Valec define empresas que vão construir extensão da Norte-Sul

11:02 1 Comments A+ a-


As propostas das empresas interessadas na construção da extensão Sul da Ferrova Norte-Sul, que vai de Ouro Verde em Goiás a Estrela D’Oeste, em São Paulo, serão abertas no próximo dia 9 pela Valec - Engenharia, Construções e Ferrovias, responsável pela obra. A informação foi dada hoje, em Palmeiras de Goiás, pelo superintendente do trajeto Sul da Ferrovia Norte-Sul, Guilherme Romano, durante Encontro de Negócios que reuniu cerca de 200 pessoas.

A extensão Sul da Norte-Sul terá 670 quilômetros, dos quais 450 em território goiano. Serão cinco lotes com extensão média de 140 quilômetros cada um. Guilherme Romano confirmou o início das obras para o mês de agosto, explicando que todos os cinco trechos de Ouro Verde a Estrela D’Oeste serão construídos de forma simultânea, isto é, ao mesmo tempo, com previsão de conclusão dos trabalhos no fim de 2012.

No pique das obras, serão gerados de 10 mil a 14 mil empregos diretos e milhares de indiretos, além de serem criadas oportunidades de negócios em áreas diversas como a venda de produtos e serviços para as empresas construtoras. No trecho goiano da extensão Sul, a Norte-Sul terá quatro polos industriais e pátios de carregamento e descarregamento de mercadorias. Um ficará próximo a Goianira, na Região Metropolitana de Goiânia, outro em Santa Helena, o terceiro em Quirinópolis e o quarto em São Simão.

Nas últimas duas semanas, a Valec e o Governo de Goiás, por meio da Secretaria do Planejamento, realizaram Encontros de Negócios em cinco cidades do Sudoeste goiano, com participação de aproximadamente 3 mil pessoas. Os dois primeiros ocorreram em Santa Helena e Goianira, no últomo dia 18. O terceiro foi realizado em São Simão, dia 24.

Ontem o evento foi em Quirinópolis. Em todos os Encontros de Negócios os segmentos organizados da sociedade têm participação ativa, formulando muitas perguntas ao fim das palestras. Durante o encontro hoje em Palmeiras de Goiás os questionamentos foram mais intensos em relação ao processo de desapropriação das terras por onde passará o leito da ferrovia.

Fonte: Goiás Agora

1 comentários:

Write comentários
Anônimo
AUTHOR
25 de maio de 2011 14:14 delete

uma morte na fereovia norte sul em paumeiras de goias onde esta a seguraca dos trabalhadores do goias e a cipa

Reply
avatar