Novo parque Agropecuário será instalado na região norte de Goiânia

17:41 1 Comments A+ a-


Banco Interamericano de Desenvolvimento vai financiar a obra, que deve custar R$ 100 milhões


O novo endereço do Parque de Exposições Agropecuárias de Goiás será na saída norte de Goiânia. Entre a barragem do Córrego João Leite e o 42° Batalhão do Exército, nas imediações do Jardim Guanabara, o espaço de 33 hectares será usado para a construção do empreendimento. Uma das principais ações a serem financiadas pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, a obra deve custar mais de R$ 100 milhões. Inicialmente serão investidos R$ 65 milhões e as obras estão previstas para o 2º semestre de 2010.

De acordo com a assessoria da Goiás Turismo, técnicos chegaram à conclusão de que a opção do terreno na saída norte seria mais viável às obras, por continuar dentro do município. A certidão da escritura pública de doação onerosa para a nova área do Parque de Exposições Agropecuárias foi registrada ontem, 29, na terceira circunscrição da capital. Entregue ao presidente da Goiás Turismo, Barbosa Neto, pela Procuradoria Geral do Estado, o documento foi anexado ao Programa Nacional de Desenvolvimento Turístico de Goiás (Prodetur GO).

Parque faz parte das principais obras para a Região Turística dos Negócios e Eventos do Estado que, além de Goiânia, incluem Anápolis, Aparecida e Trindade. A área, localizada na saída para Nerópolis, foi doada ao Estado pelo Grupo Cambará 21 Agropecuária Ltda, por R$ 2,6 milhões de modo condicionado. A administração goiana tem oito anos para inaugurar a obra. Para tornar o local mais acessível, estuda-se a construção de um anel viário.

A Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA), presidida por Luiz Humberto Guimarães, participará ativamente do processo de planejamento, implantação e gestão do empreendimento. Segundo ele, a ideia é construir uma estrutura que abrigue qualquer tipo de evento durante o período em que não houver exposições. Além de maior, o espaço será distribuído em áreas específicas para cada atividade da pecuária e contará com áreas reservadas a Rodeio Shows, tatersais, exposição de bovinos e equinos. Todos com estacionamento.

O parque será a primeira obra nas Zonas Especiais de Interesse Turístico, proposta da Prefeitura de Goiânia para desenvolver o turismo na região de influência da bacia do Ribeirão João Leite.

Fonte: Diário da manhã

1 comentários:

Write comentários
31 de dezembro de 2009 11:56 delete

Peraí, essa baragem não era para captação de agua para consumo - abastecimento da cidade?

Será que não aprenderam com Sao Paulo? Lá a represa Billings foi feita para a mesma finalidade, e fizeram isso, utilizaram a represa para complexos comerciais etc... hoje a represa está PODRE. Quem passa lá sente o cheiro.
Terrivel! E será que a nossa tem o mesmo destino?

Reply
avatar