Capital Inicial em Goiânia

12:44 7 Comments A+ a-


Data: 09/04/2010
Local: Sol Music Hall

A Banda Está de Volta à Goiania dia 9 de abril, em seu primeiro Show após o acidente com o cantor Dinho Ouro Preto.Uma mega estrutura e uma novidade: O evento será 100% Open Bar.

Ingressos:
Area Vip Frontal Premium Seleta - R$ 50,00 (Agua, Refri, Suco, Cerva e Vodka) .
Camarote ExtraVip Burger King - R$ 70,00 (Agua, Refri, Suco, Cerva, Vodka e Salgados Finos).
Ingressos limitados.

Postos de vendas:
Burger King.
Sol Music Hall.

Missão de Goiás à China será realizada de 5 a 16 de abril

16:03 1 Comments A+ a-

A nova missão do Governo de Goiás à China foi confirmada para o período de 5 a 16 de abril. Inicialmente a data da viagem estava marcada para 2 a 13 do mesmo mês. A comitiva goiana deve ser integrada por 20 pessoas, a maioria empresários e produtores rurais, além de dirigentes de entidades de classe, representantes da administração pública estadual e gestores municipais.

Esta será a terceira missão de Goiás à China, de uma série de cinco viagens que devem ser realizadas até o final do ano. Nas duas primeiras viagens foram mantidos contatos com autoridades do Governo chinês, empresários e representantes oficiais do Brasil no País. Agora a missão terá caráter mais técnico, com o objetivo de fechar negócios e firmar parcerias de investimentos. A comitiva goiana vai participar de rodadas de negócios e fazer visitas técnicas a instituições governamentais.

Expansão da soja
Segundo o secretário do Planejamento e Desenvolvimento, Oton Nascimento, o apoio do Governo Federal para a realização da missão, por meio do Ministério da Agricultura, fundamental para Goiás, isso porque estarão envolvidas também instituições como a Agência de Promoção de Exportação e Investimentos em Pequim, a Embaixada do Brasil na China e a Embaixada da China no Brasil.

Além dos objetivos da iniciativa privada, o Governo de Goiás vai apresentar ao Governo chinês o projeto de expansão da soja ao longo do trajeto da Ferrovia Norte-Sul, com o objetivo de obter financiamentos para sua viabilização. As negociações com essas instituições já começaram nas missões realizadas pelo Estado em maio e setembro do ano passado.

Fonte: Goiás Agora

Goiás terá Unidade da Maior Fábrica de Tratores do Mundo

15:52 0 Comments A+ a-

O governador Alcides Rodrigues vai se encontrar agora de manhã, no Rio de Janeiro, com o presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko. Lá, assinam protocolo de intenções para instalar em Goiás uma unidade da maior montadora de tratores do mundo, a MTZ. O encontro será às 11 horas, no hotel Caesar Park, em Ipanema. Participam do encontro o chefe da Assessoria para Assuntos Internacionais de Goiás, Elie Chidiac, e os presidentes do Grupo Caramuru, Alberto Borges, e da Fieg, Paulo Afonso Ferreira.

Goiás Agora.

Bielorrussos querem montar indústria de tratores em Goiás

Goiás | 22/03/2010
Um protocolo de intenções entre o governos de Goiás e da Bielorrússia vai ser firmado com o objetivo de instalar fábrica de tratores e caminhões no Estado. A notícia foi dada pelo governador Alcides Rodrigues ao final da reunião com a delegação da Bielorrússia, chefiada pelo vice-primeiro ministro da República, Vladimir Semashko. Os bielorrussos passaram o dia conhecendo o potencial de produção de grãos, álcool e energia do Estado.

“Já deu fruto a nossa missão internacional”, comemorou o governador. “Agora estamos a procura de parceiros que possam viabilizar a instalação da fábrica de tratores aqui”, explicou Alcides Rodrigues que, no mês passado, visitou indústrias de máquinas agrícolas na Bielorrússia. Hoje os bielorrussos são os maiores fabricantes de tratores do mundo, com produção de 70 mil unidades/ano, sendo que 90% deles são exportados para 50 países.

Os europeus ficaram impressionados com o que viram em Quirinópolis e São Simão. “A alta produção, a automatização e a tecnologia empregadas na produção agrícola nos chamaram a atenção”, disse o vice-primeiro ministro. Eles visitaram a Usina São Francisco, em Quirinópolis. Totalmente automatizada, ela é autossustentável em energia elétrica e térmica e ainda vende o excedente.

Para a safra 2009-2010 a estimativa é produzir 350 mil toneladas de açúcar, 150 milhões de litros de etanol e gerar 290 mil MW de energia elétrica. Em seguida os europeus conheceram em São Simão as instalações da Caramuru, a maior processadora de soja do País. Em São Simão há a hidrovia Tietê-Paraná-Paranaíba que proporciona boa logística para escoamento da produção e exportações para áreas produtoras de Goiás e do Mato Grosso.

“Vamos trabalhar em três projetos básicos: a instalação de uma indústria de tratores; parcerias para montar indústria de caminhões e a exportação de potássio para o Brasil”, explicou Vladimir Semashko em Goiânia, logo após reunião com o governador. Hoje a Bielorrússia produz 30% do potássio consumido no mundo. Dos 6 milhões de toneladas de potássio que o Brasil importa, 2 milhões vêm da Bielorrússia. O presidente do Comitê Estatal do Petróleo, Química e Potássio daquele País, Oleq Petrov, fazia parte da comitiva.

Fonte: Jornal O Reporter

Festa Aldeia 2010 - 6ª Edição

12:55 5 Comments A+ a-

Data: 08/05/2010
Local: CEL da OAB - Jardim Nobre
Fone: (62) 3645-0136 e (62) 3642-0824
Site: www.iangabriel.com.br/online/festaaldeia/

Cada vez melhor!

Horário: 22h.

Atrações Internacionais:
- Andy Redanka (DJ oficial do U2)
- Spin Easy (DJ oficial do Snoop Dogg e Akon)

O melhor e mais completo Open Bar:
- Whisky
- Vodka
- Champagne
- Refrigerante
- Cerveja
- Água
- Cigarro
- Bombom
- Salgados Finos

Ingressos Limitados:
Masculino - R$ 100,00
Feminino - R$ 60,00

- Valores acima referentes à 1º lote e meia entrada.

Mais informações pelos telefones de contato.

Resultado da enquete: Goianos querem Shows da Lady Gaga e Beyoncè.

12:02 1 Comments A+ a-

Meses Atrás Perguntamos que Artista Internacional você gostaria que fizesse Show aqui em Goiânia?

Resultados:

34% .......... 998 Votos .......... Lady Gaga
25% .......... 741 Votos .......... Beyoncé
17% .......... 518 Votos .......... Akon
13% .......... 393 Votos .......... U2
12 % .......... 351 Votos .......... Britney Spears
10% .......... 319 Votos .......... Linkin Park
10% .......... 311 Votos .......... Rihanna
10% .......... 310 Votos .......... Cold Play
07% .......... 231 Votos .......... Madonna
07% .......... 223 Votos ..........Guns n Rose
09% .......... 272 Votos .......... Outros.

No Link "Outros" Foram Citados os Seguintes Artistas:
Backstreet Boys, Dream Theater, Rammstein, Anahi, System Of A Down, Bullet For My Valentiny, Ne-yo, Switchfoot , Jonas Brothers, Paramore, Whitesnake, AC/DC, Miley Cyrus , Mcfly, Aylor Swift, Selena Gomes, Demi Lovato, Mariah Carey, Switchfoot, Skillet, Eminem, Xuxa (????), Avril Lavigne, Vanessa Hudgens, Ashley Tisdale, Corbin Bleu, Demi Lovato,The Black Eyed Peas, Ke$ha, Katy Perry, Snoop Dogg ,Realidade Cruel.

Eh! Agora Vamos esperar algum Produtor ou alguma "Alma Divina" pra trazer Algum show Internacional pra Goiânia.

J. J. Jackson em Goiânia 2010

12:59 0 Comments A+ a-


Um dos maiores intérpretes da música americana, J. J. Jackson volta ao palco do Pub lançando seu trabalho novo Back in São Paulo. No repertório do ex-parceiro de Jimmi Hendrix, blues, R&B, black music e sucessos internacionais. Maiores informações no www.bolshoipub.com.br

Data: 24/04/2010
Local: Bolshoi Pub

UFO em Goiânia - The Visitor World Tour 2010

12:44 0 Comments A+ a-

O UFO, uma das lendárias bandas inglesas dos anos 70, anunciou através da agenda em seu site oficial mais dois shows em território nacional. Segundo a seção ‘Tour’ no site do grupo, o UFO também vai se apresentar em Goiânia e em Belo Horizonte.

Inicialmente a banda tinha confirmado apenas uma única apresentação no Brasil, em São Paulo, agora a turnê começa a tomar novas dimensões com esses dois shows anunciados.

Em breve detalhes devem ser divulgados.

26/05/2010 - São Paulo/SP
Carioca Club - Rua Cardeal Arco Verde, 2.899
Horário: 20h00
Ingressos: R$ 99,99 (pista 1º lote - mais taxa de conveniência) / R$ 149,99 (mezanino 1º lote - mais taxa de conveniência)
Informações: 11 3331-3978 / www.ticketbrasil.com.br

27/05/2010 - Goiânia/GO
The Bolshoi Pub - Rua T-53/T-2, 1.140, Setor Bueno
Informações em breve - www.bolshoipub.com.br

28/05/2010 - Belo Horizonte/MG
Lapa Multishow - Rua Álvares Maciel, 312
Informações em breve - www.lapamultshow.com.br

Calourada Medicina PUC - 2010

12:33 4 Comments A+ a-

Data: 08/05/2010
Local: CEL da OAB
Fone: (62) 7813-4762 e (62) 9975-4461

O melhor evento universitário de Goiânia está de volta com sua versão comemorativa de 5 anos!

Horário: 22h.

Atrações:
- Carlo Dall'Anese (Melhor DJ de House do Brasil)
- Leilah Moreno (Hip-Hop e Black Music ao vivo)
- Gordon Egde | Ibiza live show (ING)

Line Up:
- DJ Carrijo

Open Bar:
- Cerveja
- Refrigerante
- Água
- Champagne para mulheres

Bebidas à Preço de Custo:
- Whisky Red Label
- Vodka Absolut
- Red Bull
- Tequila José Cuervo

Ingressos:
Ele - R$ 45,00 (1º Lote)
Ela - R$ 30,00 (1º Lote)

- Todos os valores acima são promocionais.

Ponto de Venda:
- Trupe do Açaí

Informações pelos telefones de contato.

Release:
A calourada que mudou seus conceitos vai revolucionar mais uma vez. O melhor DJ do Brasil, a melhor cantora de Black Music do país e DJ internacional com Live Show.

Some isso ao público mais bonito e animado da cidade, essa é a Calourada MED*PUC especial de 5 anos.

Nova promessa para Centro Cultural Oscar Niemeyer

12:29 0 Comments A+ a-


Secretário da Fazenda assumiu compromisso ontem de concluir obras do Oscar Niemeyer até dia 6 de julho
Fabiana Pulcineli

O governo estadual fez compromisso ontem de finalizar as obras do Centro Cultural Oscar Niemeyer – entregue inacabado há quatro anos –, até o dia 6 de julho. A promessa foi feita pelo secretário estadual da Fazenda, Jorcelino Braga (PP), em audiência com representantes do movimento Rock pelo Niemeyer, que atua em favor da conclusão do centro.

Apesar do prazo estabelecido, o governo ainda não lançou o edital de licitação para dar continuidade às obras. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) concluiu no dia 25 de fevereiro parecer que determina contratação de nova empresa para terminar o centro.

A obra foi inaugurada, sem terminar, em março de 2006, pelo então governador Marconi Perillo (PSDB), hoje senador, pouco antes de ele renunciar ao cargo e passar o comando do Estado ao governador Alcides Rodrigues (PP).

Desde o ano seguinte, quando o TCE apontou suspeitas de superfaturamento na obra e questionou aditivos, o governo vinha alegando que não podia finalizá-la enquanto o tribunal não desse parecer. No início deste mês, Alcides garantiu que acataria a decisão do TCE, mas o governo ainda não deu início ao processo licitatório.

Durante reunião com o deputado estadual Thiago Peixoto (PMDB) e os produtores culturais Pablo Kossa (Fósforo Cultural) e Fabrício Nobre (Monstro Discos), o secretário ligou para o presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), José Américo de Sousa, e informou que serão necessários 45 dias para a licitação e outros 60 para o fim das obras.

O POPULAR não conseguiu ouvir o presidente da Agetop para saber detalhes do processo de licitação. No site da Central de Aquisições e Contratações (Centrac), não há registro como licitações em andamento nem futuras. Braga não soube informar como está o processo. “Ele só me disse que precisa de 45 dias para fazer a licitação”, disse o secretário.

Segundo Braga, o valor estimado para a conclusão é de R$ 3,5 milhões. A Warre Engenharia, responsável pela execução das obras, estaria trabalhando para fazer ajustes e negociando com o governo os valores devidos. O projeto inicial do centro previa gastos de R$ 12 milhões, mas já foram pagos R$ 65 milhões.

O secretário afirmou que uma comissão de apuração de responsabilidades da Agetop trabalha para avaliar a situação e apontar os culpados pela atual inoperância do centro. A apuração dos fatos foi determinada pelo TCE.

Na conversa de ontem, Braga mostrou relatório completo do TCE que aponta superfaturamento de até 29.000% em itens da obra. “Quem se senta em uma cadeira de R$ 20 mil? Essas cadeiras existem lá”, exemplificou. Ele reclamou também que o governo anterior deixou R$ 5 milhões de dívidas do centro.

No dia 2 de março, o POPULAR mostrou que, abandonada, a obra vem se deteriorando com infiltrações e rachaduras nos prédios, além de outros problemas estruturais. Os problemas foram apontados em vistoria feita pelo TCE.

Movimento

O movimento Rock pelo Niemeyer começou a ser divulgado pelos produtores culturais no dia 19 de fevereiro, depois que a revista Carta Capital divulgou reportagem denunciando que nem o arquiteto Oscar Niemeyer recebeu pagamento de R$ 200 mil pelo projeto do centro.

A partir de então, Marconi e aliados sinalizaram com apoio ao movimento. Na sexta-feira, o senador reuniu representantes do setor cultural do Estado e solicitou articulação em favor da liberação do centro. A atitude provocou insatisfação do movimento, que prepara mobilização para sábado, a partir das 14 horas, na Praça Cívica.

Os organizadores dizem que o movimento é suprapartidário e não aceitará tentativas de favorecimento político. Segundo eles, Thiago solicitou a audiência porque o governo resistia em receber os produtores culturais

Fonte: Jornal O Popular

Gestantes, Doentes crônicos e Crianças recebem Vacina contra Gripe A

12:21 0 Comments A+ a-


Salas de vacinação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) atendem novo grupo prioritário para vacinação contra a gripe A (H1N1). Até o dia 2 de abril devem receber a vacina, gestantes, portadores de doenças crônicas e crianças com idade entre seis meses e menores dois anos. Campanha visa evitar complicações de casos da doença que em 2009, matou 77 pessoas no Estado. 18 eram moradoras de Goiânia.

Entre os doentes crônicos deverão receber a vacina, somente os portadores de doenças no coração, fígado e rim, diabetes, imunodeprimidos (como câncer, aids e outras patologias) e com obesidade mórbida, com até 59 anos.

Os portadores de doenças crônicas com 60 anos ou mais serão imunizados contra a gripe A durante a Campanha de Vacinação do Idoso, a partir do dia 24 de abril, informa a diretora de Vigilância em Saúde da SMS, Cristina Laval.

0800
Os que tiverem dúvidas sobre locais de vacinação ou quais grupos selecionados para receber a vacina contra gripe A, poderão obter informações pelo telefone 0800 646 1510, opção 3.

Balanço
De acordo com dados parciais do Departamento de Vigilância Epidemiológica da SMS, de 8 a 19 de março, período do cronograma de vacinação contra a gripe A dedicado aos profissionais de saúde, mais de 20 mil foram imunizados em Goiânia. “Esperávamos 18 mil, mas prevemos que quando os todos dados forem computados, alcançaremos 23 mil pessoas, o que corresponde a 33% dos trabalhadores do Estado”, diz Cristina Laval.

Cartão
As salas de vacinação que vão disponibilizar a vacina estão sediadas em centros e saúde, unidades da Estratégia Saúde da Família, Centros Integrados de Assistência Médico-Sanitária (Ciams) e Centros de Assistência Integrada á Saúde (Cais), localizados em diferentes regiões da capital.

Os que vão receber a vacina devem portar cartão e documento pessoal. No caso das gestantes, o cartão do pré-natal. As crianças recebem a vacina ministrada em duas meias doses, sendo a segunda, 30 dias após recebimento da primeira. As salas de vacinação funcionam das 8 às 17 horas.

Previna-se
- Lavar as mãos com água e sabonete, especialmente depois de tossir ou espirrar;
- Ao tossir ou espirrar, cobrir o natiz e a boca com lenço descartável; não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;
- Procure profissional médico ou unidade de saúde mais próxima em caso de gripe para diagnóstico e tratamento edequados;
- Não use medicamentos sem orientação médica. A automedicação pode ser prejudicial à saúde;
Pessoas com qualquer gripe devem evitar ambientes fechados e aglomeração de pessoas.

Onde vacinar
Cais Cândida de Morais
Cais Finsocial
Cais Jardim Curitiba
Maternidade Nascer Cidadão
Unidade de Atenção Básica á Saúde da Família (UABSF) Barravento
UABSF Jardim Primavera
UABSF Parque Tremendão
UABSF Setor Estrela Dalva
UABSF Setor Recanto do Bosque
UABSF Vila Mutirão
Centro de Saúde Parque Anhanguera
Centro de Saúde Vila Boa
Centro de Saúde Vila Mauá
Centro de Saúde Setor União
Ciams Novo Horizonte
UABSF Garavelo B
UABSF Madre Germana
UABSF Parque Santa Rita
UABSF Setor Andréia Cristina
UABSF Real Conquista
UABSF Eli Forte
Cais Jardim Guanabara
Centro de Saúde Balneário Meia Ponte
Centro de Saúde Conjunto Itatiaia
Centro de Saúde Setor Perim
Centro de Saúde Vila Clemente
Centro de Saúde Vila Maria Clemente
Centro de Saúde Vila Maria Dilce
Ciams Urias Magalhães
UABSF Cachoeira Dourada
UABSF Residencial Vale dos Sonhos
UABSF São Judas Radeu
Centro de Saúde Parque Amazonia
Centro de Saúde Vila Redenção
Ciams Jardim América
Ciams Pedro Ludovico
Cais Campinas
Cais Deputado João Natal (antigo Vila Nova)
Centro de Saúde Esplanada do Anicuns
Centro de Saúde Fama
Centro de Saúde Norte Ferroviário
Centro de Saúde Rodoviário
Centro de Saúde Setor Criméia Leste
Centro de Saúde Setor Negrão de Lima
Centro de Saúde Vila Canaã
Centro de Saúde Vila Moraes
Centro de Saúde Vila Santa Helena
UABSF Criméia Oeste
UABSF Leste Universitário
Cais Amendoeiras
Cais Chácara do Governador
Cais Novo Mundo
Centro de Saúde Água Branca
Centro de Saúde Aruanã III
Centro de Saúde Conjunto Riviera
Centro de Saúde Parque Atheneu
UABSF Recanto das Minas Gerais
UABSF Vila Pedroso
Cais Bairro Goiá
Centro de Saúde Bairro São Francisco
Centro de Saúde Parque dos Buritis
Centro de Saúde Parque Industrial João Braz
Centro de Saúde Vera Cruz
Centro de Saúde Vera Cruz II
UABSF Parque Eldorado Oeste
UABSF Residencial Goiânia Viva

Fonte: Prefeitura de Goiânia

UEG de Aparecida de Goiânia terá Sete Cursos

12:10 5 Comments A+ a-


A unidade da UEG de Aparecida de Goiânia vai ter sete cursos com início previsto para o segundo semestre deste ano. Foi o que ficou decidido em reunião, no gabinete da vice-Governadoria, na última segunda-feira, entre o vice-governador Ademir Menezes, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia - Aciag, Marcos Alberto Luiz Campos, a diretora da UEG local, Maria Lúcia, profissionais da educação e empresários do município.

Segundo a diretora Maria Lúcia, só depois de muitas conversações lideradas pelo vice-governador Ademir Menezes, entre a classe empresarial, a comunidade e representantes do setor educacional, ficou estabelecida a implantação dos cursos que atendem as necessidades do município. Os cursos são os seguintes: administração de empresas, ciências contábeis, pedagogia, direito, ciências biológicas, letras (inglês e espahol) e matemática.

Sugestões
A classe empresarial sugere ainda a criação de cursos de engenharia, química e, principalmente, administração em logística, devido à vocação industrial e à grande demanda por mão de obra qualificada em Aparecida de Goiânia. Segundo a Aciag, Aparecida de Goiânia emprega 96 mil trabalhadores e, só em 2009, foram criados 9 mil novos postos de trabalho no município, cuja população está em torno de 530 mil habitantes.

A construção do prédio da UEG Aparecida de Goiânia começou em 2004 e está com 98% da obra concluída. A instituição terá um bloco administrativo, auditório com 274 lugares e dois blocos de salas de aula com estacionamento para 214 veículos. Ao todo, estão sendo investidos mais de R$ 5,4 milhões do Governo do Estado na obra. Mais R$ 1,6 milhão será aplicado na aquisição de móveis e estruturação de laboratórios.

De acordo com o vice-governador Ademir Menezes, o funcionamento da UEG de Aparecida é um sonho realizado. “Lutamos muito para construir a unidade, agora vemos o projeto consolidado”, concluiu.

Fonte: Goiás Agora

Goiânia - No Coração do Brasil Completa 1 Ano

11:13 5 Comments A+ a-


No dia 22 de Março de 2009, foi Criado esse Blog nomeado como "Goiânia - No coração do Brasil", um Blog totalmente Amador, Feito por pessoa que Ama muito a sua Cidade, a intenção do blog é mostra pra todos o que Goiânia oferece de bom, mostrar os eventos e as principais noticias da Grande Goiânia e do Estado de Goiás.
Agradeço a todos pelos comentários, pelas visitas que vocês fazem no blog, graças a vocês leitores hoje o blog é um Sucesso. Conto com vocês para que o blog faça muito mais aniversário.

Obrigado!

Goiás é um dos estados que menos investe na Saúde

12:25 0 Comments A+ a-

Segundo o Ministério da Saúde, dos 27 estados brasileiros, somente 11 investem mais ou apenas o que impõe a legislação federal em saúde pública. De acordo com os dados, o Rio Grande do Norte está à frente até mesmo dos grandes centros urbanos das regiões Sudeste e Sul do país: São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina – estados com receitas tributárias bem maiores.

No patamar dos que investem mais de 12% estão, por ordem de classificação, Amazonas (23,8%), Distrito Federal (19,64%), Rio Grande do Norte (18,65%), Amapá (15,87%), Tocantins (15,12%), Roraima (14,46%), Acre (13,27%), Pará (12,57%), São Paulo (12,08%), Bahia (12,07%) e Sergipe (12,02%).

Os que investem abaixo dos 12% preconizados na Constituição estão: Rondônia, Santa Catarina, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Alagoas, Pernambuco, Espírito Santo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Goiás, Ceará, Piauí, Paraíba, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. O que estes 16 estados deixaram de aplicar na área de saúde em 2007 representa um volume de R$ 3,6 bilhões, recursos suficientes para construir 70 hospitais de médio porte. Em pior situação está o Rio Grande do Sul, que investe apenas 3,75%.

A Constituição Federal determina que os governos estaduais devem destinar, no mínimo, à saúde pública 12% da receita. Para alcançar o percentual, alguns estados chegaram a incluir gastos com tratamento de esgotos, plano de saúde de funcionários, aposentadoria de servidores da saúde, alimentação de detentos e programas sociais.

Investimentos em saúde por ordem de classificação:

1º Amazonas (23,8%),
2º Distrito Federal (19,64%)
3º Rio Grande do Norte (18,65%)
4º Amapá (15,87%)
5º Tocantins (15,12%),
6º Roraima (14,46%),
7º Acre (13,27%),
8º Pará (12,57%),
9º São Paulo (12,08%),
10º Bahia (12,07%)
11º Sergipe (12,02%)
12º Rondônia (11,09%)
13º Santa Catarina (11,28%)
14º Mato Grosso (10,77%)
15º Rio de Janeiro (10,77%)
16º Alagoas (10,56%)
17º Pernambuco (10,54%)
18º Espírito Santo (9,99%)
19º Paraná (9,81%)
20º Mato Grosso do Sul (9,44%)
21º Maranhão (8,89%)
22º Goiás (8,09%)
23º Ceará (7,87%)
24º Piauí (7,77%)
25º Paraíba (7,41%)
26º Minas Gerais (7,09%)
27º Rio Grande do Sul (3,75%)

Fonte: Folha de S. Paulo

Houston Serve de Modelo ao novo Parque em Goiânia

12:14 1 Comments A+ a-

O presidente da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura, Luiz Humberto de Oliveira Guimarães, retornou dos Estados Unidos entusiasmado com o que viu no Houston Livestock and Rodeo no Texas e já antecipou o que pode ser aplicado na construção do novo parque agropecuário de Goiânia.

A previsão de instalação de uma feira moderna e funcional numa área de 16 hectares, entre o Campus 2 e o Jardim Guanabara, na região norte desta Capital, é para os próximos dois anos. Como detinha a informação de que em Houston se localiza um parque nos moldes preconizados pela diretoria da SGPA, constituiu-se este ano uma delegação para visitar aquela mega exposição nos Estados Unidos. As semelhanças geoeconômicas entre Goiás e o Texas e as exposições agropecuárias dos dois estados são aspectos somatórios, na visão do presidente da SGPA, que participou da delegação goiana a Houston nos últimos seis dias. “Goiás é um estado agropecuarista por excelência. O Texas, que tem Houston como capital, é uma região americana de uma pecuária de primeiro time e produz petróleo”, assinala Luiz Humberto de Oliveira Guimarães, comparando os dois estados. Se Goiás não produz petróleo, todavia, possui um solo rico em minérios.

Beto Guimarães observa ainda que Houston detém a maior feira pecuária do mundo, além dos shows nos moldes da exposição de maio em Goiânia, que reúne ao longo das duas semanas uma visitação de quase um milhão de pessoas e negócios diretos que ascendem a R$60 milhões. Os governos da União, do Estado e do Município nos Estados Unidos contribuem com a promoção da feira, a exemplo do que se verifica na capital goiana, onde cada governante oferece uma parcela de contribuição. Em Goiânia, a Prefeitura, através da Comurg, é essencial na coleta do lixo, de onde recolhe toneladas de detritos, promove a limpeza ao longo da madrugada, faz serviços de poda das árvores e da grama.

O governo estadual, por intermédio da Secretaria de Segurança Pública, assegura um notável policiamento logístico, com o qual evita eventuais tumultos, roubos de veículos e assaltos. As Polícias Civil e Militar operam desde os terminais de ônibus, monitorando de forma reservada as pessoas que se locomovem ao parque no período da exposição, ao interior propriamente dito. Uma unidade do Corpo de Bombeiros se mantém em posição constante de alerta, com o objetivo de conter possíveis incêndios. As Secretarias da Agricultura, do Turismo, da Saúde e da Comunicação são parceiras da SGPA, cada um dentro de suas características. A Agrodefesa põe seus agentes na área de sanidade animal à disposição dos expositores.

A Agecom, responsável pela comunicação oficial do Estado, disponibiliza as emissoras da Rádio e da Televisão Brasil Central para transmissões diretas em estande especialmente montado. Através do governo federal, há o apoio do Ministério da Agricultura, em Brasília, e da Superintendência em Goiás, da Polícia Rodoviária Federal, entre outras instituições numa manifestação praticamente imperceptível, mas não menos importante. “Como se percebe, existem fortes semelhanças entre as gestões das duas mostras e que contribuem para a construção de um novo modelo de parque”, aponta Ricardo Yano, vice-presidente da SGPA e tradicional expositor de gado da raça nelore nas sucessivas feiras de Goiânia, seguindo o exemplo de seu pai João Yano, que presidiu a instituição, construiu a nova sede em Nova Vila.

A missão de Goiás a Houston foi composta do presidente da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura, Beto Guimarães, e do vice Ricardo Yano; do secretário da Agricultura, Leonardo Veloso, do secretário do Turismo, Barboza Neto, e do presidente da Associação Goiana do Nelore, Fábio Porto. “Estamos todos nós que fomos a Houston impressionados com a organização e a união de todos no Texas em defesa da atividade pecuária e de sua principal exposição”, manifestou Beto Guimarães, demonstrando a exemplo dos demais companheiros a impressão positiva do que observou na feira texana.

Fonte: SGPA

Avenida Leste - Oeste Será Inaugurada Amanhã

12:47 1 Comments A+ a-


A Prefeitura de Goiânia, por meio da Agência Municipal de Obras - AMOB, concluiu um trecho (1,8 km) da obra da Avenida Leste-Oeste, entre a Rua Benjamiin Constant, na Vila Abajá e a Avenida Dom Eduardo na Vila São José, uma ponte em duas pistas sobre o Córrego Cascavel e mais um trecho (1,6 km) entre o Bairro Goiá e o Parque Industrial João Braz, próximo ao Residencial Serra Azul. Essa obra teve um custo de mais de 10 milhões de reais e já estão reservados mais de 20 milhões para continuação dessa via, tudo com recursos do Governo Federal e Municipal.

A ponte foi denominada Ponte dos Missionários Redentoristas, atendendo a um projeto de lei da vereadora Célia Valadão, sancionado no ano passado (2009) pelo prefeito Iris Rezende.

A Avenida Leste-Oeste será um eixo viário de extrema importância para nossa capital, pois, além de desafogar o tráfego da Avenida Anhanguera e da Avenida Castelo Branco, nesse lado oeste, também facilitará o acesso da região Noroeste em direção ao Centro.

Desapropriação
Para realizar esse trecho da obra, a Prefeitura desapropriou cerca de 180 imóveis construídos em locais irregulares na região do bairro de Campinas, ao longo da extinta estrada de ferro, dessas 113 famílias foram transferidas para novas casas no Residencial Itamaracá, construído pela Prefeitura, próximo àquele local, outras famílias para outros conjuntos habitacionais da Prefeitura e algumas receberam indenização financeira. Esse processo custou para os cofres públicos municipais aproximadamente 10 milhões de reais, ainda, ressalta-se que todas as famílias foram acompanhadas por assistentes sociais da AMOB.

O Projeto
O principal objetivo da implantação do projeto do eixo viário, também chamado de Avenida Leste-Oeste, é ligar, no primeiro momento, bairros periféricos da Região Oeste da cidade até a Região Central, sendo que do lado Oeste são 15 km, dos quais cerca de 6,6 km já estão concluídos.

Dentre os bairros que se beneficiam com essa intervenção estão: Vila Abajá, Vila Isaura, Vila São José, Esplanada do Anicuns, Bairro Goiá, Parque Industrial João Braz e Conjunto Vera Cruz. Futuramente, o projeto interligará o lado Leste a partir do município de Senador Canedo até o lado Oeste ora em construção, na divisa do município de Trindade.

Inauguração:
A entrega desse trecho será feita pelo prefeito, Iris Rezende, acompanhado do Presidente da AMOB, Francisco Almeida, amanhã, 21, às 09:00 h, no Cepal da Vila Abajá.

O evento terá início com o corte da fita de inauguração, logo após haverá uma caminhada (400 m) até a Ponte dos Missionários Redentoristas onde será realizado o descerramento da placa de inauguração da mesma. Haverá ainda, às 10:30 h, a entrega de uma pista do trecho entre o Bairro Goiá e o Parque Industrial João Braz, próximo ao Residencial Serra Azul e a assinatura das Ordens de Serviço para execução da continuação da Leste-Oeste no trecho (1,6 km) entre a Avenida Anhanguera e a Avenida Castelo Branco e do trecho de sua continuação até o Conjunto Vera Cruz II

Fonte: Prefeitura de Goiânia

Goiânia Ganha Parque Jerivá no dia Mundial da água

12:40 0 Comments A+ a-


O Dia Mundial da Água, 22, será celebrado em Goiânia com uma extensa programação envolvendo crianças e educadores ambientais. De presente, a cidade ganhará mais uma área de preservação ambiental. O prefeito Iris Rezende (PMDB) inaugura o Parque Municipal Jerivá João Bosco Gomes Louza às 18 horas.
O Parque Municipal Jerivá João Bosco Gomes Louza é a 18º unidade de preservação projetada pela Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), localizada entre a Rua Anicuns e Rua Belo Horizonte, na divisa dos Setores Vila Vera Cruz, Vila Fernandes e Centro-Oeste.

Uma parceria firmada entre a Prefeitura de Goiânia, Goldfarb Construtora e Incorporadora e Terrano Empreendimentos realizou mais uma obra de recuperação de áreas degradadas que proporcionará aos moradores da capital a oportunidade de desfrutar de mais um parque.
A obra de implantação do parque está sendo financiada pelas duas construtoras, em regime de compensação ambiental. No caso das construtoras Goldfarb e Terrano, a aplicação de recursos na implantação do Parque Jerivá acontece como compensação ambiental pela construção das torres do Residencial Brisas do Parque, um empreendimento que está sendo executado em frente à unidade de conservação.

Esse mecanismo financeiro tem o objetivo de compensar os efeitos de impactos ambientais não-mitigáveis. A compensação ambiental pode ser aplicada tanto no ato do licenciamento ambiental de um empreendimento ou atividade potencialmente poluidora, ou quando ocorre um dano ambiental efetivo. No caso, o responsável pelo empreendimento, atividade ou dano ambiental firma um termo de compromisso com a Amma, onde ele deverá financiar a implantação e a manutenção das unidades de conservação, destinando para tanto um valor que não seja inferior a 0,5% do custo total do empreendimento.

Área de preservação
Com 22.272,28 metros quadrados, a unidade está localizada na Região Campinas, em área de preservação ambiental, e tem no seu entorno imediato uma área em fase de crescimento e consolidação com os seguintes bairros: Setor Centro-Oeste, Vila Vera Cruz, Vila Fernandes, Vila São Luiz, Vila Perdiz, Urias Magalhães e Nossa Senhora Aparecida e outros. Sua situação antes da intervenção era de completa antropização em virtude da ocupação anterior da área por edificações que foram demolidas para a implantação deste parque.

Projeto de drenagem do Parque Jerivá
Um dos pontos principais que foram considerados durante o processo de implantação desta Unidade de Conservação foi o reuso da água para abastecimento do lago. A obra realizada consistiu na construção de um lago que é abastecido por afloramentos existentes na área, que anteriormente sofriam com aterros constantes dos resíduos de construção civil.

A gerente de Contenção e Recuperação de Erosões e Afins (GECRE), Karla Maria Silva de Faria, explica que, a fim de contribuir para a manutenção do lago, adotando o sistema de drenagem urbana sustentável, a captação da água pluvial (água das chuvas) dos telhados dos novos empreendimentos será armazenada numa caixa de retenção, que será bombeada e direcionada para uma valeta de infiltração, instalada na cabeceira do lago. Apenas o excedente, ou seja, o volume não infiltrado será encaminhado para a galeria de água pluvial já existente, evitando enchentes e a sobrecarga das redes públicas.

Para o presidente da Amma, Clarismino Luiz Pereira Junior, o sistema de drenagem sustentável instalado no Parque Jerivá, inédito em Goiânia, é uma conquista para a população da região e também para o meio ambiente. “Assim como aconteceu com o Parque Cascavel, a área abandonada foi revitalizada e servirá como local de educação e lazer para centenas de pessoas, além de valorizar o espaço urbano”, afirmou.

Obra executada
Os elementos componentes da obra de arquitetura e engenharia ambiental (equipamentos e mobiliários urbanos) foram projetados e construídos utilizando as áreas livres destinadas às atividades de lazer, convivência e administração, que apresenta uma estrutura física composta por lago com bordas enrocadas, pista de caminhada, estação de ginástica, pergolados, estar de convivência, parque infantil, administração/sanitário público; bancos de madeira, banco de alvenaria e coletores de lixo. O parque conta também com iluminação interna, comunicação visual, recomposição florística e paisagística.

Goiânia: capital verde do Brasil
O número de parques totalmente implantados na cidade, que em janeiro de 2005 era de apenas seis, foi praticamente triplicado, saltando para 23, em fevereiro de 2010, tornando-se referência nacional em termos de preservação ambiental.

Os seis parques totalmente implantados são: Areião, Vaca Brava, Gentil Meireles, Lago das Rosas, Botafogo e Bosque dos Buritis. Hoje, a cidade conta também com os Bosques do Café, José Eduardo Nascimento, Boa Vista, Bougainville e Índia Diacuí e com os Parques Flamboyant, Sabiá, Beija-Flor, Taquaral, Liberdade, Fonte Nova, João Carlos Fernandes (Parque da Lagoa), Itatiaia, Nossa Morada, Cascavel, Carmo Bernardes e Parque Bosque das Laranjeiras. Além disso, a Amma promoveu a completa revitalização do Bosque dos Buritis e finaliza agora as obras de revitalização do Lago das Rosas e do Parque Areião. Conforme um estudo realizado pela Agência, Goiânia é a capital brasileira que possui maior número de metros quadrados de áreas verdes por habitantes no Brasil.

Segundo o levantamento, Goiânia possui 94 metros quadrados de áreas verdes por habitante, superando Curitiba, que possui 51 metros quadrados de área verde por habitante e era, até então, considerada a capital brasileira que ocupava o primeiro lugar no ranking desse tipo de comparativo. A campeã mundial, a cidade de Edmonton, no Canadá, tem um quantitativo pouco maior: 100 metros quadrados de área verde por habitante. Conforme a Organização das Nações Unidas (ONU) é recomendável que uma cidade tenha pelo menos 12 metros quadrados de área verde por habitante. Goiânia supera hoje em quase oito vezes esse índice.

Goiânia também é a capital brasileira com o maior número de árvores plantadas em vias públicas do País. Esse resultado também foi fruto de um estudo feito pela Amma. Conforme levantamento dos técnicos da Amma, Goiânia possui hoje cerca de 950 mil árvores plantadas em vias públicas, superando Curitiba (cerca de 300 mil árvores) e João Pessoa (cerca de 40 mil), que eram referências nacionais em termos de arborização. O estudo mostra que há 0,79 árvore por habitante em Goiânia, enquanto em Curitiba esse índice é de 0,17 e em João Pessoa de 0,06.

Fonte: Prefeitura de Goiânia

Goiânia é a cidade mais desigual do Brasil. (O.o)

11:37 4 Comments A+ a-

ONU revela que 5 capitais brasileiras têm grande diferença entre ricos e pobres.

Alfredo Junqueira / RIO - O Estadao de S.Paulo
Cinco cidades brasileiras estão entre as 20 mais desiguais do mundo. Relatório apresentado ontem na abertura do V Forum Urbano Mundial da Organização das Nações Unidas (ONU), no Rio, revela que Goiânia (10ª), Belo Horizonte (13ª), Fortaleza (13ª), Brasília (16ª) e Curitiba (17ª) são as que apresentam as maiores diferenças de renda entre ricos e pobres no País.

O documento "O Estado das Cidades do Mundo 2010/2011: Unindo o Urbano Dividido" também informa que o Brasil é o país com a maior distância social na América Latina. O Rio, na 28ª posição, e São Paulo, na 39ª, também são cidades com alto índice de desigualdade, de acordo com o relatório.

Nove municípios na África do Sul lideram o ranking. As capitais da Nigéria, Etiópia, Colômbia, Quênia e Lesoto também estão entre as mais desiguais. No total, 138 cidades de 63 países em desenvolvimento foram analisadas. O relatório baseia suas conclusões no coeficiente Gini - cujos indicadores medem a concentração de renda de um país.

Na avaliação do coordenador do relatório e diretor do Centro de Estudos e Monitoramentos das Cidades do Programa da ONU para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat), o mexicano Eduardo Lopez Moreno, existe vínculo direto entre desigualdade e criminalidade. Mais do que custos sociais, o abismo entre ricos e pobres também provoca prejuízos econômicos. "Estatisticamente, existe sim um vínculo. É muito possível que a cidade mais desigual gere muito mais facilmente distúrbios e problemas sociais. As autoridades desses países vão deslocar recursos que deveriam ir para investimentos para conter esses movimentos sociais. O custo social acaba se traduzindo em custo econômico", afirmou Moreno.

Em termos de favelização, o estudo da ONU apresenta resultados paradoxais para o Brasil. Apesar de ter sido o país que apresentou o maior número absoluto de pessoas que deixaram de viver em condições de favelização na América Latina - 10,4 milhões -, a pesquisa mostrou que o desempenho relativo ficou abaixo dos vizinhos. Enquanto as condições de moradia melhoraram para 16% da população brasileira, esse índice ficou em 40,7% na Argentina, 39,7% na Colômbia, 27,6% no México e 21,9% no Peru.

As estimativas apresentadas na pesquisa são de que mais de 227 milhões de pessoas no mundo deixaram de viver em regiões faveladas desde 2000. Isso representa uma evolução 2,2 vezes maior do que o estimado nas Metas de Desenvolvimento do Milênio, que haviam estabelecido o objetivo de melhorar as condições de habitação de 100 milhões de pessoas até 2020.

"A situação melhorou em dez anos, mas, infelizmente, no mesmo período o aumento dos pobres urbanos é de 55 milhões", disse Anna Tibaijuka, diretora-executiva do ONU-Habitat. De acordo com a metodologia da pesquisa, deixar de viver em condição de favelização não significa necessariamente mudança de residência ou remoção de comunidade. Acesso a saneamento básico e água potável, o material utilizado nas moradias e a densidade das residências são os índices para avaliar se uma região é ou não favelada.

Para Moreno, o Brasil deve apresentar melhora de seus índices nos próximos anos por conta de programas governamentais de habitação e transferência de renda. "Bolsa-Família" e Minha Casa, Minha Vida são programas muito novos. É impossível medir agora porque essas mudanças têm uma evolução histórica. Elas vão mostrar em cinco anos os seus resultados", avaliou.

Fonte: Estadão

e aí galera vocês concordam com essa noticia?

Pressionada, CMTC anuncia mudanças

12:25 0 Comments A+ a-

Acuada diante da insatisfação popular traduzida em dois protestos recentes e queixas generalizadas dos passageiros (leia abaixo), a Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) reagiu ontem com uma série de medidas emergenciais que também vão atingir o trânsito de Goiânia. Em conjunto com as Agências Municipais de Trânsito e de Obras (AMT e Amob), a empresa anunciou a implantação de corredores exclusivos para os ônibus e a proibição de estacionamento nas avenidas T-7, T-9 e 85.

Para implantar os corredores exclusivos, haverá, ainda, o fechamento das ilhas centrais para impedir as conversões à esquerda e retirada dos semáforos de três tempos.

As medidas são as primeiras a ocorrer na infraestrutura dos chamados eixos principais do sistema de transporte de Goiânia após a licitação (em 2008). Segundo garante o presidente da CMTC, Marcos Massad, elas vão “dar velocidade”, além de não ser a única alteração de imediato (veja quadro).

Hoje, ele garante que haverá mais ônibus em pelo menos três das linhas que vinham sofrendo com maior demora, superlotação e, consequentemente, insatisfação – as linhas 019, 020 e 021. Na 019, o número de viagens a mais nos horários de pico já está definido. “Serão quatro viagens a mais e nas outras vamos avaliar melhor a demanda”, informou Massad.

Ontem à tarde Marcos Massad admitiu mais uma vez que fará uma revisão nas alterações promovidas em 27 linhas, em vigor desde fevereiro. Pela manhã, havia ocorrido o segundo protesto no Terminal da Praça da Bíblia por causa dessas mudanças que, segundo os usuários, fez reduzir o número de ônibus nas linhas e assim aumentar a demora.

Mas um dos promotores de Justiça que acompanham a questão, Érico de Pina, não vê a falta de ônibus como um problema resultante das alterações. “A falta de ônibus vem de antes e se agravou com as mudanças, com a falta de fiscalização pela CMTC”, avalia ele.

MP decide se entrará com ação

Os promotores da área de Defesa do Consumidor do Ministério Público (MP) estadual Érico de Pina e Murilo de Morais e Miranda devem se reunir na sexta-feira com a Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC). Segundo Érico, será a última reunião antes de o MP decidir por ajuizar ação contra a CMTC.

Entre os vários questionamentos dos promotores, está a falta de consulta e de divulgação prévia à população de usuários do sistema sobre as alterações nas 27 linhas que tiveram impacto sobre a rotina de aproximadamente 65 mil passageiros. Isto, apesar de a CMTC ter garantido no mês passado que o indicativo dos ajustes operacionais surgiu após pesquisas no sistema depois da licitação. Na ocasião, a companhia sustentou que fez levantamentos com passageiros dentro de terminais, verificando as demandas dos bairros, além de pesquisas sobe e desce e de origem e destino.

“Ou falta ônibus ou há incompetência para gerir. Ou as empresas operam com qualidade e eficiência ou largam o sistema”, reclama Érico, que pretende exigir que o presidente da CMTC apresente os autos de infração aplicados e as multas pagas pelas empresas.

O presidente da Agência Municipal de Trânsito Transportes e Mobilidade (AMT), Miguel Tiago, disse que o fechamento das ilhas pode não ser concluído em março, “embora seja intenção”, disse, reconhecendo que os órgãos municipais tinham prorrogado duas vezes – desde outubro –, a implantação dos corredores de ônibus, exigida pelo MP.

O prazo mais recente termina neste mês, quando a licitação completa dois anos. Além da CMTC e da AMT, a Agência Municipal de Obras (Amob) estará envolvida nas alterações.

Quanto ao rebaixamento de calçadas para estacionamento – o que afeta os pedestres –, Miguel Tiago pede a colaboração dos comerciantes para que o rebaixamento só ocorra nos casos permitidos – no quais a construção foi feita recuada. “Se os comerciantes não cooperarem, vão prejudicar o conjunto da sociedade”, afirmou.

Fonte: O Popular

Diante do Trono em Goiânia

12:18 0 Comments A+ a-

Para quem quiser conferir Ana Paula Valadão e todo o Ministério de Louvor Diante do Trono em Goiânia-GO, não pode esquecer que no dia 19 de março de 2010 eles estarão no Goiânia Arena, localizada no endereço Av. José Fued Sebba, s/n Jardim Goiás, Zona 0 – Goiânia (GO).

O site de divulgação do evento diz que é bem provável não ter outros grupos de louvor, devido ao impacto que o “Diante do Trono” vem trazendo a cada apresentação que faz. Até a data deste post, os ingressos ainda não estão sendo vendidos, mas em breve estaremos divulgando os pontos de venda.

É isso ai galera, agora é só esperar com muita paciência esse super show que o Ministério de Louvor Diante do Trono vai fazer em Goiânia.

Para maiores informações ligue e/ou acesse:

(62) 8409-9163
(62) 8405-8731
(62) 8406-9376
www.jovemx.com/dt2010

Usuários Fecham Terminal praça da Bíblia

12:15 0 Comments A+ a-

Milhares de usuários fecharam o Terminal Praça da Bíblia, das 7h30 às 11h, ontem, revoltados com o atraso e más condições de funcionamento do transporte coletivo de Goiânia. Tanto as 18 linhas alimentadoras que saem do Terminal, quanto os demais ônibus do Eixo Anhanguera, paralisaram as atividades. De acordo com policiais militares que estavam no local, “foi uma manifestação espontânea, sem grandes atos de violência ou vandalismo, apesar de alguns ônibus terem sido atingidos por pedras. Mas não foi necessário o uso da força policial”.

O protesto começou às 7h30, quando dezenas de pessoas que esperavam o ônibus Terminal Cruzeiro/019, há mais de uma hora, sugeriram a iniciativa. Imediatamente, os usuários que aguardavam as outras linhas aderiram ao movimento e todos fecharam as entradas do terminal, impedindo os ônibus de entrar ou sair, e exigiam a presença dos chefes da Metrobus.

Um funcionário da Metrobus, que não quis se identificar, bateu boca com um grupo de manifestantes revoltados e teve que sair do terminal escoltado por policiais. Por volta de 10h, o diretor técnico da Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo, Denício Trindade, compareceu ao Terminal Praça da Bíblia e admitiu as falhas no sistema de transporte coletivo de Goiânia. “Sabemos que tem falhas nas linhas alimentadoras e estamos trabalhando para solucionar os problemas, o mais rápido possível. O sistema viário de Goiânia precisa ser reformulado. Somente em fevereiro, foi registrado aumento de 25% de veículos particulares nas ruas da cidade, o que dificulta o trânsito.” Denício prossegue: “O Terminal Praça da Bíblia necessita de reforma, urgente, para ser adequado ao crescimento da demanda. Quanto mais aumentam os ônibus, mais aumenta o número de usuários, a demanda não para de crescer, o que causa a demora e a superlotação.”

O impasse só terminou por volta de 11h, quando uma comissão de oito usuários foi até a sede da CMTC, onde participou de reunião com representantes das empresas de transporte coletivo. Com a ajuda da tropa de choque, os ônibus voltaram a circular, aos poucos.


“O povo precisa se organizar para ser ouvido”
Com a paralisação dos ônibus, milhares de pessoas não foram ao trabalho, ontem pela manhã. Todos garantem, porém, que o protesto valeu a pena. A babá Cláudia Moura da Cruz, 35, mora no Recanto das Minas Gerais e trabalha no Setor Universitário, onde entra no trabalho ao meio dia. “Eu pego três ônibus. Saio de casa às 10h, para chegar no serviço meio-dia e mesmo assim, só chego atrasada. O cartão integração não adianta nada, porque os ônibus de todas as linhas demoram muito. Mesmo que não tenha que vir ao terminal, a gente tem que ficar esperando um tempão.”

A diarista Raimunda Lins, 63, mora no setor Colina Azul, em Aparecida, e trabalha no setor Negrão de Lima. Ela diz que já ficou mais de uma hora esperando o ônibus do Terminal Cruzeiro, justamente o 019. “Eu saio de casa 5h30, para chegar no serviço às 9h. Hoje não fui ao trabalho, mas valeu. O povo tem é que se unir muito mais e gritar, pra ver se alguém escuta. Pagamos caro pela passagem, só andamos em pé e amassados, e os chefões do transporte ainda aparecem na televisão falando que está tudo bem. É um desaforo.”

A recepcionista Aline Silva, 21, mora no setor Negrão de Lima e trabalha no setor Marista. “Todo dia chego atrasada e amassada. Já cheguei a ficar mais de uma hora esperando o 019. Já passava de hora do povo se manifestar.” O agente de saúde Sidney Rodrigues, 33, usuário do ônibus 020, gostou de participar da manifestação. “O povo precisa se organizar para ser ouvido.” (Maria José Sá)

Fonte: Jornal o Hoje

Banda Djavú Gravação do Novo DVD em Goiânia

12:05 2 Comments A+ a-

Data: 27/03/2010
Local: Eclipse Show
Site: www.eclipseshow.com.br/

Valores:
Pista R$ 20,00 (sem open bar)
Front Stage R$ 30,00 (Cerveja, refri, água
)

Postos de Vendas:
Rival calçados

Informações: (62) 3296 - 1335

Racionais Mc's em Goiânia

12:00 1 Comments A+ a-

Data: 20/03/2010
Local: Eclipse Show
Site:
www.eclipseshow.com.br/

Valores:
Pista R$ 20,00 (sem open bar)
Camarote R$ 60,00 (Cerveja, refri, água, whisky, suco c/ vodka, caldos e frios
)

Postos de Vendas:
Rival calçados

Informações: (62) 3296 - 1335

Sunset Live

12:54 0 Comments A+ a-

Data: 27/03/2010
Local: Chácara Fenícia
Fone: (62) 8177-2006, (62) 7812-0527 e (62) 8409-7354

Horário: 16h.

Line Up:
- Thiago Pena
- André Pablo
- Renato Borges
- Rafael Ramalho

Open Bar:
- Vodka
- Suco
- Champagne
- Água
- Cerveja
- Refrigerante

Valores:
Ele - R$ 70,00
Ela - R$ 30,00

- Valores referentes a meia entrada e 1º Lote.
- Pode ocorrer aumento sem aviso prévio.

Posto de Venda:
- Yakimaki Temakeria

Informações:
Sandro (62) 9973-0406
Pinicão (62) 9687-0295

Mais informações pelos outros telefones de contato.

2° Aparecida é Show (16° Rodeio de Aparecida de Goiânia) 2010

12:36 69 Comments A+ a-


Data: 06 á 11 de Maio
Local: Centro de Cultura e Convenções José Barroso
Site:
www.aparecidaeshow.com.br

Acontece do dia 06 ao dia 11 de maio de 2010 na cidade de Aparecida de Goiânia, o Aparecida é Show 2010 no Centro de Cultura e Convenções José Barroso.

O Rodeio de Aparecida de Goiânia é um dos maiores eventos de todo o centro-oeste brasileiro e para esse ano teremos diversas atrações.

Além do rodeio profissional, o Rodeio de Aparecida conta com shows dos melhore artistas nacionais, logo na abertura do Aparecida é Show 2010 teremos show com exaltasamba e no sábado dia 08 quem sobe nos palcos do Rodeio de Aparecida é a dupla sertanja Victor & Leo.

O Rodeio de Aparecida de Goiânia faz parte das comemorações do aniversário da cidade que é no dia 11 de maio.

Programação completa:

06/05 - quinta-feira
Show Exaltamba.
Abertura do rodeio com piracicabano queima de fogos.
Início das montarias.
Apresentação do motoqueiro Gine Fireball show.

07/05 - sexta-feira.
Show Calcinha Preta.
Show automotivo Abelvolks e Dj’s convidados.

Montarias.
Apresentação do motoqueiro Gine Fireball show.

08/05 – sábado.
Show Victor e Léo.
Rodeio mirim em carneiros.
Montarias.

09/05 – domingo - Dia das mães (mulher não paga).
Show Léo Magalhães.
Final do rodeio mirim em carneiros.
Abertura do rodeio com piracicabano queima de fogos.
Montarias e final do rodeio.
Entrega de prêmios.

10/05 - segunda-feira – Entrada franca.
Show Kleber Lucas.
Banda Expresso Pentecostal.
Marcos e Wagner.
Antonia Gomes.
Victor e Guilherme.
Neusa e Elza.

11/05 - terça-feira - Entrada franca.
Aniversário de aparecida de Goiânia.
Show com Michel Teló.
Boate Delux.
Show com a dupla Enzo e Henrique.
Show com a dupla Fred e Gustavo.
Show com a dupla Cristiano e Capella.

Pontos de Vendas:
Buritti Shopping (a partir do dia 20 de abril).

Ingressos:
Em Breve

Para Saber sobre a Pecuária de Goiânia 2010 click Aqui

Goiás é destaque Nacional pela Produção de Grãos, Carnes, Leite e Uva

10:26 0 Comments A+ a-

Goiás é destaque nacional pela produção de grãos, carnes e leite. Recentemente foi inserido no Estado o plantio de uva, que se tornou realidade em 30 municípios. A produção é de 30 toneladas por hectare, percentual superior ao da média nacional.

Nos últimos dez anos o Governo de Goiás em parceria com os produtores rurais vem desenvolvendo técnicas compatíveis ao solo goiano e ao clima tropical para o cultivo de uva no Cerrado. A cultura já ocupa posição de destaque nos municípios de Itaberaí, Santa Helena, Paraúna e Hidrolândia, Inhumas, Itapuranga, Aragoiânia, Planaltina e Jataí. Segundo o presidente da Comissão de Fruticultura da Faeg, Dirceu Cortez, o cultivo da uva em Goiás vai crescer em altas proporções, com potencial para criar um grande mercado de sucos e de vinhos.

Goiás já tem cerca de 500 hectares em uvas plantadas, com uma produção de aproximadamente 15 mil toneladas por ano, ou seja, por volta de 30 toneladas por hectare, percentual que está acima da média nacional, de 20 toneladas por hectare. Ao todo, existem hoje em Goiás, 250 produtores em 30 municípios. Produtores de outros 56 municípios estão aptos a iniciarem o cultivo de uva.

Perto do volume nacional, que é de 1,2 milhão de toneladas em 90 mil hectares, a produção goiana ainda é acanhada, mas o futuro da vitivinicultura no Estado é promissor. “Pelo que estamos percebendo, logo haverá um boom de produção. Além das cidades que já plantam, outras como Alexânia, Corumbá, Pirenópolis e Cristalina estão entrando no páreo também”, explica Dirceu.

Formação
O Governo de Goiás, por meio das Secretarias de Ciência e Tecnologia - Sectec e da Agricultura, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Goiás – Senar estão investindo na formação de profissionais para o manejo de uva.

A Secretaria da Agricultura e a Embrapa programaram um curso de capacitação em vitivinicultura em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, concluído no último dia 10. A Seagro montou uma turma de 38 alunos, entre eles 12 técnicos da Secretaria, que vão atuar como multiplicadores em Goiás da tecnologia utilizada pela Embrapa no plantio de uva. “Vamos adaptar técnicas utilizadas no Sul sobre o controle de qualidade e o espaçamento para separarmos as variedades”, destaca Weider Ribeiro, técnico da Seagro em Santa Helena.

Segundo a coordenadora do curso, Márcia Nara Silva, a expectativa é de que este seja o primeiro passo de uma grande jornada produtiva. “O que temos de fazer é preparar uma característica própria de vinhos produzidos no Cerrado goiano. Isso vai acontecer com um melhoramento genético, de seleção de mudas e de experimentação de várias safras, fazendo avaliações e seguindo os melhores resultado”, afirma.

Na opinião do gestor público da Sectec, João Marcos Bertoldi, o solo goiano, do ponto de vista da produção de suco e do próprio cultivo da uva, é altamente produtivo. Para a produção de vinho, diz Bertoldi, isso vai depender da variedade escolhida. “Por isso mesmo o curso é muito importante”, avalia.

Bertoldi pondera que, com as inovações tecnológicas, a uva pode ser cultivada em qualquer lugar. Mas é preciso saber cultivar. “Uma de nossas preocupações é a de fazer transferência de tecnologia, justamente para que todos os produtores interessados estejam ao alcance desse conhecimento".

O Governo de Goiás, como o objetivo de consolidar a cultura e a industrialização da uva no Estado, inaugurou no ano passado o Centro Tecnológico de Vitivinicultura, que recebeu R$ 1 millhão em investimentos. No Centro é formada mão de obra e pesquisadas técnicas de enxertia, de limpeza e cuidados de proteção contra pragas.

Festa da Uva
A Festa da Uva de Goiás chega à sua terceira edição este ano, e será realizada no segundo semestre, no município de Itaberaí. O evento retrata a evolução da vitivinicultura em Goiás. A estimativa é de um público superior a 50 mil pessoas. Durante o evento são ministradas palestras, cursos e promovidas visitas a parreirais e vinícolas, além de exposições de máquinas e equipamentos. A segunda edição da Festa da Uva foi realizada em Santa Helena de Goiás, município considerado a maior vitrine da vitivinicultura no Centro-Oeste brasileiro.

Fonte: Goiás Agora

Fechado há um ano, Parque Ecológico está Abandonado

10:16 2 Comments A+ a-

Márcio Fernandes

O Parque Estadual Altamiro de Moura Pacheco (Peamp) se encontra abandonado às margens da rodovia BR-060. Fechada à visitação pública há mais de um ano, a unidade de conservação ambiental de 4.123 hectares guarda, conforme inventário ecológico, imensa biodiversidade composta por 491 espécies da flora, 183 de aves, 54 de anfíbios e répteis, 59 de mamíferos, 49 da ictiofauna (peixes), milhares de invertebrados (insetos) e alguns “elefantes brancos” em estado leve de deterioração.

Ao todo são 12 edificações inutilizadas, sendo 9 de 25 metros quadrados, além de uma construção destinada ao funcionamento de lanchonete, instalações sanitárias e um auditório, complexo anunciado na placa de inauguração, datada de 21 de setembro de 2004, como Estação de Ciência, Cultura e Turismo. O maior das estruturas físicas do Parque atende pelo nome de “Morcegão”.

Trata-se de um prédio de cerca de 800 metros quadrados onde está inscrito que seria o Centro de Atendimento ao Turista. Na verdade não atende a tal finalidade e funciona como depósito de madeira apreendida pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), responsável pela administração da reserva ambiental. De visitante mesmo aparecem por lá só cobras, lagartos, insetos e quatis, entre outros bichos.

O titular da pasta, Roberto Freire, não reconhece a situação de abandono do Parque, apenas admite que, devido ao fechamento da unidade de conservação para a formação do reservatório da Barragem do João Leite, os equipamentos disponíveis estão em desuso. “Estamos em negociação avançada com Furnas – empresa que deve ao Estado de Goiás recursos a título de compensação ambiental por conta da exploração de energia elétrica – para a transferência de um montante suficiente para reabilitar o Parque à visitação pública”, avisa o secretário.

Roberto Freire adianta também que, ainda neste mês, o Governo de Goiás vai assinar convênio com o Banco Mundial no valor de US$ 3 milhões (cerca de R$ 5,2 milhões) para investir nas reservas ambientais do Estado. “Parte dos recursos será destinada a converter o conhecido ‘Morcegão’ no Centro de Pesquisa do Cerrado (CPC). Vamos dar função científica àquele espaço e criar um centro de referência de estudo do Cerrado”, explica Freire. Na sede da administração do Parque, onde quatro funcionários da Semarh estão escalados para dar expediente de 8 horas diárias, há uma maquete do CPC.

A unidade de conservação foi criada em 1992 com o objetivo de “proteger os últimos vestígios de vegetação caracterizada como floresta estacional ou mata seca do Estado de Goiás.” À ocasião foi dada ao Parque o nome do saudoso deputado paulista Ulisses Guimarães. Na reserva de floresta frondosa existem espécies da flora ameaçadas como o cedro e a aroeira. Durante a estação seca, a vegetação local é colorida por vários tipos de ipês, especialmente o amarelo. Exuberante e bela, na mata moram a sussuarana, o sapo-cururu, o urubu-rei, o lobo-guará, o cateto e a temível cascavel.

Hoje toda essa biodiversidade se encontra praticamente à própria sorte, uma vez que o destacamento do Batalhão Ambiental da Polícia Militar, composto por quatro homens, pouco pode fazer para conter os invasores do Parque, principalmente os que vão caçar pacas e capivaras, por falta de infraestrutura logística. Os militares contam com viaturas suficientes, o problema é a falta de vias terrestres de acesso ao interior da unidade de conservação.


Mato e reservatório impedem fiscalização

A reserva de cerrado se localiza no território de quatro municípios (Goiânia, Nerópolis, Terezópolis e Goianápolis) e é dividida em duas áreas pela rodovia BR-060. No setor leste do Parque, o reservatório da Barragem do Ribeirão João Leite, cuja cota máxima vai alcançar 1.040 hectares, inundou as vias de acesso e hoje para patrulhar essa parte da unidade de conservação os militares têm de se deslocar mais de 35 quilômetros em direção a Terezópolis ou Nerópolis.

De acordo com o sargento Batista, comandante da guarnição, para realizar com eficiência o trabalho o Batalhão Ambiental necessitaria de equipamentos de navegação. O militar adiantou que “ouviu dizer” que a empresa Saneamento de Goiás S/A (Saneago), responsável pela barragem, prometeu o fornecimento de barcos movidos a energia elétrica para que o patrulhamento seja efetuado.

O comandante reconhece que o reservatório tem atraído muitos curiosos e até pescadores com rede já foram advertidos a deixar o local onde é vedada qualquer atividade de recreação, pesca ou navegação.

Não existe nenhuma sinalização no Parque com a finalidade de informar a proibição. A Assessoria de Imprensa da Saneago garantiu que o contrato para a construção da cerca em volta do reservatório já foi assinado e que as obras devem começar de imediato. Na parte oeste da reserva, o que impede o acesso dos militares não é a água, mas o próprio mato que tomou conta das estradas que antes permitiam o ingresso das viaturas. A famosa Trilha da Onça, da Cachoeirinha e a estrada que ligava a rodovia ao sítio arqueológico desapareceram no matagal de aproximadamente dois metros de altura.

Penetrar nestes antigos caminhos se tornou missão para empedernidos aventureiros da natureza. Sobre o impacto causado pelo reservatório, a Assessoria de Imprensa da Saneago, afirmou que a empresa desenvolve 34 projetos ambientais no parque e que será construída estrada em volta da lâmina d'água para permitir maior eficiência da fiscalização. O titular da Semarh acrescentou que foi formado um consórcio intermunicipal entre as cidades que alojam a sub-bacia do Ribeirão João Leite que irá ampliar a rede de monitoramento do Parque.

A respeito do matagal que indica o abandono da parte oeste da unidade ambiental, o secretário ponderou que não se trata de desleixo do poder público, mas de uma medida estratégica de manejo que se tornou necessária para minimizar o estresse causado à fauna durante a formação do reservatório quando houve desmatamento para acomodar a lâmina d'água

Fonte: Jornal o Hoje

Agente Orange em Goiânia 2010

10:47 0 Comments A+ a-

Data: 08/04/2010
Local: Bolshoi Pub
Fone: (62) 3285-6185 e (62) 3274-1309
site www.bolshoipub.com.br

Integrantes: Agent Orange (Mike Palm - vocal e guitarra | Dave Klein - bateria | Perry Gx - baixo e vocal) & The Mullet Monster (Ed Lobo Lopez - guitarra | JC Moloncio - trompete | Mustafá Sniper - baixo | Emiliano Ramirez - bateria).

Ingressos nas Lojas:
- American Music (Bougainville)
(62) 3954-2202
- American Music (Buena Vista)
(62) 3092-6057
- Monstro Discos
(62) 3281-5358

Release:
O Agent Orange um dos maiores e mais influentes nomes da cena alternativa mundial.

Surgido em Orange County (California/EUA), no ano de 1979, o trio inicialmente formado por Mike Palm, Scott Miller e Steve Soto, é o responsável pela criação de um estilo musical que influenciou toda uma geração.

Sua música, uma mistura de Surf Music, com o até então novo Punk Rock, foi a trilha sonora de uma juventude que cresceu na Califórnia no início dos anos '80, e que dentre seus feitos, profissionalizou o Surf como esporte e desenvolveu a arte do skate pelo mundo.

Em 30 anos de história, influenciou nomes como Offspring, Green Day e Bad Religion, entre outros.

Agenda Completa do Tour no Brasil:

08.04.2010 - Goiânia - GO
09.04.2010 - Campinas - SP
10.04.2010 -
Piracicaba - SP
11.04.2010 - Curitiba - PR
13.04.2010 - São Paulo - SP
16.04.2010 - Recife - PE
17.04.2010 - Belo Horizonte - MG
18.04.2010 - Rio de Janeiro - RJ

Richie Kotzen em Goiânia 2010

11:50 0 Comments A+ a-


Mais uma apresentação no Brasil acaba de ser confirmada na nova turnê do guitarrista Richie Kotzen pelo país. O músico norte-americano volta a se apresentar em território nacional divulgando o mais recente álbum de estúdio, “Peace Sign”, lançado no ano passado.

A nova apresentação confirmada será no dia 22 de abril, no Bolshoi Pub, em Goiânia. Este show deve abrir a série de apresentações pelo Brasil. Kotzen também tem agendado shows em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Curitiba.

Em breve a produtora Free Pass, responsável pela turnê, vai divulgar detalhes sobre valores dos ingressos e postos de vendas. Por enquanto a turnê tem agendada as seguintes datas:

22 de abril - Bolshoi Pub - Goiânia/GO
23 de abril - Blackmore Rock Bar - São Paulo/SP
25 de abril - Teatro Odisséia - Rio de Janeiro/RJ
28 de abril - Drakkar Music Hall - Porto Alegre/RS
29 de abril - Hangar Bar - Curitiba/PR

Valores Goiânia;
Lote 1: R$ 50 (apenas 100 ingressos)
Lote 2: R$ 60 (antecipado e no dia do show)
Local: Bolshoi Pub

Convites à venda nas lojas American Music dos shoppings Buena Vista e Bouganville (Tel.: 62 3092-6057), e na Harmonia Musical.