Iris articula sua volta ao poder

19:08 5 Comments A+ a-

Mirelle Irene

Longe, mas muito longe mesmo, da aposentadoria que chegou até a anunciar após a eleição do ano passado, o ex-prefeito de Goiânia Iris Rezende demonstra que está ativo e atento aos passos do seu PMDB. O partido vive crises cíclicas, mas não há dúvida de que o ex-prefeito tem o controle de tudo e de todos. Cada vez mais exposto, ele volta com a garra toda a um papel a que na verdade nunca renunciou, o de principal articulador e condutor do projeto de poder do partido, que, em última instância, é o dele próprio. Os principais focos de Iris seriam a consolidação das alianças, de olho nas eleições de 2012 e 2014, e a construção de sua própria candidatura no pleito estadual: a de senador preferencialmente, ou, em último caso, a de governador.

Experiente, ele não exterioriza ainda nenhuma destas intenções, mas os sinais são cada vez mais evidentes. Além dos sinais, o ex-prefeito tem feito declarações políticas com endereços certeiros. Há dois meses, intensificou o trabalho junto às bases, em especial, na busca de filiações ao PMDB e nas articulações diárias, em reuniões políticas com correligionários e aliados. Chegou a transferir os atendimentos de seu apartamento no Setor Oeste para o escritório político da deputada federal Iris de Araújo, sua mulher, no Setor Sul. “Não sou de ficar quieto, tenho sempre que estar fazendo alguma coisa”, admitiu, sorrindo, à repórter, durante uma conversa em “off”. Ele também tem comparecido a muitas reuniões do partido no interior do Estado. Em várias delas, vai acompanhado do ex-prefeito de Senador Canedo, Vanderlan Cardoso, sua mais cara conquista.

Outro sinal é o trabalho que tem feito nos diretórios – ou seja, nos pontos-chaves do PMDB. Neles, Iris tem buscado consolidar as alianças para conquistar maior número de prefeituras em 2012 e, assim, chegar mais forte em 2014, ainda que tenha de tomar medidas inusitadas. O caso mais emblemático foi o do processo de dissolução do diretório metropolitano, o mais importante do Estado, dias atrás.

Mesmo enfrentando as resistências e a gritaria da ala diretamente atingida, ele garantiu apoio às articulações dos vereadores para deixar o caminho preparado para o diretório absorver a tese de apoio à reeleição do prefeito Paulo Garcia (PT) em Goiânia. O fato é que, possivelmente, a pedido do ex-presidente Lula, na visita a Goiânia, em junho, o compromisso com o PT estaria renovado, dando mais alento à expectativa de Iris de reciprocidade. Ele vem manifestando a esperança de ter o apoio do PT nas eleições de 2014. A mais nova crise no partido tem seus fundamentos no propósito do ex-prefeito de evitar fissuras na aliança com o PT.

Fonte: Jornal o Hoje

5 comentários

Write comentários
Anônimo
AUTHOR
17 de outubro de 2011 13:27 delete

Se já não bastasse a terra arrasada que o Iris deixou durante seus 20 anos de governo. Sem desenvolvimento no Estado. Sem politicas públicas para os mais carentes, agora seu sucessor acaba com o Zoologico e o Mutirama. Aliás, seu secretário da AMMA, no último governo Iris fez um limpa na secretária, entre superfaturamento e abastecimento de carros que somados é uma fortuna milionária. E por falar em milhão, Iris só deu conta de ajudar seus parentes e familiares, nesses 20 anos de governo, entre nepotismo, favoritismo e superfaturamento de obra.

Já chega. Fora Iris!
Fora Iris!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
17 de outubro de 2011 13:29 delete

Foi quebrou a Caixego, O BEG, e o maior vilão do funcionárismo público! Fora Iris! Fora Iris!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
17 de outubro de 2011 13:39 delete

O Iris Acabou com o nosso Estado e municipio. Vamos fazer uma corrente. Fora Iris, da politica.

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
17 de outubro de 2011 13:40 delete

Não basta ser crente tem que fazer a diferença e ser separado do erro. Mutirama, Caixego, Beg, Zoologico, Cesio 137.
Fora Iris!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
31 de outubro de 2011 09:28 delete

Seria um favor ao povo goiano e toda população goianiense que o sr iris se distanciasse da politica do Estado de Goiás, onde deixou uma terra arrasada durante os seus 20 anos de governo. Imagino que teria ficado com muita vergonha do seu sucessor (Marconi Perillo) revolucionar a história de Goiás. Marconi deu vida a Goiás. O povo goiano hoje é mais feliz.
Quanto ao iris só falacia, demagogia, panelinha e mentira.

Reply
avatar