde, sendo que apenas 20% são feitos por meio de convênios ou particulares. O repasse acontece nos seis meses que antecedem a entrada em vigor da lei federal que determina que os pacientes diagnosticados com câncer devem iniciar seus tratamentos dentro de, no máximo, 60 dias.

O governador Marconi Perillo iniciou seu discurso agradecendo a equipe de profissionais do Hospital Araújo Jorge pelo atendimento conferido à sua mãe, o que garantiu a ela uma sobrevida de quase oito anos. Marconi enalteceu a importância do repasse ao evidenciar que, mesmo diante de adversidades, o poder público tem conseguido investir na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. Ainda sobre investimentos em saúde pública, o governador adiantou que dentro de poucos dias será feita a cerimônia para sancionar a lei estadual que conferirá R$ 5 milhões para cirurgias reparadoras em queimados, a ser realizadas mediante convênio com o Hospital de Queimaduras.

De acordo com o secretário da Saúde, Antônio Faleiros, a política da secretaria tem sido ajudar as estruturas já existentes para contribuir com o retorno rápido que a população precisa quando se trata de questões de saúde. “O Governo do Estado tem se empenhado para incrementar recursos voltados à ampliação do atendimento do único hospital de referência no tratamento de câncer em todo o Estado”, afirmou Faleiros.

Para o presidente da Associação de Combate ao Câncer, Alexandre Meneghini, o convênio com o Governo do Estado contribui para a Associação alcançar o equilíbrio financeiro, fundamental para que novos investimentos sejam feitos. “Ao garantir a compra da medicação dos quimioterápicos, podemos voltar nossas forças para outras áreas que também precisam de investimentos”, analisa Meneghini.

O coordenador do Centro de Apoio Operacional da Saúde, o promotor Marcelo Celestino, reconheceu a necessidade de auxílio ao Hospital Araújo Jorge, unidade que, segundo ele, presta serviço incomparável na área de oncologia. “É preciso criar mecanismos que garantam a ampliação dos atendimentos e a oferta de medicamentos para os tratamentos”, declara.

O jornalista Jairo Rodrigues falou durante a solenidade como ex-paciente da unidade. Ao recordar como foi diagnosticado com um carcinoma na região do pescoço, Rodrigues buscou a opinião de Marconi Perillo sobre local de tratamento. “Muitas pessoas me orientaram a buscar tratamento em São Paulo. No entanto, foi Marconi Perillo quem me garantiu que no Araújo Jorge eu receberia um atendimento de ponta”, declarou. Após ser submetido a uma cirurgia, o estado clínico atual é de remissão. (Do Goiás Agora)

Fonte: Portal 730

Governo anuncia mais recursos para a cultura

12:02 1 Comments A+ a-




Marconi informou que verba foi alterada de R$ 5 milhões para R$ 10 milhões para programa de incentivo.

O governador Marconi Perillo anunciou que está encaminhando Projeto de Lei à Assembleia Legislativa que altera de R$ 5 milhões para R$ 10 milhões o valor do crédito outorgado para o Programa Estadual de Incentivo à Cultura – Lei Goyazes. O anúncio foi feito durante a solenidade de entrega de diplomas de destaque cultural do ano, medalhas do mérito cultural e do troféu Jaburu, na noite de ontem, no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia.

No mesmo ato, Marconi determinou à Casa Civil a elaboração de convênios visando ao repasse de recursos no valor de R$ 640 mil para oito entidades culturais. Cada uma receberá R$ 80 mil, valor que será liberado a partir de janeiro de 2013. Serão beneficiadas as seguintes entidades: Academia Feminina de Letras e Artes de Goiás; Academia Goiana de Letras; Academia Goiana de Medicina; Academia Goianiense de Letras; Associação Goiana de Imprensa; Instituto Cultural José Mendonça Teles; Instituto Histórico e Geográfico de Goiás, e União Brasileira de Escritores – Seção de Goiás – UBE-GO.

Também para o começo do ano que vem, o Governo do Estado anunciou que dará início a uma programação de repasse progressivo de recursos para o Fundo Estadual de Cultura, instituído através de lei aprovada em 2005 e só regulamentado este ano. O Fundo será contemplado no orçamento de 2013 com R$ 14 milhões, com previsão de alcançar R$ 45 milhões em 2015, o que deverá representar 0,5% do orçamento estadual daquele exercício.

Na solenidade, foram homenageadas com diplomas de Destaque Cultural 20 pessoas da capital e interior que realizaram relevantes atividades na área cultural do Estado. As medalhas de Mérito Cultural foram entregues a seis pessoas que se destacaram pelas constantes atividades na promoção ou produção cultural nas áreas de Artes Visuais, Música, Memória e Patrimônio, Audiovisual, Letras, e Artes Cênicas.

Escritor

O escritor Edival Lourenço foi o grande homenageado da noite com o Troféu Jaburu, concedido a pessoa que mais se destacou este ano na promoção da cultura em Goiás. Ele é presidente da UBE-GO e foi premiado com o segundo lugar, na categoria Romance, no mais conceituado certame cultural do país, o Prêmio Jabuti, com o livro Naqueles Morros, Depois da Chuva.

Fonte: Jornal O Hoje

Transporte Coletivo: Empresas estimam prejuízo de R$ 1 milhão por ano

11:59 0 Comments A+ a-



O ônibus pertence à empresa Leste Transportes, que foi formada recentemente, após a aquisição de uma parte da Rápido Araguaia, do Grupo Odilon Santos. A linha 580 é bastante usada por fazer a ligação entre Goiânia e Aparecida de Goiânia, levando passageiros para a Unip e empresas da região da BR-153, por exemplo. A Rede Metropolitana de Transporte Coletivo de Goiânia (RMTC), no entanto, avalia que a Leste é uma prestadora de serviços da Rápido Araguaia. Ainda não se tem qualquer motivação para o incidente e, provavelmente, não será investigado.

Dentre as possibilidades ventiladas por quem esteve no local está uma rixa entre as empresas, o que é visto como absurdo até pela falta de lógica e amadorismo do atentado. Outra possibilidade é seria um ato praticado por criminosos para chamar a atenção das autoridades, já que o local é próximo ao Paço Municipal e o horário é de bastante movimentação, até mesmo das autoridades.

Os atos de vandalismo contra ônibus e terminais do transporte coletivo de Goiânia, no entanto e por si só, têm preocupado a RMTC, que estima um prejuízo de R$ 1 milhão por ano (cerca de R$ 80 mil mensais) para o conserto dos ônibus. O veículo prejudicado ontem, segundo a RMTC, já estava funcionando normalmente na tarde de ontem, após ter passado por manutenção. Estima-se que 46 ônibus são atingidos mensalmente por vândalos e encontra-los em funcionamento não é tão difícil. Em pouco tempo em qualquer terminal da capital é possível verificar veículos nestas condições.

A estimativa foi feita pela RMTC entre maio e setembro deste ano, com o registro de 185 depredações em veículos e terminais do Arco Sul, uma das três divisões da rede metropolitana, sendo a mais movimentada. Em época escolar ou em dias de jogos de futebol o índice de registro é ainda maior. No segundo caso, o fato se dá pela presença das torcidas organizadas que realizam pichações como marcação de territórios, além de transitar acima dos veículos, quebrar bancos e barras de segurança.

Fonte: O Popular

Setransp recebe certificação internacional

11:57 0 Comments A+ a-



O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Goiânia (Setransp), entidade sindical representativa das concessionárias, e agente responsável pela arrecadação tarifária da RMTC, recebeu neste mês a certificação conhecida como ISO 9001/2008, que designa diversas normas técnicas que visam estabelecer na empresa um modelo de gestão de qualidade.

A adoção das normas ISO é vantajosa para as organizações uma vez que lhes confere maior organização, produtividade e credibilidade – elementos identificáveis pelos clientes -, aumentando a competitividade nos mercados nacional e internacional. Os processos organizacionais necessitam ser verificados através de auditorias externas independentes.

Para a Gerente de Desenvolvimento Humano e Organizacional do Setransp, Lecy Costa Ribeiro, o caminho pela certificação trouxe fortalecimento, envolvimento e crescimento de toda a equipe do Setransp. “A participação de todos é fundamental para essa conquista. Os processos são desenvolvidos para melhorar o trabalho e, dessa forma, atender melhor o público interno e externo. É qualidade no resultado”, completa.

No Setransp a certificação vai trazer melhorias latentes. Para o cliente a melhoria vem com a qualidade do serviço prestado. À medida que os procededimentos e processos são estruturados e formatados, é necessário fazer o treinamento de toda a equipe e orientar para que todos busquem a melhoria continua das rotinas de trabalho.

Desenvolver e fazer adequações dos processos foram algumas das mudanças que o Setransp passou para conseguir a Certificação ISO 9001. Algumas rotinas foram modificadas para estar de acordo com as normas descritas como procedimentos padrão. O treinamento de toda a equipe é fundamental para a construção e, principalmente, manutenção dos processos definidos. Auditorias internas e externas são feitas periodicamente para que a qualidade na prestação do serviço seja mantida e esteja em constante processo de evolução.

Para Lecy a certificação é o “ponta pé inicial, o desafio é manter a qualidade”. Agora é preciso formar melhor as lideranças para melhorar os processos, implementar ações de melhoria contínua para garantir a qualidade e a melhora constante do trabalho.

Criação do ISO-9001

A Organização Internacional para Padronização ou International Organization for Standardization (IOS), foi fundada em 23 de fevereiro de 1947, em Genebra (Suíça), é quem aprova normas internacionais em todos os campos técnicos. O nome ISO vem da palavra grega “ἴσος” (“isos”), que significa igualdade e a sigla acabou se tornando sinônimo da organização IOS. Hoje a organização está presente em mais de 160 países e no Brasil uma das responsáveis é a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

A IOS determina classificações bem conhecidas como Normas Técnicas, Classificações e Normas de Procedimentos. A ISO 9001 se refere a normas de procedimento que dizem respeito à gestão da qualidade. São normas que estabelece requisitos que auxiliam a melhoria dos processos internos, a maior capacitação dos colaboradores, o monitoramento do ambiente de trabalho, a verificação da satisfação dos clientes, colaboradores e fornecedores, num processo contínuo de melhoria do sistema de gestão da qualidade. Aplicam-se em diversos empresas, com diferentes campos de atuação.

Importantes e grandes empresas como Itambé, Unimed, Lorenzetti, Unilever e Cargill também possuem estão entre o grupo de certificadas.

Fonte: RMTC Goiânia

PIB de Goiás registra alta de 8,8% em 2010

11:56 0 Comments A+ a-



Instituto Mauro Borges aponta que as riquezas geradas no Estado cresceram acima da média nacional, apurada há dois anos.

O Produto Interno Bruto (PIB) de Goiás – que é a soma de todas as riquezas geradas – registrou o maior crescimento (8,8%) em 2010, desde o ano de 1995. O montante de R$ 97,576 bilhões naquele ano teve um incremento de R$ 11,961 bilhões sobre 2009. O resultado consolidado, que consta com informações repassadas ao longo dos últimos anos por vários setores econômicos do Estado, foi divulgado ontem pelo Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (IMB), da Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan). De acordo com o IMB, em 2010, o PIB goiano cresceu acima da média nacional apurada naquele período, que foi de 7,5%. Em 2009, a taxa foi de 0,93%.

Os números da economia são fruto da parceria celebrada entre o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e os órgãos de estatística de todas as unidades da Federação, o que garante a adoção de uma metodologia uniforme. Goiás ficou no grupo dos 17 Estados que apresentaram taxa de aumento do PIB acima da média do País, em 2010. A maior taxa foi registrada no Tocantins, de 14,2%. No Centro-Oeste, apenas Goiás (8,8%) e Mato Grosso do Sul (11%) cresceram acima da média do Brasil. O Estado mantém a nona posição entre as maiores economias brasileiras, com participação de 2,6% no total do PIB nacional.

Durante a divulgação do PIB, realizada ontem na sede da Federação das Indústrias de Goiás (Fieg), o secretário do Planejamento e Desenvolvimento, Giuseppe Vecci, disse que o indicador de geração de riqueza de Goiás é positivo, pois está acima da média nacional, mas defendeu que o Estado precisa continuar buscando se inserir de uma forma mais qualitativa na economia brasileira. “Quanto maior o crescimento interno da economia, mais Goiás é beneficiado”, destacou. Vecci disse que, para poder galgar posições no ranking nacional do PIB, o Estado precisa resolver alguns gargalos, sendo o principal deles o da infraestrutura, que exige mais investimentos em transportes, energia, telecomunicação, dutos, tecnologia e inovação.

Setores

Segundo a chefe de Gabinete de Gestão do IMB/Segplan, Lillian Maria Prado, a atividade econômica que mais contribuiu para o PIB goiano de 2010 foi a indústria, que apresentou expansão de 13,7%, puxada pela indústria de transformação (13,2%) e construção civil (14,0%). Os bons resultados da indústria foram influenciados pelo desempenho robusto da demanda interna e pela baixa taxa de comparação, já que em 2009 o setor havia registrado recuo de 2,7%. Para o presidente da Fieg, Pedro Oliveira, é importante manter a ação dos goianos (governo e iniciativa privada) em defesa da manutenção da política dos incentivos fiscais tornou o Estado de produtor primário para forte no agronegócio, com destaque para a indústria de alimentos.

O setor de prestação de serviços cresceu 6,4%, com destaque para a intermediação financeira, seguros e previdência (11,7%) e comércio (12,2%). A agropecuária registrou o menor índice de crescimento entre os grandes setores pesquisados, devido aos baixos preços das commodities agrícolas no período. A taxa foi de 5,4%. Em 2010 a produção goiana de grãos teve aumento de 2,2% em relação ao ano anterior. O cultivo de feijão cresceu 10,3%, seguido da cana de açúcar (9,9%) e soja (6,5%). Houve contração na produção de algodão (-20,6%), sorgo (-19,3%) e milho (-5,8%). Na pecuária, o rebanho bovino foi o destaque, com incremento de 2,3% e total de 21,35 milhões de cabeças. O rebanho suíno cresceu 6,1% no período.

Riqueza per capita superior a R$ 16,2 mil

O PIB per capita de Goiás, que corresponde ao PIB do Estado dividido pela população residente, atingiu em 2010 o valor de R$ 16.251,70 contra R$ 14.446,68 em 2009, o que significou acréscimo de R$ 1.805,02 de um ano para o outro, aponta o IMB/Segplan. Foi o maior crescimento do PIB per capita goiano verificado desde 2002, em termos quantitativos. Mesmo assim, permanece abaixo do PIB per capita brasileiro, que no período pesquisado foi de R$ 19.766,33.

Em 2010, o PIB per capita de Goiás apresentou taxa de crescimento de 7,4%, enquanto a média nacional foi de 8,0%. Embora tenha registrado um ganho significativo no período em análise, o PIB per capita goiano perdeu colocação no ranking nacional, saindo da 11ª posição em 2009 para a 12ª no ano seguinte. Isso ocorreu porque em 2010 o minério de ferro registrou preço recorde no mercado nacional, fortalecendo o crescimento da riqueza gerada por Estados produtores (Minas Gerais e Pará) e que industrializam o produto (Espírito Santo), fato que fez esses Estados ganharem posição no ranking nacional do PIB per capita.

Fonte: Jornal O Hoje