Feliz Ano Novo, Feliz 2012

12:05 0 Comments A+ a-


Feliz Ano Novo Galera, Paz e Saúde Para Todos!

Setor farmacêutico ''segura'' indústria goiana

12:03 0 Comments A+ a-

Mariza Santana

Em 2011, o resultado da produção industrial goiana foi fortemente influenciado pelo setor farmacêutico. Enquanto a fabricação de alimentos e bebidas apresentou recuo, conforme apontou pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a de medicamentos permaneceu em alta, garantindo o bom desempenho da atividade. De janeiro a outubro, a produção industrial de Goiás acumula índice de crescimento de 5,4% sobre igual período de 2010, enquanto a indústria química teve taxa de 38,1%, puxada pelos medicamentos.

Segundo o presidente da Halex Istar, Paulo Dante Júnior, o bom resultado em 2001 se deve a uma somatória de fatores, entre eles, os investimentos efetuados em inovação pelas indústrias farmacêuticas goianas nos últimos cinco anos. O mercado de medicamentos também tem crescido, o que exige o aumento da produção. Ele destaca ainda o apoio do governo na oferta de financiamento (FCO), qualificação de mão de obra e na manutenção de um canal aberto com os empresários para receber as reivindicações do segmento e disposição para buscar atendê-las.

Investimento
A Halex Istar é um bom exemplo de como foi o ano para a indústria farmacêutica goiana. Em junho último, a empresa inaugurou uma nova unidade de produção em Goiânia, resultado de investimento de cerca de R$ 58 milhões, que gerou 300 novos postos de trabalho. Com isso, o laboratório está hoje entre as duas maiores fabricantes brasileiras de solução parenteral de grande volume (soro). Foi possível dobrar a capacidade produtiva, que atingiu 12 milhões de unidades/mês.

“Com os investimentos realizados, pudemos garantir melhor qualidade para nossos produtos e o aumento do nível de automação, de forma a ter o mínimo de interferência humana no processo produtivo, evitando contaminação”, ressalta Dante. Para 2012, a expectativa do executivo é que a Halex Istar, que já tem 44 de existência, possa ampliar sua participação no mercado brasileiro, hoje na casa de 11%, para 16% até dezembro próximo. Ele informa que a indústria vai continuar investindo e estima valor de R$ 12 milhões para o próximo exercício.

Fonte: Jornal o Hoje

Marconi anuncia mais 400 casas

12:02 1 Comments A+ a-


O governador entusiasmou ainda mais a multidão que comemorava a entrega das 145 casas do Real Conquista ao assinar, na mesma solenidade, ordem de serviço para a construção de mais 400 unidades no módulo IX, que serão concluídas até o final de 2012.

Para a construção das 145 residências já entregues às famílias, o investimento total foi de R$ 8,2 milhões. Deste recurso, o governo estadual, por meio do Cheque-Moradia, liberou R$ 5, 2 milhões, e o governo federal, por meio do PAC da Casa Própria, os R$ 3 milhões restantes. As novas unidades habitacionais compõem o total de 330 entregues pelo governo do Estado este ano só no Real Conquista.

O governador lembrou o trabalho para que as casas fossem construídas desde os seus governos anteriores e anunciou viabilização de Cheques-reforma para que os moradores possam também construir muros e garantir a proteção e a privacidade. “Há alguns anos compramos esse terreno e começamos a parceria com a Caixa e o governo federal para a construção das casas. Esse projeto continuou, e no início deste ano entregamos 300 casas, e agora mais 145. E, ainda, estamos assinando autorização para a construção de aproximadamente 400 casas a partir de agora. Já determinei também ao secretário Igor Montenegro (Cidades) e ao presidente da Agehab, Marcos Abrão Roriz, a viabilização do Cheque-reforma para a melhoria das casas de vocês, para construção de muros e outras benfeitorias. Já autorizei também, e pedi celeridade para autorização, a construção das 400 casas no Setor Grajaú”, informou.

Marconi agradeceu as parcerias do governo federal e da Caixa Econômica Federal na construção das moradias. “Quero agradecer ao governo federal e à presidente Dilma, que está nos ajudando na parceria do programa Minha Casa, Minha Vida, com a contrapartida do governo de Goiás a partir do Cheque-Moradia; agradecer ao ministro das Cidades e nossa bancada de senadores e deputados. E também agradecer a competência dos profissionais da Caixa”, disse.

O governador anunciou, em discurso, que pediu ao secretário de Cidades e ao presidente da Agehab que identifiquem todas as áreas em todas as cidades de Goiás onde é possível construir casas populares. “Pedi também que chamem todos os prefeitos, independentemente de partido, para levantarmos todas as áreas e construir mais casas em parceria com a Caixa Econômica e com o PAC da Casa Própria. Pedi ainda que aumentemos o valor do Cheque-moradia para o próximo ano, e que tratemos da possibilidade de levantarmos pelo menos 50 casas em todas as cidades. Faremos também todo o levantamento da área que temos na região do Vera Cruz para construir cinco mil unidades residenciais. Receberão as casas pessoas que têm renda mensal de até três salários mínimos”, explicou.

Marconi disse que o governo dará total atenção aos movimentos de luta pela moradia. “Vamos dar prioridade aos movimentos de luta pela casa própria, às pessoas mais carentes. Não vamos priorizar a especulação imobiliária, vamos priorizar as famílias de baixa renda. Pedi ainda à nossa equipe que agilize todos os processos de escrituração de casas”, disse.

Fonte: Jornal o Hoje

Paulo Garcia apresenta à população avanços Obtidos em 2011 e Metas para 2012

11:59 0 Comments A+ a-


Por meio das principais emissoras de rádio e televisão, prefeito apresenta hoje síntese do trabalho desenvolvido este ano, investimentos realizados e perspectivas para 2012

O desenvolvimento de Goiânia será delineado em números pelo prefeito da Capital, Paulo Garcia. O chefe do executivo goianiense leva hoje à população, por meio das principais emissoras de rádio e televisão, a síntese do trabalho desenvolvido pela administração pública ao longo deste ano, os investimentos realizados e as perspectivas da gestão para o ano de 2012.

Com objetivo de alcançar a maior parte da população que reside em Goiânia, o pronunciamento de Paulo Garcia será exibido por 26 veículos de comunicação. Por meio de qualquer destes canais, cidadãos podem obter informações sobre a atuação da prefeitura em áreas como mobilidade urbana, educação, saúde, meio ambiente, infraestrutura, moradia e assistência social.

Defensor da transparência na gestão dos recursos públicos, Paulo Garcia, além de detalhar investimentos já realizados, vai antecipar as metas administrativas para o próximo ano em todas as áreas cuja responsabilidade está a cargo do governo municipal.

Fonte: Prefeitura de Goiânia

Réveillon do Cerrado - Réveillon Praça Cívica 2012

22:40 32 Comments A+ a-


Data: 31/12/2011
Local: Praça Cívica

Entrada Franca.

Show:
- Zezé di Camargo e Luciano

O Réveillon na Praça Cívica, no Centro da cidade, vai ter como atração especial a dupla Zezé di Camargo e Luciano. Artistas regionais também participarão do evento que começa a partir das 20h.

Infraero assina contrato para obras em Goiânia

12:37 0 Comments A+ a-


A Infraero publicou ontem (27) a assinatura do contrato para a execução da reforma no terminal de passageiros do Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia. Após a próxima etapa do processo, a assinatura da ordem de serviço, a empresa terá 180 dias para concluir o trabalho e que receberá investimentos na ordem de R$ 250 mil.

Outros trabalhos no mesmo aeroporto já estão em andamento, como a expansão e reforma do estacionamento e a revitalização geral de pinturas e forro de gesso do terminal. Além disso, está previsto para o próximo mês, o início das obras de ampliação do saguão.

Cada melhoria estrutural ou operacional, mesmo que pequena, é sentida positivamente pelo nosso cliente", ressaltou o superintendente do aeroporto, Ricardo Signorini.

Fonte: Panrotas

Raça Negra em Goiânia 2012 - Atlanta Music Hall - Gravação do DVD

22:47 43 Comments A+ a-


Data: 25/01/2012
Local: Atlanta Music Hall
Site: www.atlanta.art.br

Shows com:
- Raça Negra

Gravação de DVD ao vivo com as participações:

- Michel Teló,
+ Alexandre Pires,
- Bruno (Sorriso Maroto),
- Belo,
- Amado Batista,
- Milionário e José Rico,
- Léo Magalhães,
- Juliana Diniz.

Ingressos:

VIP Open Bar:
- R$ 30,00 (Meia)
*Cerveja, refrigerante, água e vodka com suco.

Extra VIP Open Bar:
- R$ 60,00 (Meia)
*Cerveja, refrigerante, água, vodka com suco, caldos, frios e whisky.

Mesas (4 pessoas):
- R$ 400,00 e R$ 300,00
*Valores de acordo com a localização.
**Cerveja, refrigerante, água e vodka com suco.

Camarote Empresarial:
- R$ 120,00
*Valor de acordo com a capacidade de cada camarote.
*Cerveja, refrigerante, água, vodka com suco, caldos, frios e whisky.

Ponto de Vendas:

-Bouganville (Stand 3º Piso).
-Rival Calçados.
-Tkts Express (62 8406.4949).
-Ingressos Online (www.ticplus.com/atlanta).

*Valores sujeito a alterações sem aviso prévio.

Sete meses após anúncio, Projeto de Novo Autódromo em Goiás está Parado

22:41 0 Comments A+ a-


Proposta deveria ser apresentada em novembro, mas acumula polêmicas e nenhum avanço.

Em 18 de maio deste ano, o governador de Goiás, Marconi Perillo, assinou a autorização de elaboração de um projeto para um novo autódromo no município de Senador Canedo, que substituiria o atual circuito de Goiânia, prestes a ser demolido para que seu terreno seja vendido ao mercado imobiliário.

O responsável pelo projeto é o arquiteto alemão Hermann Tilke, mentor das pistas que entraram no calendário da F1 nos últimos 12 anos.

A promessa era que o novo autódromo manteria as características da pista anterior, porém com a extensão do traçado aumentada de 3,8 para 4,6 quilômetros, a largura esticada de 12 para 22 metros, além de uma série de obras de infra-estrutura de "padrão internacional".

A construção foi orçada entre R$ 150 milhões e R$ 180 milhões. Boa parte desse dinheiro, assegurou o governador à época, viria com a arrecadação da venda dos lotes do terreno do atual circuito, que, segundo estimativas do governo, poderia render até R$ 150 milhões.

Marconi Perillo garantiu ainda que a demolição da pista de Goiânia, localizada em área estratégica da capital, só aconteceria depois que a obra da pista substituta já estivesse pronta.

Passados sete meses, o Tazio Autosport apurou a atual situação do projeto e descobriu que, até aqui, ele está no mesmo patamar que se encontrava quando o anúncio foi feito.

O projeto solicitado a Tilke não foi apresentado até agora e, ademais, a transposição do autódromo tem gerado uma série de discussões, amarras e conflitos de interesses políticos que estão formando um imbróglio cada vez mais distante de um fim.

Segundo o administrador do autódromo de Goiânia e membro da Agência Goiana de Esporte e Lazer (Agel), Américo Larozzi, que responde em nome do governo estadual pelo assunto, o prazo para a apresentação do projeto era até o fim de novembro.

Larozzi reclamou que a empresa de Tilke até o momento não se manifestou sobre o atraso e nem apontou nova data para a entrega. O Tazio Autosport entrou em contato por diversas vezes com a assessoria do escritório do arquiteto para tentar algum esclarecimento, mas não houve resposta ou retorno. No site da empresa de Tilke, não existe nenhuma menção ao circuito brasileiro entre os projetos capitaneados pelo alemão. Assessor do arquiteto alemão para projetos no Brasil, o piloto Lucas di Grassi também foi procurado, mas informou, via assessoria de imprensa, "não ter nenhuma informação a respeito".

Além disso, a proposta começou a enfrentar forte oposição dentro do estado, a começar pela família que cedeu parte do terreno utilizado para a construção do autódromo atual, no início dos anos 70.

Quando o lote foi adquirido pelo governo estadual, metade foi comprada e outra metade foi doada pelos antigos proprietários. Porém, o contrato de doação previa que a área tivesse como única finalidade a promoção de atividades esportivas. Portanto, a família doadora ameaçou reclamar na justiça a devolução das terras ou uma compensação financeira caso houvesse a venda do terreno para outros fins.

Américo Larozzi assegurou que, pela Lei de Usucapião brasileira, o estado de Goiás já possui controle total das terras, visto que elas estão em sua posse a mais de 30 anos. "Esse problema nós não devemos ter", garantiu.

No meio político, a oposição ao governo, tanto em Goiânia quanto na esfera estadual, também começou a agir para tentar impedir a destruição do autódromo.

Dois meses antes da apresentação do projeto de mudança para Canedo, o vereador de Goiânia, Luiz Teófilo, chegou a propor a municipalização do circuito (que pertece ao estado) para evitar a sua destruição. No entanto, o requerimento não foi adiante, pois a base aliada impediu sua tramitação. "Se a pista fosse passada para a administração do Município, eu sei que haveria estrutura para deixá-la em condições mínimas de receber pelo menos as categorias nacionais", argumentou o vereador.

Apesar de admitir que não tinha conhecimento de que um projeto de transposição do autódromo para outra cidade seria apresentado dois meses depois de seu pedido de municipalização, Teófilo pontuou que a proposta do governador veio "a confirmar o interesse de utilizar o terreno para fins imobiliários". "O que está em jogo ali é a construção de condomínios fechados naquela área. Querem tirar uma das únicas praças que podem gerar movimentação turística de Goiânia para fazer mais condomínios", criticou.

O vereador também disse não acreditar na viabilidade da mudança do circuito para Senador Canedo. "É um projeto apresentado sem estudo nenhum", disparou. "Temos que mobilizar todos que são contra essa medida e fazer uma pressão conjunta em cima do governador para impedir esse absurdo. Precisamos ver se conseguimos organizar alguma mobilização maior no início de 2012", defendeu Luiz Teófilo.

Poucos dias depois do anúncio de Marconi Perillo, na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Luis Cesar Bueno pediu o tombamento do circuito como "Patrimônio Histórico de Goiás", manobra que tornaria nulo o projeto de mudança do autódromo. Os aliados ao governador mais uma vez conseguiram evitar que a requisição fosse levada adiante. Com isso, o projeto foi reprovado em primeira votação e, depois, retirado de pauta.

Por fim, entrou em ação também o Ministério Público de Goiás, por meio da promotora Marlene Nunes Freitas Bueno. Logo após o anúncio do projeto, a promotora solicitou ao governo estadual explicações detalhadas sobre os planos de migração da pista.

Por meio de sua assessoria, a promotora explicou que recebeu uma resposta de Marconi Perillo, que indicava que "trata-se apenas da contratação de um projeto para estudar a viabilidade da construção de um novo autódromo em Senador Canedo, substituindo o atual em Goiânia".

Marlene Bueno informou que ainda não avaliou o conteúdo completo da resposta emitida pelo governo estadual e que fará uma averiguação mais profunda no caso para decidir se o MP fará alguma intervenção no processo.

Enquanto não se sabe quando vai haver, de fato, um projeto constituído e nem quando será dada autorização para as obras de construção do autódromo de Senador Canedo, o circuito já existente continua em situação precária de funcionamento.

O administrador Américo Larozzi reconheceu que a pista se encontra em péssimo estado de conservação. Atualmente, Goiânia recebe o grau 5 de certificação da FIA, o pior da escala. A pista está autorizada a sediar somente competições de nível regional. A única categoria nacional a competir naquela praça é a F-Truck, por meio de um contrato que prevê intervenções contingenciais para adequar a pista à corrida de caminhões anualmente.

Larozzi disse que o circuito deve receber uma reforma a partir de fevereiro do ano que vem, orçada em R$ 6 milhões. O principal item de intervenção será, segundo ele, o asfalto. "Nós recebemos um parecer da CBA de que deveríamos trocar todo o asfalto, portanto vamos ter que tirar a massa atual e aplicar uma nova massa, de pelo menos cinco centímetros de espessura", relatou.

Questionado se a verba para a reforma já estava reservada e qual era a proveniência do dinheiro, Américo respondeu: "O dinheiro vem de parcerias que o governo estadual está tentando formar". No entanto, o administrador admitiu que ainda não tem o total dos recursos disponível e não quis informar quais seriam as entidades parceiras.

Mesma que a reforma aconteça, contudo, o administrador acredita que construir uma nova pista ainda é a melhor solução para o impasse. "Vamos gastar R$ 6 milhões para deixar a pista meia boca e daqui a alguns anos ter que reformar tudo de novo. É melhor investir mais agora e construir um circuito muito mais moderno, que perdure", justificou.

Fonte: Tazio Uol

Catalão, no Sudeste de Goiás, é o 3º maior parque industrial do Estado

22:38 0 Comments A+ a-


Cidade é responsável por 7% da riqueza produzida pelas fábricas de Goiás. Município fica atrás apenas de Anápolis e Goiânia.

A cidade de Catalão, no Sudeste de Goiás, tem o 3º maior parque industrial do Estado. É o que mostra um levantamento divulgado pelo Governo de Goiás, que avaliou o desempenho de todos os municípios goianos. Os dados avaliam os números do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma das riquezas produzidas.

Segundo a pesquisa, Catalão fica atrás apenas de Anápolis e Goiânia e é responsável por 7% de toda a riqueza produzida pelas fábricas de Goiás. Além de importante para o estado, a indústria é fundamental também para o próprio município, representando quase metade do Pib de Catalão (48%). O setor de serviços também se destaca (44%) e o agronegócio tem uma pequena participação (6%) na geração de riquezas na cidade.

Para o secretário municipal de indústria e comércio, Cairo Batista, essa diversificação da economia tem ajudado no crescimento da cidade e foi fundamental até para superar a crise econômica em 2008 e 2009.

“Muitas cidades quando em período de crise sofrem um pouco mais porque dependem de apenas uma economia. Nós temos o tripé mineração, comércios e serviços e indústria, que ajuda a atravessar momentos de crise”, explica o secretário.

Fonte: G1 Goias

A festa dos shoppings centers

22:30 0 Comments A+ a-


Com o crescimento econômico, impulsionado pelo aumento do poder de compra das classes C, D e E, novos shopping centers chegam a Goiânia.

Com o crescimento e­co­nômico de Goiâ­nia, aliado à ascensão do poder de com­pra das classes C, D e E, os shoppings centers pedem licença para passar. O mercado chegou com total apoio do governo, estimulado por compradores ávidos por entretenimento, passeio e compras.

E a capital de Goiás não é a mesma. A entrada dos novos consumidores acelera o lançamento de shoppings por toda a cidade, das zonas centrais há periféricas. Só no Centro-Oeste existem 36 shoppings levantados. Em Goiás há dez shoppings em operação, sendo o décimo estado em número de levantamentos, segundo Asso­ciação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce).

Já em Goiânia são sete shop­pings construídos, entre eles, referências nacionais em infraestrutura, como o Flam­boyant Shopping e o Goiânia Shopping. Em 2012 serão inaugurados mais três no estado: Outlet Premium Brasí­lia em Alexandria, Luziânia Shop­ping em Luziânia e Águas Lindas Shopping, em Águas Lindas de Goias.
Outros começaram a se erguer esse ano, como é o caso do Passeio das Águas Shop­ping, do Sonae Sierra. O empreendimento foi construído em uma área de 280 mil metros quadrados, localizada na região norte da cidade, na Avenida Perimetral Norte. A área de influência do empre­endimento atingirá uma população de aproximadamente 1,6 milhão de pessoas.

O shopping ainda contará com 282 lojas, entre elas 10 restaurantes. Ao todo, serão 1600 postos de trabalho gerados durante o período da obra e 6300 empregos diretos serão criados após a inauguração. Segundo o coordenador executivo da Sonae Sierra, José Baeta Tomás, Goiânia começa a se transformar em um grande celeiro de empreendimentos.

“Com diversas indústrias vindas para Goiânia, aliado à grande circulação de pessoas e empregos, a cidade vive uma explosão de construções. Nunca houve em Goiás um momento tão próspero para bons investimentos. As vendas estão boas e as indústrias crescem. Esse boom de shoppings começou e não tem data para parar”, afirma Tomás.
E os novos projetos arquitetônicos tomam conta das redes de shoppings vindos para a capital. Com alta tecnologia e diferencial urbanístico, o Passeio das Águas Shopping adota soluções ecoeficientes que visam redução de energia e de água. Além disso, o que os novos empreendimentos querem, é, antes de tudo, lazer, entretenimento e conforto.

“Acreditamos no mercado da região e iremos oferecer à população um projeto moderno, não apenas um espaço para compras, mas uma nova experiência de lazer, conveniência e convivência na cidade de Goiâ­nia”, reitera o coordenador Tomás.

Consumo insaciável
O boom dos shoppings é uma justificativa do crescimento econômico das capitais brasileiras. Grandes empresas mi­gram param cidades em expansão, como Goiânia. O resultado é um crescimento para to­dos os lados, com inúmeros ce­leiros imobiliários e logísticos.

Com a redução do número de inadimplência dos brasileiros, e, consequentemente dos goianos, os consumidores querem comprar à médio e longo prazos. Os shoppings já que não ficam mais lotados de compradores só em datas comemorativas ou nos finais de ano.
Segundo o economista Gustavo Bueno, a disseminação dos shoppings centers é uma tendência mundial. “Eles reúnem no mesmo local, dezenas de lojas que comercializam uma gama diversificada de produtos. Além disso, há praças de alimentação que incluem fast food, comidas típicas e até restaurantes sofisticados, podendo dispor ainda de cinemas, teatros e áreas de entretenimento infantil.”

Essa diversificação de lazer atrai os consumidores. Em Goiânia, especificamente, os novos shoppings construídos, à exemplo do Passeio das Águas Shoppings, terá uma sofisticada decoração com espelhos de água e áreas abertas de convivência. “Os shoppings começam a repensar as suas infraestruturas de acordo com o gosto do público.”

Os empreendimentos da capital ainda promovem em seus espaços internos ou externos, shows e exposições de cunho cultural ou comercial. “Essa diversidade de opções é oferecida ao público respaldada em uma infraestrutura física e de serviços auxiliares. Isso chamam atenção de diversas classes e diferentes públicos.”

Além disso, os shoppings de Goi­ás empregam, segundo a A­brasce, 18 mil empregados de di­versificadas áreas. “As lojas, na sua maioria, requerem de seus empregados um nível de instrução correspondente ao se­gundo grau completo. Em Goi­ânia eles dão preferência aos estudantes universitários, mes­mo sem experiência de vendas e outras atividades do comércio.”

Fonte: Tribuna do Planalto

Corretores faturam com boom imobiliário

22:25 0 Comments A+ a-

Mariza Santana

Se há uma categoria profissional no Estado que não pode reclamar de 2011 é a dos corretores de imóveis. O mercado imobiliário se manteve aquecido durante o ano, com grande número de lançamentos e construção de empreendimentos, além da oferta de crédito para quem deseja financiar a aquisição da casa própria. O resultado foi o grande número de negócios fechados, que garantiu a esses profissionais grande volume de vendas e boas comissões. Muitas imobiliárias inclusive tiveram que reforçar seu time de corretores para atender a demanda do mercado.

O ex-laçador Gean Assis sempre se gabou de sua habilidade em domar touros, mas é o trabalho de corretagem de imóveis que garantiu a ele um bom faturamento em 2011. Há quatro anos ele deixou a arena dos rodeios em todo o Brasil para “medir o chão de Goiânia”, expressão usada na capital para as profissões que exigem percorrer a cidade em busca de bons negócios. O resultado da troca não poderia ser melhor. Pelo quarto ano consecutivo, Gean é o campeão de vendas da URBS RT Lançamentos Imobiliários.

Neste ano, o corretor de imóveis superou todos os seus recordes e vendeu 6,25% a mais do que em 2010, o que lhe garantiu uma renda mensal atraente, cujo valor ele prefere não revelar. O resultado positivo supera as marcas de vendas de 2010, 2009 e 2008 do corretor e acompanham a evolução do mercado imobiliário. Comparado ao primeiro ano de atuação, suas vendas já cresceram 166%. Longe das arenas de touros, Gean ganha hoje dez vezes mais que na profissão anterior.

Segundo o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-GO), Oscar Hugo Monteiro Guimarães, o ano de 2011 foi sui generis para o mercado imobiliário goiano. O resultado do período, em termos de vendas de imóveis, superou todas as expectativas iniciais, garantindo bom faturamento para os profissionais do setor. Ele acredita que o ritmo das vendas deve ser mantido em 2012, devido ao grande número de lançamentos e à oferta de crédito por parte dos agentes financeiros.

Desempenho
Pesquisa denominada Sondagem do Mercado Imobiliário, da Grupom/Ademi-GO, aponta que, de janeiro a novembro deste ano, foram vendidas na Grande Goiânia (capital e Aparecida de Goiânia) 11.930 unidades imobiliárias, entre casas e apartamentos, registrando crescimento de 23% sobre igual período de 2010, quando foram comercializadas 9.675 unidades. Também foi lançado em 2011 total de 9.500 novas unidades, que representam R$ 2,785 bilhões em valor de venda.

Este ano, até o dia 17 de outubro (últimos dados disponíveis), a Caixa Econômica Federal (CEF) liberou para Goiás R$ 3,22 bilhões em crédito imobiliário, o que representou crescimento de 5% sobre igual período de 2010. O balanço completo de 2011 será divulgado no início do próximo ano. A Associação de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-GO), que possui uma pesquisa nesse sentido, está de recesso.

Fonte: Jornal o Hoje

Dict e empresas se unem para reduzir acidentes

22:24 0 Comments A+ a-


Wanessa Rodrigues

Na mesma pista em que ônibus transitam nos terminais, usuários do transporte coletivo passam de um lado para o outro para chegar às plataformas de embarque. Nesse trajeto, não há faixas para pedestres e a população tem de disputar espaço com os veículos. Nas paradas dos ônibus, não existem assentos para passageiros. As pessoas sentam no meio-fio, próximo à passagem dos ônibus. “As pessoas têm de se espremer nas paredes”, conta a vendedora Ernestina dos Santos, de 40 anos, que trabalha no Terminal Padre Pelágio.

Situações de risco como estas e que podem levar a acidentes foram relatadas pelo delegado titular da Delegacia Especializada em Investigações de Crimes de Trânsito de Goiânia (Dict), Waldir Soares. Ele visitou os terminais do Cruzeiro e do Padre Pelágio, na Região Metropolitana de Goiânia, a convite do consórcio RMTC, com o objetivo de traçar diagnóstico da situação dos terminais e, consequentemente, das causas de acidentes e mortes – nos últimos dois anos, foram 63 mortes relacionadas ao transporte coletivo.

Soares diz que essa é uma medida preventiva inédita e que será estendida a todas as áreas que envolvem o trânsito. “Pela primeira vez, entramos nos terminais para conhecer o sistema. Queremos saber de quem é a responsabilidade por todas as mortes e acidentes.” Ao final das visitas, Soares pretende entregar o diagnóstico e recomendações aos órgãos responsáveis. Para o delegado, não se pode aguardar que as ocorrências cheguem para que medidas sejam tomadas. Até hoje, diz, nenhum dos 63 inquéritos de mortes envolvendo ônibus foram solucionados, por exemplo.

Aqueles dois terminais foram escolhidos, segundo Soares, por possuírem características distintas. Enquanto no Cruzeiro, apesar de queixas de motoristas, a estrutura para atendimento dos usuários agrada; no Padre Pelágio, a situação é crítica. A característica mais grave é a falta de faixas de pedestres e de locais preferenciais para idosos e deficientes físicos.

No Padre Pelágio, é possível observar, a todo momento, pedestres circulando em meio aos ônibus. Como não há faixa de pedestre e nem corredores para os usuários passarem de uma plataforma para outra, as pessoas andam nas ruas utilizadas pelos veículos. Além da falta de faixa, o delegado observa que não existem no Padre Pelágio locais para os usuários sentarem e nem fiscalização nas filas. “Essas deficiências propiciam a ocorrência de acidentes”, diz.

Durante as visitas, Soares questionou os motoristas sobre o que pode levar a ocorrência de acidentes. Marcos Araújo Borges, 46, que trabalha no sistema há 13 anos, observa que, muitas vezes, pedestres e motoristas não respeitam os ônibus e jogam a responsabilidade nos veículos porque são maiores.

Fonte: Jornal o Hoje

Marconi exalta relação ''sinérgica'' com Dilma

22:22 0 Comments A+ a-


Ao participar na manhã de ontem da entrega de 88 veículos à Agrodefesa, o governador Marconi Perillo (PSDB) destacou a importância das parcerias entre governos estadual e federal firmadas este ano. Os veículos, provenientes de convênio entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e a Secretária da Agricultura de Goiás, custaram cerca de R$ 8 milhões e serão disponibilizados para técnicos da defesa agropecuária em todas as regionais do Estado. “O governo federal tem tido interesse muito grande em colaborar com o Estado. E eu estou aqui para agradecer e confirmar o republicanismo do governo da presidente Dilma Rousseff (PT).”

Além das parcerias na área da agropecuária, Marconi também citou outros convênios firmados com o governo federal nas áreas de habitação e saúde. “As parcerias com os ministérios são muito importantes, porque temos recebido também atenção de todos os secretários de todos os ministérios. São muitas políticas públicas voltadas para essa relação convergente e sinérgica entre governo estadual e federal.” O tucano lembrou o apoio recebido pela Companhia Nacional de Abastecimento, da Embrapa e dos Ministérios da Agricultura e da Integração Nacional. “Só no Ministério da Integração Nacional receberemos, em um primeiro momento, R$ 220 milhões para dar andamento a projetos de irrigação, sem ser cobrada nenhuma contrapartida dos cofres estaduais”, disse.

O secretário nacional de Defesa Agropecuária e representante do Ministério da Agricultura, Francisco Jardim, também destacou a necessidade de se integrar ações dos dois governos na área. A previsão é que, em 2012, as parcerias continuem a todo vapor para que Goiás conquiste o título de Estado livre da aftosa sem vacinação. O fim da vacinação causaria uma economia de aproximadamente R$ 17 milhões ao governo.

O presidente da Agrodefesa, Antenor Nogueira, adiantou que mais 20 serão entregues ainda no ano de 2012. “Esses veículos serão somados à frota antiga da Agrodefesa, que são carros, caminhonetes e vans com mais de seis anos de uso. Eles serão utilizados por técnicos da defesa agropecuária para realizar inspeções sanitárias vegetal e animal em todo o Estado.”

Aceno aos servidores
Ainda em discurso, o governador novamente ressaltou que, embora 2011 tenha sido um ano de dificuldades financeiras, o governo conseguiu cumprir muitas metas, como o acordo da Celg com a Eletrobrás, as parcerias público-privadas e o pagamento em dia da folha dos servidores estaduais. Se direcionando aos servidores da Secretaria de Agricultura do Estado, Marconi garantiu que em 2012 irá cumprir a data-base da categoria e repor as perdas salariais.

Há um mês, a mesma promessa foi feita pelo governador na Seagro para os funcionários. Este ano a categoria conseguiu reajuste de 1,68%, mas a reivindicação era de 6,47%, referente à reposição inflacionária dos últimos seis anos. “Vamos valorizar os servidores e realizar políticas pública de apoio à categoria. Sabemos que os servidores são essenciais para o Estado.”

Fonte: Jornal o Hoje

Movimento na Rodoviária de Goiânia deve aumentar 80% neste final de ano

12:26 0 Comments A+ a-


A administração do Terminal Rodoviário de Goiânia prevê aumento de 80% no número de passageiros durante as festas de fim de ano. São 40 mil pessoas a mais. Entre os destinos mais procurados em Goiás estão Caldas Novas, Três Ranchos, Catalão e cidade de Goiás. Fora do estado, é grande a procura por passagens para Belo Horizonte, Brasília, Natal, Palmas, São Paulo e Salvador.

Segundo o gerente da rodoviária, Danilo Aquino, para atender a demanda, a administração abriu 2 mil horários extras de linhas. “Também aumentamos o efetivo em 40% nas equipes de limpeza, segurança e informação. Os funcionários estarão todos identificados e quem precisar se informar pode ir às plataformas ou mesmo ao interior do shopping [a Rodoviária de Goiânia funciona dentro do Araguaia Shopping]”, explica.

Orientações

O gerente orienta passageiros a comprarem suas passagens com antecedência para evitar transtornos. Também é importante chegar pelo menos uma hora antes do embarque.

Para pais que forem deixar crianças menores de 12 anos viajar sozinhas, é obrigatória uma autorização do Juizado da Infância e Juventude. Na falta do documento, o embarque não será autorizado. Pessoas que forem viajar com sobrinhos ou levar amigos dos filhos menores de 12 anos na viagem também devem portar toda a documentação da criança. Danilo Aquino orienta a também procurar o Juizado para se informar.

Fonte: G1 Goiás

Nazareth em Goiânia

16:00 3 Comments A+ a-



Data: 02/02/2012
local: Bolshoi Pub
Fone: (62) 3285-6185
Site: www.bolshoipub.com.br

Veteranos escoceses pela primeira vez em Goiânia

Tour de Lançamento Mundial do CD Big DOGZ
Gênero: Rock / Punk / Metal

Por essa você não esperava. Nem nos melhores sonhos. Nazareth no Bolshoi. E com disco novo na praça. Big Dogz saiu quentinho do forno em 2011. A banda vem com metade da usina de força original. O vozeirão rasgado de Dan McCafferty, marca registrada do Nazareth, permanece inalterado. Pete Agnew segue firme no baixo desde sempre. Jimmy Murrison entrou no lugar do guitarrista Manny Charlton, que saiu em 1990 depois de 22 anos de batalha. O baterista Darrell Sweet morreu em 1999. Lee Agnew, filho de Pete, assumiu o posto. Ficou tudo em família. Nazareth é uma instituição do legítimo hard rock que tira uma onda muito bonita nas baladas. Quem não conhece Love Hurts? Os seis primeiros discos, gravados nos anos 70, são obrigatórios. Principalmente, Hair of the Dog. Malice in Wonderland e Snaz, dos anos 80, merecem destaque. O que eles vão nos apresentar é uma incrível mistura de 30 discos em 40 anos de estrada. Repertório que não acaba. Só pra começar o ano com o pé direito.

FICHA TÉCNICA
INTEGRANTES

- Dan McCafferty (vocal)
- Jimmy Murrison (guitarra)
- Pete Agnew (baixo)
- Lee Agnew (bateria)

Em Brasília:
GTR (61) 3245-7140

Ingressos:

- American Music Bougainville 3954-2202
- American Music Buena Vista 3092-6057

Reserva de mesa:

- A reserva é feita na compra do ingresso.

- São cobrados 100R$/mesa de 4 lugares e 50R$/mesa de 2 lugares (pagos no check-out), sendo que esses valores são bonificados 100% em consumo. Esses valores não contemplam o valor do ingresso.

- Todas as reservas expiram às 22 horas, sendo repassadas aos primeiros na lista de espera.

Tour no Brasil:

02/02 - Goiânia (GO)
03/02 - Fortaleza (CE)
04/02 - Ilha Comprida (SP)
05/02 - Foz do Iguaçu (PR)
09/02 - Curitiba (PR)
10/02 - Florianópolis (SC)

O Rappa em Goiânia 2012 - Sol Music Hall

15:46 23 Comments A+ a-


Data: 24/03/2012
Local: Sol Music Hall
Site: www.solmusichall.com.br

Shows com:
- O Rappa

Valeu a pena Esperar!
Depois de 2 Anos de férias, ORappa está de volta em Grande Estilo!!
Lauro, Lobato, Xandão e Falcão estarão em Turnê do CD e DVD “Ao Vivo na Rocinha” em única apresentação em Goiânia. Valeu a Pena!! Valeu a pena Esperar!!
O Rappa Está de Volta!

Ingressos:
Pista – R$40,00

Premium – R$60,00 (Frente ao Palco)

Camarote Royal Fem. R$80,00 * Open Bar
Camarote Royal Masc. R$120,00 * Open Bar

Em Até 3X no Cartão
:
Pista – R$50,00

Premium – R$70,00 (Frente ao Palco)

Camarote Royal Fem. R$90,00
* Open Bar
Camarote Royal Masc. R$130,00 * Open Bar

Vendas:
Tribo do Açaí (Visa e Master)
Rival Calçados
Lima Limã (Portal Shop. E Shop. Cidade Jardim).

Vendas no Cartão:
Tribo do Açaí (Até 12x )
UPINGRESSOS.COM

Ingressos Delivery:
62-81002387

Imformações:
62-39419270 – 78128680

Verão Sertanejo 2012 - Caldas Novas

15:42 13 Comments A+ a-



Data: 14/01/2012
Local: Lagoa Temas Parque - Caldas Novas
Site: www.lagoaquente.com.br

Shows com:
- João Bosco & Vinícius
- Michael Teló
- Milionário & José Rico

Valores referentes ao 1º lote
Pista: à vista R$ 30,00 / no cartão R$ 40,00 (em até 3x)

Área Vip Open Bar
À Vista: Feminino R$ 60,00 / Masculino R$ 70,00
No Cartão (em até 3x): Feminino R$ 70,00 / Masculino R$ 80,00
- Cerveja, vodka, água e refrigerante

Extra Vip Open Bar
À vista: Feminino R$ 80,00 / Masculino R$ 100,00
No Cartão (em até 3x): Feminino R$ 90,00 / Masculino R$ 110,00
- Open Bar: Cerveja, vodka, água e refrigerante
- DJs exclusivos

Bangalôs Open Bar (8 pessoas)
À vista: R$ 1.400,00 / No Cartão (em até 3x): R$ 1.450,00
- Open Bar: Whisky Red Label, Cerveja, vodka, água, refrigerante e salgadinhos
- Área suspensa com cobertura em local privilegiado

Pontos de Venda:

Caldas Novas
Loja da Lagoa Termas Parque (64) 3453-3453 / 3453-1250
Tribu Calvin Klein Jeans: (64) 3453-7813
Bobs: (64) 3453-1181

Goiânia
Tribo: (62) 3226-0100

Brasília
Fest Tour: (61) 3223-0493

Principais Reveillon 2012 de Goiânia

12:47 0 Comments A+ a-




Reveillon Armazém 2012 (Local: Armazém)

Buffet Completo

Open Bar Premium (Whisky Old Parr, Energético Flying Horse, Vodka Smirnoff, Espumante Aurora, Smirnoff Drinks, Cerveja Antarctica, Refrigerantes, Sucos, Água)

Atrações: (Hugo Castillo // Junior K)

Valores: (Feminino: R$ 120,00 // Masculino: R$ 150,00)

Lounge: R$ 1.200,00 (6 convites unissex // 01 Ciroc Red Berry// 01 Ciroc Coconut)

...............................

Reveillon Cafe de La Musique 2012 (Local: Cafe de La Musique)

Alta gastronomia, cardápio exclusivo assinado pelos Cheffs Café de Lá Musique!

1° Lote: Feminino: R$ 80,00 // Masculino: R$ 120,00
Consumação: Feminino: R$ 120,00 // Masculino: R$ 150,00
Preço Promocional para as mulheres

Reserva de mesas
Fone: 62. 3922-2353
Reserva mínima de 4 pessoas por mesas

...............................

Reveillon Atlanta Music Hall 2012 (Local: Altanta Music Hall)

Atrações: Banda Focus // Marcos Henrique & Frank Viola // Aerogroove

Valores:

Vip Open Bar: Individual R$ 60,00 (*referente a meia entrada)
Open Bar de cerveja, refrigerante, água, vodka com suco e coffee break.

Extra Vip: Individual R$ 100,00 (*referente a meia entrada)
Open Bar de cerveja, refrigerante, água, vodka com suco, caldos, frios, whisky, champanhe e coffee break.

Mesas: Para 4 Pessoas R$ 400,00
- Valores de acordo com a localização.
Open Bar com cerveja, refrigerante, água, vodka com suco e coffee break.

Camarote Empresarial Individual R$ 120,0
Valor de acordo com a capacidade de cada camarote.
Open Bar de cerveja, refrigerante, água, vodka com suco, caldos, frios, whisky, champanhe e coffee break.

...............................

Reveillon Gold 2012 - Local: Samauma bar

Mega show de LIGA JOE + DJ e VJ convidados! Wisky 8 anos, cerveja, refri e água a vontade! Buffet de frios + petiscos + salada de bacalhau + risoto de fungue e filé + penne ao granapadano!

Mega telão de 40m2, fogos indoor, luzes e projeções de última geração e contagem regressiva!

Camarotes // Mesas // Individuais

Todos os camarotes e mesas terão 1 garrafa de champanhe para brindar a virada do ano!

Ingressos Antecipados e Limitados: 7812-0936/ 8137-6237

...............................

Reveillon Premium Comfort Suites 2012 Local: Comfort Suítes Flamboyant

DJ's: Alex Justino // André Pablo// Daniel Arantes // John John

Open Bar: Whisky Ballantine's 8 anos // Vodka Absolut// Espumante Aurora// Cerveja// Suco// Refrigerante// Água.

Buffet: Petiscos finos// Caldos // Café da manhã

Valores: R$ 140,00 (feminino) // R$ 190,00 (masculino)
Ponto de venda: Baobá Lounge Bar (dinheiro ou cartão)

Mais informações: (62) 3612-8888

...............................

Absoluto Reveillon 2012 Local: Sol Music Hall

Show com: Seventy Company.

Mega decoração // Área Kids // Tenda eletrônica

- Ilha de antepastos (saladas, pastas nobres, síria mini sanduíches, carta musical de pães)
- Ilha de caldos finos
- Ilha kid´s (guloseimas para fazer a festa)
- Ceia(saladas, carnes vermelha e branca, massas, arroz nobre)
- Sobremesas(tortas irresistíveis, mousses, sorvetes com caldas afrodisíacas)
- Café da manhã completo

Bebidas:Wisky 8 Anos (1 garrafa por mesa)// Champagne (para o brinde)// Cerveja// Refrigerantes// Água// Água aromatizada// Sucos
*É permitida a entrada de bebida com dose com isenção de rolha

Valores:

Mesas 6 a 8 lugares: - Adulto (a partir de 16 anos) R$ 190,00 - Juvenil (8 a 15 anos) R$ 130,00 Crianças (abaixo de 8 anos) FREE
**Valores referente a meia entrada e primeiro lote. Os demais lotes poderão sofrer reajustes sem aviso prévio.

Camarote Premium - Adulto (a partir de 16 anos) R$ 210,00 - Juvenil (8 a 15 anos) R$ 170,00 **Valores referente a meia entrada e primeiro lote. Os demais lotes poderão sofrer reajustes sem aviso prévio. Crianças (abaixo de 8 anos) livre

Mais informações: (62) 3087.7680 // (62) 8194.0643

Fonte: Goianiabr.com

Novo aeroporto está previsto para abril/2014

12:10 3 Comments A+ a-



Na presença do governador Marconi Perillo, a Infraero e o Consórcio Odebrecht/Via Engenharia, responsável pelas obras do Aeroporto Santa Genoveva, assinaram ontem à tarde, em Brasília, o acordo para a continuidade da obra. Em 23 de novembro passado, Marconi recebeu do Tribunal de Contas da União a confirmação de que haviam sido sanados todos os entraves jurídicos para a retomada dos trabalhos de construção e que em menos de um mês seria selado o acordo que poria fim a cinco anos de negociações.

Ontem, o consórcio de empresas e a Infraero formalizaram a retirada de todas as ações judiciais que um movia contra o outro. A previsão é de que a obra seja entregue em abril de 2014. Depois de executada a obra, o aeroporto poderá sofrer novas intervenções, para garantir a ampliação de sua infraestrutura aeroportuária.

O documento assinado ontem na sede da Infraero, em Brasília, dá prazo de 120 dias para que o projeto executivo seja reavaliado, atualizado e concluído, adequando a capacidade de operação do novo terminal e a defasagem tecnológica, etapa necessária para o reinício das obras. A previsão é de que as obras sejam retomadas em maio de 2012 e a primeira etapa do novo terminal seja entregue em 2014. Numa etapa posterior devem ser feitas as adaptações para corrigir a defasagem em termos da logística aeroportuária, com possibilidade do aumento do número de esteiras de desembarque e a ampliação da pista, que poderá até mesmo transpor a BR-153.

Presente de Natal
Logo após a assinatura do acordo, o governador disse em entrevista coletiva que “o sucesso só vem depois de muito trabalho”. Também ressaltou que foi ao Distrito Federal mais de 30 vezes, para tratar da questão do aeroporto. Ele avaliou que depois de uma “grande peregrinação” foi assinado um “bom termo”. Marconi considerou que a assinatura do acordo é “o grande presente de Natal que Goiás recebe”.

Para o governador, o documento assinado pelas partes representa o fim da maior demanda de Goiás nos últimos tempos. Marconi também justificou a elaboração de novos projetos de adequação do terminal, depois de concluídas as obras previstas no atual contrato. Segundo ele, este ano o movimento no aeroporto foi de quase 3 milhões de passageiros, e, por isso, a previsão é que o novo terminal já esteja defasado em 2014.

O contrato firmado pelas partes prevê a manutenção do projeto original, mas com as devidas atualizações tecnológicas. Pelo projeto original, a área do novo terminal será de 27.160 metros quadrados, quase cinco vezes maior do que o atual aeroporto. O terminal terá capacidade de atender até 1 milhão 800 mil passageiros/ano. Um dado importante é o de que a obra será entregue em etapas, podendo passar por adaptações e ampliações para aumentar a logística aeroportuária. Terá um edifício principal, totalmente climatizado, com sistema geral de infraestrutura para prédios inteligentes, galeria, escadas rolantes, elevadores panorâmicos e quatro pontes de embarque.

Fonte: Jornal o Hoje

Câmara aprova desafetação de áreas públicas e plano de carreira de administrativos

12:06 1 Comments A+ a-



A Câmara de Vereadores de Goiânia aprovou em segunda votação em sessão nesta quarta-feira (21), o projeto de lei que desafeta mais de 500 mil metros quadrados de áreas públicas. A maioria deles estão localizados nas margens da BR-153, próximo a sede da Prefeitura. Foram 22 vereadores favoráveis, contra sete votos contrários a proposta.

Com a aprovação do projeto, o prefeito Paulo Garcia poderá, agora, adensar, trocar ou vender áreas que originalmente eram destinadas construção de creches, praças, escolas, Cmeis ou áreas de preservação.

Os parlamentares aprovaram também, em segunda e última votação, os projetos que tratam do plano de cargos, carreiras e salários dos servidores da Prefeitura. Agora, os funcionários ficam na expectativa dos índices de aumento, critérios de promoção e a quantidade de cargos contemplados.

Fonte: Portal 730

Paulo Garcia evita definir data para reabertura do Zoológico

11:54 0 Comments A+ a-



O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, evitou definir uma data para a entrega do Zoológico da capital, que passa por readequações e está fechado desde julho de 2009. Em entrevista a Rádio 730, ele argumentou que o andamento das obras, muitas vezes, foge ao controle do gestor público.

“Eu não dou mais datas. Com um ano e nove meses na prefeitura, eu percebi que as obras não seguem necessariamente o ritmo que você deseja. Quando me perguntam, eu sempre digo que vai ficar pronto depois do que eu queria, mas antes que as pessoas imaginam”, brincou.

Segundo o prefeito, a falta de alguns materiais tem atrapalhado o cronograma de entrega do Parque à população. “Lá, nos precisamos de vidros a prova de bala para os locais de convivência dos animais. Atrasa, não chega. Esses dias, estava faltando cimento na cidade. Isso é suficiente pra atrasar uma obra. Às vezes falta mercadoria” relatou.

Fonte: Portal 730

Número de casos de dengue cai 65% em Goiânia

11:32 0 Comments A+ a-



Em 2010/2011 foi registrado um total de 15.528 contaminados.

Goiânia registrou queda de 65% nos casos notificados de dengue em relação ao período 2009/2010. Os dados são do Ministério da Saúde, divulgados nesta terça-feira (20) pela Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia.

Em 2010/2011 foi registrado um total de 15.528 contaminados. No ano anterior, o valor era de 44.187 casos. A queda no número de contaminados foi acompanhada por uma redução de 75% dos óbitos provocados pela doença. No Mapa da Dengue publicado pelo Ministério da Saúde (MS), a capital goiana saiu do grupo de cidades de risco, passando a ocupar uma posição de alerta.

A mudança na avaliação reflete a diminuição nos casos registrados e, na prática, significa que o Índice de Infestação Predial de Goiânia está abaixo de 1%, entre os imóveis pesquisados. De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Flúvia Amorim, "o índice de infestação é um dos itens que identifica a vulnerabilidade da região e que, consequentemente, faz com que seja priorizada no combate".

Uma das ações diferenciais da atuação da SMS na prevenção da dengue neste ciclo foi ressaltada por Flúvia “na região Noroeste nos trabalhamos em conjunto agentes de endemias e agentes comunitários de saúde. Isso intensificou as visitas residências para identificar e eliminar os criadouros do mosquito,” destaca.

A região Leste de Goiânia, que compreende Parque Atheneu, Parque das Laranjeiras entre outros sofreu com o maior número de afetados pela doença, com mais de 2,8 mil contaminados. Na outra ponta da tabela, a região Norte, que é composta pelos bairros Jardim Guanabara, Conjunto Itatiaia, dentre outros, teve pouco mais de 1,3 mil notificações.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (Portal 730)

Em balanço, Marconi diz que 2011 foi ano de “superar dificuldades”

11:29 0 Comments A+ a-



O governador Marconi Perillo definiu o seu primeiro ano de governo como “o ano da superação”. Em café da manhã com jornalistas nesta quarta-feira (21), ele argumentou que enfrentou muitas dificuldades em 2011 e precisou “reorganizar” o Estado.

“Nessa época, no ano passado, ninguém sabia se receberia o salário. Passados quase 12 meses do início do governo, em todas as áreas os obstáculos estão resolvidos e os projetos estruturantes estão muito bem encaminhados”, garantiu.

Marconi citou como principais ações de sua gestão, o programa “Rodovida”, de recuperação das estradas estaduais e a contratação de gerentes por meio do processo de meritocracia. Além disso, ele prometeu o reinício das obras do Aeroporto de Goiânia para o início do próximo ano. “Estamos chegando a um desfecho positivo. Creio que, a partir de abril ou maio, as obras devem ser reiniciadas”.

O governador reforçou a intenção de transferir a gestão dos hospitais públicos goianos para organizações sociais. Segundo ele, isso ainda não ocorreu apenas por problemas burocráticos. “Temos ainda alguns gargalos e um deles é a saúde e eu tenho convencimento de que não dá pra falar em gestão de saúde no modelo arcaico e tradicional. Vamos superar esses desafios e transformar os hospitais estaduais em hospitais referência”.

Fonte: Portal 730

Presidente da CMTC volta a defender corredores exclusivos ao comentar relatório da ONU

23:13 0 Comments A+ a-



José Carlos Xavier destacou investimentos que serão feitos para desafogar trânsito e melhorar mobilidade.

O presidente da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), José Carlos Xavier (o Grafite), destacou a importância da implantação de corredores exclusivos para desafogar o trânsito na capital e região metropolitana.

Ele comentou relatório da Organização das Nações Unidas (ONU), que orienta como sistema de transporte a utilização do “Trânsito Rápido de Ônibus (BRT, sigla em inglês). Ásia, Europa e America do Sul já adotaram essa modalidade de transporte, que vem como uma solução rápida e eficaz. Em Goiânia, além do sistema do Eixo-Anhanguera, Grafite informa que o BRT está sendo implantado em locais de grande demanda, como no trecho do terminal do Cruzeiro ao terminal Recanto do Bosque. Ao todo serão 22 km de corredor, cerca de 120 mil pessoas vão usar o sistema todos os dias.

Segundo o presidente da CMTC, existe ainda uma parceria entre governo e prefeitura para a criação de um Veiculo Leve Sobre Trilhos (VLT) na estrutura onde funciona atualmente o Eixo Anhanguera, o que possibilitaria o transporte de 300 mil pessoas ao dia. Além disso, corredores estruturais, nos moldes do corretor universitário, estão sendo construídos por toda capital, segundo Grafite.

O relatório apresentado pela ONU traz um dado importante, do ponto de vista ambiental. Segundo a organização, um automóvel polui 17 vezes mais que um ônibus, e uma motocicleta 32 vezes mais. “Um motor de ônibus, comparado com um de carro polui mais. Só que um carro transporta 1,3 pessoas e um ônibus transporta 100. Apesar do combustível fóssil, o diesel ele ainda polui menos que o transporte individual”, comentou ainda Grafite.

Fonte: Portal 730

Cidadania cria comitê para elaborar o Goiás Sem Miséria

12:23 0 Comments A+ a-



Após a assinatura da participação de Goiás no programa federal Brasil Sem Miséria, a Secretaria de Cidadania e Trabalho do Estado já elabora a minuta para a criação do comitê que vai elaborar o Plano Goiás Sem Miséria. O objetivo é combater, juntamente com todo País, a extrema pobreza.

A previsão é de que o comitê esteja ativado já na primeira semana de janeiro do ano que vem, e será preenchido, além da Secretaria de Cidadania e Trabalho, pela Secretaria de Planejamento (Segplan), Secretaria da Fazenda (Sefaz) e a Secretaria de Ciência e Tecnologia (Sectec). O programa Goiás Sem Miséria não só vai unificar o programa estadual Renda Cidadã com o programa federal Bolsa Família, mas também colocar em prática ações sociais já previstas na Rede de Proteção Social do Estado de Goiás.

Em Goiás, a complementação de renda será feita a todas as famílias que permaneçam com renda per capita inferior a R$ 70, mesmo com o recebimento do Bolsa Família. Em 2012, o Governo Estadual deve investir R$ 10 milhões para complementar a renda dos beneficiários do Bolsa Família que continuarem abaixo dos R$ 70 per capita mensais. Até 2014, o total investido deve chegar a R$ 30 milhões.

Fonte: marconiperillo.com

Rios sofrem com extração de areia

12:22 0 Comments A+ a-



Katherine Alexandria

Estradas abertas em áreas de proteção permanente permitem a passagem diária de caminhões. Com pequenos barcos, ribeirinhos e outros trabalhadores retiram areia do fundo de córregos ou mesmo dos bancos de areia. O destino é a construção civil. A venda é feita na própria margem. Há anos a prática ocorre nos afluentes do Rio Meia Ponte em Goiânia. Além de mais uma agressão aos cursos d’água com consequências em curto prazo para a população, a ação preocupa pelos riscos a que expõe os trabalhadores.

A retirada de sedimentos dos cursos d’água sem autorização é proibida pelo Código Florestal Brasileiro e deve seguir orientações, de acordo com o Código de Posturas do Município, mas ocorre sem regulação na capital. No Rio Meia Ponte e no Ribeirão Anicuns, cerca de cinco flagrantes foram feitos em primeiro sobrevoo da Defesa Civil com a presença do promotor de Justiça Maurício Nardini, no começo do mês. A atividade ocorre também nos córregos Botafogo, Barreiros, Caveirinha e Água Branca.

Mas não é preciso sobrevoar a capital para observar a extração. Quem passa pela Avenida Goiás Norte, entre os setores Crimeia Leste e Urias Magalhães, pode observar, por exemplo, a extração no Ribeirão Anicuns da própria via, sem precisar fazer esforço. “A fiscalização é muito tímida”, resume Nardini. Sobre os flagrantes, o MP informa que já comunicou a Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), órgão responsável por fiscalizar e autuar as irregularidades ambientais em Goiânia. “Não duvido que exista em outros locais (rios e córregos)”, revela o promotor.

Produção
Uma das principais consequências da retirada de sedimentos de rios e córregos urbanos é a diminuição de produção de água para o abastecimento da cidade, já que diversos fatores são modificados e diminuem a capacidade dos cursos. “Isso onera o sistema de tratamento de água”, destaca a doutora em geografia Carla Maria Faria. Ela enumera o desequilíbrio na margem oposta à extração, desmatamento da área de preservação, da mata ciliar, e o processo erosivo fluvial. Nardini acrescenta como fator de desestabilização também o assoreamento.

Segundo o diretor de fiscalização da Amma, André Macalé, um estudo é realizado para definir se é possível ou não fazer a extração de areia dos cursos que passam pela capital. “Por enquanto, estamos estudando. Se tiver alguém retirando será notificado.” Desta forma, ele explica que a fiscalização é feita pelas denúncias – encaminhadas à Amma pelo telefone 156. Somente assim, a agência verifica se possui ou não a licença para a retirada de areia. “O Meia Ponte é mais fiscalizado, acontece muito pouco e em locais mais escondidos”, justifica, informando que a cidade é muito grande e por isso depende de denúncias.

O titular da Delegacia Estadual do Meio Ambiente, Luziano de Carvalho, explica que a extração pode ser irregular e configurar crime ambiental. Isso porque mesmo que tenha licença – hipótese que não leva em conta o estudo ainda não concluído – quem faz a extração não segue os cuidados necessários para não impactar o curso d’água. Os caminhões para a retirada da areia, por exemplo, deveriam ficar no mínimo a 50 metros de distância da margem, o que não foi verificado pelas imagens captadas no sobrevoo. “É também um problema social, uma situação extremamente complexa”, avalia Luziano sobre os ribeirinhos que vivem da extração.

Fonte: Jornal o Hoje

Inquérito está na fase de conclusão

12:21 0 Comments A+ a-



Angélica Queiroz

O delegado responsável pelo caso da mulher que espancou um cachorro da raça yorkshire até a morte em Formosa, Carlos Firmino, afirma que o inquérito está quase concluído e que a enfermeira deve ser ouvida ainda esta semana. Na manhã de ontem, o homem que fez o vídeo, identificado como Claudemir Rodrigues Maciel, foi ouvido em Barra do Garças, no Mato Grosso, e ressaltou que a filmagem foi feita em novembro e que já viu a mulher agredindo a outros cachorros.

Firmino lembrou que uma equipe de psicólogos fará uma avaliação da criança que presenciou as agressões, após o depoimento da mulher, para que se possa traçar uma linha de análise. Além disso, o Ibama vai analisar o caso e a mulher também pode ser multada em até R$ 10 mil por crime ambiental.

Desde que o vídeo com os maus-tratos foi postado no Youtube, a repercussão do caso não para e tem ganhado proporções cada vez maiores. Já circulam na internet e-mails pedindo ao Conselho Regional de Enfermagem que o diploma de enfermeira da agressora Camila Corrêa Alves de Araújo, 22 anos, seja cassado. Um médico de Goiânia, de 66 anos, que possui os dois últimos sobrenomes iguais aos dela, denunciou que está sofrendo ameaças, mesmo não tendo nenhuma relação com o caso.

No local onde a mulher vive com a família, a polícia precisou reforçar o policiamento por causa de pessoas mais exaltadas. Segundo Firmino, moradores de Formosa se manifestaram em frente ao local e ameaçaram apedrejar o prédio. “Eram cerca de 15 pessoas com faixas e cartazes escrito ‘Assassina’. O problema é que a Camila nem está lá, por medida de segurança, e quem sofre são os vizinhos.” Ele explica que ocorre um policiamento preventivo no local e orienta às pessoas que o caminho não é tentar fazer “justiça com as próprias mãos”.

Rinha de galo
A PM apreendeu 194 galos na cidade de Água Limpa, a 192 km de Goiânia, no domingo (19). Eles eram usados em rinhas. O local foi encontrado após denúncia. A polícia também apreendeu 48 capangas para transporte das aves, balança, 21 biqueiras de couro e outros objetos utilizados no preparo das rinhas. O dono do estabelecimento foi preso em flagrante e pode ficar por até dois anos cumprindo medidas socioeducativas. No entanto, por não ter um local para deixar os galos, o próprio infrator foi nomeado como depositário fiel dos bichos.

Fonte: Jornal o Hoje

Audiência pública discute contrato de subconcessão dos serviços de esgoto da Saneago

12:16 0 Comments A+ a-



Se efetivado, o contrato dará à empresas privadas direito de investirem R$ 1,3 bilhão de reais em cidades goianas.

Polêmicas ocorreram durante a audiência pública que discutiu o contrato de subconcessão dos serviços de esgoto em Anápolis, Aparecida de Goiânia, Trindade, Rio Verde e Jataí. Caso seja efetivado, o contrato terá duração de cinco anos e irá transferir a responsabilidade para empresas privadas de investirem R$ 1,3 bilhão de reais nestas cidades.

O secretário de Gestão e Planejamento de Goiás, Giuseppe Vecci, destacou os motivos que levou o estado a propor a realização deste contrato de subconcessão.

“Devemos criar condições para que a gente possa avançar. Precisamos gerir aquilo que é de interesse público e cabe a nossa capacidade fazer uma boa gestão, uma boa fiscalização em cada um desses contratos”, avalia.

O coordenador do Centro de Apoio Operacional do Consumidor, Érico de Pina Cabral, aponta que o Ministério Público é contrário a este contrato. Segundo ele poderá haver prejuízos para o cidadão e para a própria Saneago. Ele afirma que o contrato acaba com a tarifa social, que hoje contempla mais de 80 mil usuários de baixa renda.

“Esse contrato é ótimo para a empresa sublocatária, péssimo para os consumidores, péssimo para a Saneago e péssimo para os municípios. Para os consumidores há a perda do subsídio cruzado que permite que determinadas cidades possam ter tarifas maiores que as outras. Péssimo para a Saneago que não vai receber nada em troca”.

Prejuízo ao consumidor

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Urbanas, João Maria de Oliveira que representa os funcionários da Saneago, teme que, caso o contrato seja efetivado, haja prejuízos ao trabalhador e principalmente ao consumidor.

“Não podemos pensar na universalização de apenas cinco municípios, e por sinal os mais ricos. Antes de funcionários, somos consumidores. Nosso temor é que a privatização inviabilize o sistema e penalize todo o cidadão goiano”.

Para o presidente da Saneago, Nilson Freire todas as garantias serão dadas e o modelo de subconcessão poderá ser estendido. O presidente argumenta que não se trata de privatização.

“O principal objetivo é cumprir os planos municipais de saneamento dos cinco municípios que foram aprovados. O contrato de concessão continua com a Saneago e ela pode subdelegar os serviços de esgotamento sanitário para um parceiro privado. Não é privatização, é parceira”, argumenta.

Tarifas

Em discurso, o promotor de justiça Érico de Pina Cabral, criticou a forma que será feita ao reajuste. “As tarifas atualmente praticadas poderão diferenciar-se ao longo do contrato em razão das particularidades do território de cada um dos municípios” – se referindo a Anápolis, Aparecida de Goiânia, Trindade, Rio Verde e Jataí.

Das cinco cidades, Anápolis foi a única que não assinou o contrato. De acordo com o Secretário de Obras da cidade, Clodoveu Reis, a situação do município é melhor do que em outros locais do estado.

fonte: Portal 730

Projeto que discute desafetação de 33 áreas é votado nesta terça-feira

12:13 0 Comments A+ a-



Desta vez, em caráter definitivo, o projeto que propõe a desafetação de 33 áreas de Goiânia será votado na tarde desta terça-feira (20). A proposta foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) vinda de uma emenda sugerida pelo líder da Prefeitura da Câmara Municipal de Goiânia, Agenor Mariano (PMDB).

Com esta alteração, é determinada a necessidade de um estudo sobreo impacto que será gerado no trânsito com a desafetação das áreas. Na área do Paço Municipal, há a possibilidade de venda e construção de prédios residenciais em sete áreas.

O Vereador Maurício Beraldo (PSBD) afirma que a emenda atende, em parte, o que foi questionado pela oposição, durante a discussão realizada em primeira votação no plenário.

“Já que nós da oposição não conseguimos barrar na primeira votação, o projeto do Prefeito de desafetação destas áreas, nós fizemos uma discussão geral com a sociedade, sobre a necessidade de se ter pelo menos junto a essas áreas um estudo de impacto de trânsito”, declara.

O Líder do Prefeito na Câmara, Agenor Mariano (PMDB) defende que a venda é apenas uma das possibilidades de uso das 33 áreas que devem ser desafetadas. Segundo ele, o projeto de lei estabelece os usos possíveis para cada região.

O Presidente da CCJ, Vereador Paulinho Graus (PDT) acredita que o planejamento de impacto de trânsito deve ser feito pela prefeitura em toda a cidade de Goiânia.

“Um estudo de impacto de trânsito custa cerca de R$ 500 mil. O município tem a responsabilidade social de incentivar aquelas empresas que querem crescer em Goiânia”, aponta.

O projeto de desafetação das 33 áreas na capital será votado definitivamente nesta tarde em sessão extraordinária no plenário da câmara.

Com informações do repórter Rubens Salomão (Portal 730)

MPF investiga funcionamento precário de hospitais em Goiás

12:09 0 Comments A+ a-



Hospitais das Clínicas, Hugo e HGG são alguns dos alvos do MPF.

O Ministério Público Federal em Goiás, por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão instaurou inquérito civil público para apurar eventuais ações e omissões ilícitas da União e do Estado de Goiás em relação à gestão das unidades federais e estaduais de saúde. A ação se refere principalmente quanto à adequação, qualidade e efetividade dos serviços públicos de saúde ofertados à população goiana.

De acordo com representação recebida pelo MPF/GO, unidades de saúde subordinadas à Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES/GO) funcionam de forma extremamente precária. Entre os problemas estão a falta de insumos, medicamentos e equipamentos de proteção individual; escassez de recursos humanos, equipamentos obsoletos e insuficiência de unidades de terapia intensiva (UTI).

“Essa precariedade contribui sobremaneira para a deficitária qualidade dos serviços de saúde ofertados aos usuários da rede goiana do Sistema Único de Saúde”, avalia o procurador da República Ailton Benedito. Há informações de que o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Goiás, unidade federal de saúde integrada à rede estadual do SUS, enfrentaria dificuldades semelhantes.

O MPF/GO enviou ofício para o Serviço de Auditoria do Departamento Nacional de Auditoria do SUS em Goiás (DENASUS/SEAUD-GO), requisitando, no prazo de 180 dias, realização de auditorias para apurar a adequação, a qualidade e a efetividade dos serviços de saúde ofertados aos usuários do Sistema Único de Saúde. As informações sobre o cumprimento dessa requisição deve ser enviada ao Ministério Público, acompanhada do cronograma de execução das auditorias, no prazo de 20 dias.

Serão alvo de auditorias as seguintes unidades de saúde: Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Goiás, Hospital Geral de Goiânia, Hospital de Doenças Tropicais, Hospital de Urgências de Goiânia, Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia, Hospital de Urgências de Anápolis, Hospital de Urgências da Região Sudoeste e Hospital Materno Infantil.

Com informações da Assessoria do MPF/GO (Portal 730)

Aeroporto de Caldas Novas (GO) passa a ter dois voos regulares

11:49 1 Comments A+ a-



Itinerário sai de Campinas/SP e passa por Goiânia, às quintas e domingos.
Objetivo é conquistar novos espaços, atraindo inclusive turistas estrangeiros.

Conhecida por ter o maior complexo de águas termais do mundo, a cidade de Caldas Novas, a 169 km de Goiânia, inaugurou neste mês duas linhas regulares de voo. O itinerário sai de Campinas/SP e passa por Goiânia, com voos às quintas-feiras e domingos. Até então, o município só recebia voos fretados. A intenção agora é conquistar novos espaços, atraindo inclusive turistas estrangeiros.

A Superintendência do Aeroporto prevê um aumento significativo na circulação de passageiros. Além dos voos fretados, com linhas regulares, estão previstos mais 75 voos, o que vai resultar em aproximadamente 6 mil turistas embarcando e desembarcando, no mês de janeiro, em Caldas Novas.

Para atender a demanda, novos funcionários devem ser contratados e os 26 que já trabalham no aeroporto passaram por uma capacitação. De acordo com o superintendente do aeroporto, Walter Luis, foram feitas várias adequações para que houvesse a liberação dos voos regulares em Caldas Novas: “ Dentre elas, a aquisição de equipamentos específicos, como raio-x de bagagem, detector de metais e também trabalhamos na qualificação dos profissionais.”

O turista Marco Aurélio, do Rio de Janeiro, levou a esposa, esta semana, para aproveitar as águas quentes de Caldas Novas: “Nós já tínhamos vontade de conhecer a cidade e agora facilitou muito”, diz.

Fonte: G1 Goiás

Prefeitura de Goiânia inaugura conjunto com 1,8 mil casas

11:40 0 Comments A+ a-



Projeto foi desenvolvido através do Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal.

A prefeitura de Goiânia inaugurou neste sábado (17) o condomínio Jardins do Cerrado, na região sudoeste da cidade. Foram entregues 1808 unidades habitacionais. O projeto foi desenvolvido em uma parceria entre a Secretaria Municipal de Habitação (Smhab) e o Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. A expectativa é que todas as famílias beneficiadas estejam instaladas em suas novas casas até o dia 31 de janeiro.
O condomínio já conta com água tratada, rede de esgoto, energia, creche e um centro de capacitação profissional. Em breve serão inaugurados um posto de saúde, uma creche e uma escola municipal.

As famílias beneficiadas foram transferidas de áreas críticas de vários pontos da cidade. Para obter o benefício todas passaram por um processo de seleção, que exigia que a renda familiar fosse inferior a três salários mínimos, que morassem em Goiânia há pelo menos três anos e não podiam possuir outros imóveis. As casas têm dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

O prefeito Paulo Garcia (PT) esteve presente na cerimônia de inauguração e falou da satisfação em fazer a entrega das casas.

- É um dia de alegria. Entregar 1808 unidades habitacionais a famílias, que agora tem um local seguro, uma titularidade definitiva, um espaço que é seu para criar seus filhos e netos com segurança, dentro de um espaço urbanizado e com toda infra-estrutura é motivo para muita comemoração.

Paulo Garcia agradeceu a presidente Dilma Rousseff (PT) e aos deputados federais goianos pelos recursos destinados à Goiânia.

Para o próximo ano, a prefeitura de Goiânia pretende entregar mais 5 mil unidades habitacionais. Um estudo da Smhab aponta que na cidade pelo menos 4,5 mil famílias vivem em áreas críticas.

Reeleição

Mais uma vez o prefeito esquivou-se de falar no assunto reeleição. Ao ser questionado sobre o tema, Paulo Garcia preferiu dizer que ainda faltam 14 dias para o fim de 2011 e que há muito trabalho a ser feito até a virada do ano. O petista lembrou que o processo eleitoral acontece apenas no final de 2012.

Circuito Banco do Brasil - Show Lulu Santos canta Roberto e Erasmo em Goiânia

15:39 0 Comments A+ a-




Data:18/12/2011
Local: Teatro Rio Vermelho
Horário: 21

Pela primeira vez, Maria Bethânia dedicará um show inteiramente à obra de Chico Buarque, Lulu Santos cantará a fase roqueira de Roberto e Erasmo e Sandy dará nova roupagem às músicas do ídolo Michael Jackson. Idealizados e dirigidos por Monique Gardenberg, em co-curadoria com Toni Platão, os três espetáculos inéditos acontecerão a partir de novembro, marcando a volta do Circuito Cultural, o bem-sucedido projeto itinerante do Banco do Brasil que durante uma década levou arte e cultura aos quatro cantos do país.

Criado em 1999, o Circuito Cultural Banco do Brasil investiu nas mais variadas formas de manifestações artísticas. Suas 121 ações - de shows de música popular e instrumental a exposições, oficinas, palestras, mostras de vídeos e espetáculos de teatro e dança – percorreram 32 cidades e reuniram um público de mais de 1,25 milhão de pessoas.

Esta primeira série de shows – sempre apresentados em dias consecutivos – começa em Curitiba (Teatro Guaíra, de 18 a 20 de novembro) e depois segue para São Paulo (Via Funchal, de 21 a 23 de novembro), Ribeirão Preto (Teatro Pedro II, de 6 a 8 de dezembro), Goiânia (Teatro Rio Vermelho, de 16 a 18 de dezembro) e Recife (Teatro Guararapes, de 18 a 20 de janeiro). A ideia é, a cada ano, ter grandes artistas da música brasileira abordando o repertório de um grande compositor.

Lulu Santos canta Roberto e Erasmo

Os números não mentem: sete milhões de discos vendidos, três dezenas de hits que atravessam gerações e uma intensa agenda de show – invariavelmente lotados – pelo país afora. Lulu Santos é um caso raro de artista que consegue manter a popularidade em alta, lançar discos com repertório inédito e dar continuidade a experimentação em seu repertório, que mistura rock, soul, funk e eletrônica, na mais perfeita tradução da música pop brasileira, gênero no qual é um precursor.

No ano em que comemora 30 anos de carreira, ele subirá ao palco despido de seus hits e de todo o repertório autoral pela primeira vez, para celebrar uma parceria responsável por outra infinita lista de canções que habitam a memória afetiva dos brasileiros há décadas: Roberto e Erasmo Carlos. A afinidade entre Lulu e o repertório da dupla já era evidente na regravação de ‘Se Você Pensa’, um dos grandes sucessos do álbum ‘Eu e Memê, Memê e Eu’ (1995), até hoje presença cativa em todas as pistas de dança.

Para o show, Lulu optou focar na fase roqueira do início da parceria do Rei com o Tremendão, entre canções que remetem à Jovem Guarda e outras afiliadas ao rock mais tradicional.

Circuito Banco do Brasil - Show Sandy canta Michael Jackson em Goiânia

15:34 1 Comments A+ a-




Data:17/12/2011
Local: Teatro Rio Vermelho
Horário: 21

Pela primeira vez, Maria Bethânia dedicará um show inteiramente à obra de Chico Buarque, Lulu Santos cantará a fase roqueira de Roberto e Erasmo e Sandy dará nova roupagem às músicas do ídolo Michael Jackson. Idealizados e dirigidos por Monique Gardenberg, em co-curadoria com Toni Platão, os três espetáculos inéditos acontecerão a partir de novembro, marcando a volta do Circuito Cultural, o bem-sucedido projeto itinerante do Banco do Brasil que durante uma década levou arte e cultura aos quatro cantos do país.

Criado em 1999, o Circuito Cultural Banco do Brasil investiu nas mais variadas formas de manifestações artísticas. Suas 121 ações - de shows de música popular e instrumental a exposições, oficinas, palestras, mostras de vídeos e espetáculos de teatro e dança – percorreram 32 cidades e reuniram um público de mais de 1,25 milhão de pessoas.

Esta primeira série de shows – sempre apresentados em dias consecutivos – começa em Curitiba (Teatro Guaíra, de 18 a 20 de novembro) e depois segue para São Paulo (Via Funchal, de 21 a 23 de novembro), Ribeirão Preto (Teatro Pedro II, de 6 a 8 de dezembro), Goiânia (Teatro Rio Vermelho, de 16 a 18 de dezembro) e Recife (Teatro Guararapes, de 18 a 20 de janeiro). A ideia é, a cada ano, ter grandes artistas da música brasileira abordando o repertório de um grande compositor.

Sandy canta Michael Jackson

Mais do que uma fã, Sandy sempre se identificou com a obra e a carreira de Michael Jackson. Ambos começaram a carreira ainda crianças e bastante ligados à raiz familiar, experimentaram o sucesso avassalador na infância e passaram com louvor no desafio da carreira solo. Na primeira visita do astro pop ao Brasil, em 1993, Sandy – à época com dez anos – não somente conheceu o ídolo, como fez uma pequena participação em seu show, ao lado do irmão Junior, no Estádio do Morumbi.

Antes mesmo da precoce morte de Jackson, em 2009, ela já interpretara algumas músicas de seu repertório, mas nunca tinha pensado em realizar um tributo exclusivamente dedicado a ele. A experiência será um contraste com o repertório de seu elogiado último álbum, ‘Manuscrito’, somente com canções autorais. ‘Michael fez parte da minha infância, seu talento musical era indiscutível, penso que ele é como uma lenda: imortal, vai ficar para sempre na história’, declarou a cantora.

Multinacional chinesa vai investir US$ 150 milhões em Goiás

13:39 1 Comments A+ a-




O governador Marconi Perillo se reuniu às 15 horas de hoje, no Palácio das Esmeraldas, com os representantes da Bramax e da multinacional chinesa Foton Lovol International Heavy Industry para instalação de uma unidade fabril em Anápolis. A reunião permitiu que fossem feitos os ajustes finais para preparação da assinatura do protocolo de intenções entre o Governo do Estado e os representantes da indústria para início da construção da fábrica que produz máquinas pesadas para construção civil. Os investimentos previstos são de US$ 150 milhões, com geração de até 450 empregos diretos.

Goiás dividia com o Paraná a preferência pela instalação da unidade fabril. Ao lado do vice-presidente da Foton, Mr. Zong Jun Feng, o diretor da Bramax, importadora master da Foton Lovol no Brasil, Daniel Durski, explicou que a opção por Goiás aconteceu há menos de dois meses. “Escolhemos Goiás pela participação do governador na negociação e por sua decisão em incentivar a vinda destes investimentos para o Estado. Isto foi determinante”, disse. O documento que sela a parceria entre multinacional e o governo deve acontecer dia 21, próxima quarta-feira.

O diretor explicou ainda que a escolha de Anápolis para a construção da fábrica se deu em função da sua posição estratégica no centro do País, e pelo seu polo industrial. A previsão é de que as obras iniciem em fevereiro, e as atividades em junho. Inicialmente, espera-se a contratação de 120 trabalhadores podendo chegar até 450 no primeiro ano de operação. Indiretamente, deve triplicar este número, conforme adiantou Daniel Durski. A expectativa é gerar 3 mil vagas de emprego até 2015.

O diretor explicou ainda que serão produzidos em Goiás 11 produtos da linha da Foton. A multinacional pretende estar pronta para fornecer maquinário para construção de obras de infraestrutura da Copa do Mundo, em 2014, e Olimpíadas, em 2016, ambas no Brasil. De acordo com dados da Bramax, a empresa é uma das maiores distribuidoras de equipamentos chineses no Brasil, atingindo este ano crescimento de 800%. A Foton Lovol é a maior fabricante de máquinas pesadas do território chinês. É a número um em fabricação de pás carregadeiras, escavadeiras, rolos de pneus e rolos compactadores. É ainda líder mundial na exportação para mais de 118 países.

Fonte: Goiás Agora