AMMA começa monitoramento de visitas no Jardim Botânico

21:43 3 Comments A+ a-



Solenidade de lançamento teve participação artística de alunos da rede municipal

A Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) lançou na manhã de hoje o Manual de visitas monitoradas no Jardim Botânico. O evento contou com participações artísticas de alunos da rede municipal e premiação do Projeto Criar em que as crianças após a visita ao parque realizavam um desenho e os melhores receberam prêmios.

Para o presidente da Amma Pedro Henrique Gonçalves Lira, o manual vai nortear as visitas. “Os frequentadores do Jardim Botânico vão conhecer os projetos desenvolvidos como o Projeto Erosão que conta com um simulador para mostrar a diferença de uma área degradada e uma área plantada, o borboletário e a diasporoteca que é uma coleção de folhas, flores e frutos, trilhas na mata e o mais importante é todas as atividades acompanhadas por técnicos”, explica.

Durante as visitas monitoradas é apresentada a biodiversidade, especialmente do Cerrado com o intuito de proporcionar um maior contato com a natureza, como explica a diretora Suzan Cardoso Laureano Itacaramby. “Os visitantes vão receber informações sobre a preservação e manutenção das espécies tendo contato direto com a natureza. Nosso objetivo é mostrar para as pessoas a importância do meio ambiente para que elas possam respeitá-lo”, afirma.

O Jardim Botânico é aberto para todo público de segunda a sexta, porém os interessados em fazer uma visita monitorada devem fazer um agendamento prévio, por telefone em horário comercial no número 3524-3756. A participação de todos é muito importante para se conhecer as particularidades da unidade.

Autor: Sara Gomes (AMMA)

3 comentários

Write comentários
Anônimo
AUTHOR
19 de outubro de 2011 09:24 delete

O diretor administrativo e financeiro da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), Ricardo Alves, foi acusado, por um dos donos da Auto Mecânica Moreira, de cobrar R$ 100 mil para adiantamento do pagamento por serviços de revisão, feitos nos veículos da Amma.

Ricardo é irmão do vereador Clécio Alves (PMDB), que enfrentou há pouco tempo processo por uso indevido de um veículo da Câmara de Goiânia. Segundo o dono da oficina, o recurso seria utilizado para auxiliar a campanha do vereador peemedebista. Outras irregularidades envolvendo o diretor também estão sendo investigadas.

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
19 de outubro de 2011 09:25 delete

Em 2009, a Amma gastou R$ 220 mil em manutenção de veículos, este valor aumentou 72% em 2010, chegando a R$ 384 mil. Os dados estão relatados nas notas de pagamentos, disponíveis no site do Tribunal de Contas do Município (TCM), em documentos enviados pela Agência e em dados retirados do Portal Transparência da Prefeitura.

As notas apontavam que serviços como troca de amortecedor e embreagem, por exemplo, teriam sido realizados várias vezes em curto espaço de tempo. Em alguns casos, o mesmo serviço, como troca de embreagem, teria se repetido no mesmo mês em diferentes oficinas. Para a execução desses reparos, não houve processo licitatório.

Após ser indiciado por irregularidades nos serviços de manutenção, o dono da oficina Moreira resolveu denunciar o suposto esquema de corrupção organizado pelo diretor. Até o momento, foram detectados problemas com duplicidade e falsificação de notas fiscais, superfaturamento de serviços e peças, não execução de serviços e desvio de dinheiro público - entre outras irregularidades. Ricardo Alves negou as acusações em seu depoimento no Ministério Público do Estado e as investigações ainda não foram concluídas. A Delegacia de Representação de Crimes contra a Administração Pública (Dercap) também está investigando o caso.

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
19 de outubro de 2011 09:26 delete

PMDB nunca mais!

Reply
avatar